Ryanair arranca em abril para os Açores e já vendeu 20% dos bilhetes

A companhia aérea de baixo custo Ryanair revelou esta sexta-feira já ter vendido cerca de 20% dos bilhetes para os Açores para viagens em abril, mês em que inicia a sua operação na ilha de S. Miguel.

“Não temos uma base de comparação com destinos similares, mas vemos que existe interesse e as vendas estão a comportar-se de maneira positiva. Cerca de 20% dos bilhetes em abril estão vendidos”, disse aos jornalistas o diretor de desenvolvimento de rotas da Ryanair, Luis Fernández-Mellado, em Ponta Delgada.

A companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair anunciou em dezembro que começa a voar para os Açores a partir de 01 de abril, disponibilizando viagens entre Ponta Delgada, Lisboa, Porto e Londres, num total de 20 voos semanais.

Luis Fernández-Mellado está hoje em Ponta Delgada para participar, ao final da tarde, numa conferência organizada pelos PSD/Açores sobre “transportes aéreos, novas obrigações de serviço público – impacto e oportunidades”.

Segundo o responsável da Ryanair, a rota Porto/Ponta Delgada, com cinco voos por semana, está a registar uma “grande procura”, algo que está a surpreender a companhia aérea.

Relativamente à ligação com Londres, Luis Fernández-Mellado adiantou que em julho e agosto há já várias reservas de britânicos que tencionam viajar para os Açores, sem revelar mais dados, justificando com motivos de ordem comercial.

No primeiro ano de operação da Ryanair em S. Miguel, nos Açores, a companhia aérea estima transportar 350 mil passageiros e ter na maior ilha açoriana 30 funcionários, entre pilotos e assistentes de bordo, e um avião Boing 737, com capacidade para 189 passageiros.

Questionado sobre a possibilidade de abrirem uma rota a partir da ilha Terceira, o diretor da Ryanair disse apenas que “por agora” a companhia está centrada na rota de Ponta Delgada.

O novo modelo de ligações aéreas para os Açores, que estará em vigor em 2015, garante que os residentes no arquipélago pagarão, no máximo, 134 euros pelas viagens ao continente e, se a companhia aérea lhes cobrar mais do que isso, serão posteriormente reembolsados da diferença pela administração central.

Luis Fernández-Mellado referiu que a Ryanair está a praticar uma tarifa média para os Açores de 42 euros.

Com a abertura da rota de Ponta Delgada, a Ryanair passa a ter quatro bases em Portugal (Lisboa, Porto, Faro e Ponta Delgada), com 17 aviões e 84 rotas.

A companhia aérea, que em 2015 celebra 30 anos, tem no total 72 bases na Europa, opera em 189 aeroportos de 30 países, tem 1.600 rotas, mais de 100 milhões de clientes e uma frota de 320 aviões, que será aumentada nos próximos anos com aviões já encomendados.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Vou apertar com Rangel para ver se ele resolve aquela merda". Escutas comprometem Vieira na Operação Lex

Novas escutas reveladas comprometem o presidente benfiquista na Operação Lex. "Vou apertar com Rangel para ver se ele resolve aquela merda", disse Luís Filipe Vieira. A revista Visão relevou as conversas telefónicas, ouvidas durante quase um …

Beneficiários da ADSE vão pagar mais pelas consultas

Os beneficiários da ADSE passarão a pagar mais pelas consultas, escreve esta sexta-feira o Jornal de Negócios e o semanário Expresso, que citam a proposta da nova tabela de preços do sistema de saúde dos …

"Classe distinta". Bruno Fernandes já fez aquilo que nunca ninguém tinha feito na Premier League

O internacional português Bruno Fernandes esteve diretamente envolvido em 13 golos nos primeiros dez jogos que disputou com a camisola do Manchester United. É uma marca que nunca nenhum outro jogador da Premier League conseguiu …

OMS: Portugal não foi escolhido por acaso para acolher a Champions. Foi dos que melhor lidou com a covid-19

Portugal “não foi escolhido por acaso” para acolher a final da Liga dos Campeões de futebol, mas porque “foi um dos países que melhor lidou” com a covid-19, assinala um conselheiro da Organização Mundial da …

Há quatro anos, Ronaldo saiu em lágrimas e Paris foi surpreendida pelo "patinho feio"

Foi precisamente há quatro anos que Portugal sagrou-se campeão europeu de futebol. Na final da competição, a Seleção derrotou a anfitriã França, por 1-0. Portugal começou o Euro 2016 com o pé esquerdo. Num grupo com …

China alerta para pneumonia "mais mortal" do que a covid-19. Informações "incorretas", garante Cazaquistão

A Embaixada da China no Cazaquistão alertou esta quinta-feira os cidadãos chineses para uma pneumonia desconhecida, cuja mortalidade é "muito maior" do que a covid-19. De acordo com o jornal chinês Global Times, que cita um …

Cláusula "secreta" permite nacionalização encapotada do Novo Banco

Na eventualidade de um cenário adverso, um mecanismo exigido por Bruxelas prevê a intervenção direta do Estado no Novo Banco. Isto pode levar a uma espécie de nacionalização encapotada. A venda do Novo Banco ao fundo …

Descoberta uma mina de ocre pré-histórica nas cavernas subaquáticas do México

As cavernas subaquáticas ao longo da península de Yucatán, no México, contêm um vasto labirinto de relíquias arqueológicas. A vasta rede de cavernas submersas guardam segredos dos Maias. Porém, uma nova descoberta remonta a episódios …

Da alta velocidade entre Porto Lisboa ao novo aeroporto. Os dez pilares de Costa e Silva para a retoma do país

O diretor diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, convidado pelo Governo para estudar um plano de retoma económica para o período pós-pandemia, já apresentou as suas ideias ao Executivo socialista. Num documento com …

Fim das reuniões no Infarmed. BE quer dados da pandemia entregues ao Parlamento (e publicados na Internet)

Com o fim das reuniões entre peritos e políticos no Infarmed, o Bloco de Esquerda quer que os deputados passem a receber informações e dados científicos sobre a evolução da pandemia no Parlamento. De acordo com a …