Ryanair diz que ajuda estatal à TAP torna-a numa companhia aérea preguiçosa

Patrick Ludolph / Wikimedia

Airbus A319 da TAP

A Ryanair, que contestou no Tribunal Europeu de Justiça a ajuda estatal aprovada pela Comissão Europeia, de Portugal à TAP, considera que este apoio de 1,2 mil milhões de euros vai “fazer com que a companhia fique preguiçosa”.

“Penso que o Governo português está a cometer um erro. Resgatar uma companhia aérea desta forma tão particular só irá tornar a TAP menos eficiente, não vai levar à reestruturação de que a TAP necessita, [mas antes] fazer com que a companhia fique preguiçosa”, disse em entrevista à agência Lusa o diretor dos Assuntos Jurídicos da Ryanair, Juliusz Komorek.

Nesta entrevista a propósito das ajudas estatais à aviação aprovadas por Bruxelas e contestadas pela Ryanair, o responsável vincou que “agora era o momento de procurar formas de tornar [a TAP] eficiente, de reavaliar as decisões antigas e de olhar para todos os custos e questionar se são necessários e o porquê de serem tão elevados”.

Porém, com este auxílio estatal português, “a TAP não o vai fazer” porque “o Governo está a retirar o incentivo para que a companhia aérea se reestruture”, insistiu Juliusz Komorek.

“Isso é uma tragédia porque há uma série de necessidades a que o Governo está a dar resposta com dinheiro dos contribuintes e alocar 1,2 mil milhões de euros a uma companhia é, simplesmente, a escolha errada”, acrescentou.

São, ao todo, já 10 as ações interpostas pela Ryanair na primeira instância do Tribunal Europeu de Justiça contra ajudas estatais aprovadas pela Comissão Europeia à aviação em altura de crise gerada pela pandemia de covid-19.

Uma dessas ações diz respeito à TAP e foi interposta em 22 julho com a argumentação de que este apoio português viola o tratado europeu e as regras concorrenciais.

Segundo a fundamentação a que a Lusa teve acesso, a Ryanair considera que Bruxelas “violou o seu dever de fundamentação na sua decisão” e aprovou uma medida que “viola os princípios da não discriminação, da livre prestação de serviços e da liberdade de estabelecimento”.

O objetivo da companhia irlandesa de baixo custo é que seja anulada a decisão de 10 de junho, quando o executivo comunitário deu ‘luz verde’ a um auxílio de emergência português à TAP, um apoio estatal de 1,2 mil milhões de euros para responder às necessidades imediatas de liquidez dada a pandemia de covid-19, com condições predeterminadas para o seu reembolso.

“Penso que o que acontecerá é que os seis meses vão passar e a companhia aérea vai dizer que não está pronta para apresentar um plano de reestruturação e haverá uma extensão desse prazo”, antecipou Juliusz Komorek.

Além disso, “no final, o empréstimo será convertido em capital” e o “dinheiro nunca será devolvido aos contribuintes portugueses”, adiantou este responsável, na entrevista à Lusa.

A pandemia de covid-19 teve um impacto profundo nas operações da TAP que, à imagem do setor um pouco por todo o mundo, foi obrigada a paralisar a sua atividade durante vários meses.

Mas como os problemas da transportadora aérea de bandeira já eram anteriores à crise da covid-19, o apoio português foi aprovado pela Comissão Europeia ao abrigo das orientações relativas aos auxílios de emergência e à restruturação.

O Governo prevê que a entrega do plano de reestruturação da TAP ao executivo comunitário ocorra este mês novembro, antes do prazo limite de meados de dezembro.

Certo é que as audições no Tribunal Geral, no âmbito desta ação judicial da Ryanair contra a ajuda à TAP, estão marcadas para início de dezembro, esperando a companhia aérea irlandesa que haja um resultado até final de março.

// Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Felizmente para nós e para a TAP, não deverão poder estar mais longe da verdade. A Ryanair não é exemplo de coisa nenhuma, a não ser de má gestão e péssimo serviço. Vindo deles, tal opinião é um elogío e um incentivo ao apoio estatal à TAP.

    A privatização da TAP sempre foi só asneiras. Desde a tentativa calamitosa de dispersão em Bolsa por parte do governo Sócrates até ao Passos a tentar privatizar a TAP para agradar aos agiotas da Troika. Depois do chamado “ano horribilis” da TAP em 2014, o final da Era Passos termina com uma tentativa apressada e eleitoralista de vender a transportadora à Atlantic Gateway. Em boa hora o surge em 2015 o governo Costa que impediu que a TAP se transformasse em mais uma PPP com lucros privados e prejuizos públicos.

    O único problema é se esta ajuda do Estado vai mais uma vez mais cobrir os prejuizos da má gestão privada da Atlantic Gateway, que detém quase 50% da companhia. Assim continua a funcionar como PPP.

  2. Não TAPem os olhos! E agora, quem paga? Só há uma solução para esta relíquia da era comunista, SUACATA! O que não faltam são empresas de transporte!

    • Desculpe, mas você não precisa que ninguém lhe tape os olhos. Só dá pra tapar uma coisa que esteja aberta. A TAP por acaso foi criada na Era Fascista, do Estado Novo em 1945, mas é só por acaso…

      • Desculpe mas a sua inteligência já não permite determinados níveis de conhecimento! Não posso estar a ensinar História a analfabetos!

  3. Tap nao tem de fechar tem de adaptar-se ao pais. Nao ha dinheiro vende-se. Nao manter manter a custa do ze… A Tap, o govrno nao sao donos dos portugueses nem podem pedir os portugueses que paguem as dividas porque nao lhes perguntaram nada…

RESPONDER

"Estamos muito longe dos números" do tempo do estado de emergência

Marcelo Rebelo de Sousa disse, esta segunda-feira, que a sua posição, contrária a um regresso ao estado de emergência, “não se altera”. O Presidente da República considerou, esta segunda-feira, que a situação da covid-19 em Portugal …

Há duas estirpes de gripe desaparecidas. Foram vítimas da pandemia

Os virologistas acreditam que a crise pandémica causada pela covid-19 ajudou a erradicar duas estirpes de gripe. As medidas de segurança adotadas, como usar  máscara e manter distância social, foram as principais culpadas. De acordo com …

Cristiano Ronaldo no... Barcelona?

Será uma "utopia" do presidente do Barcelona colocar o português na equipa de Lionel Messi. Mas Laporta já começou a agir. Ainda não se sabe se Lionel Messi vai continuar no Barcelona. A renovação parece estar …

Afinal, a atividade geológica não é aleatória. É impulsionada por ciclos

Ao longos dos tempos, os especialistas têm proposto a existência de ciclos de grandes acontecimentos, tendo em conta a atividade vulcânica e extinções em massa na terra e no mar. Agora, uma análise de grandes …

Confronto de Titãs. Hubble identifica colisão cósmica cataclísmica

Com a ajuda do Telescópio Espacial Hubble, uma equipa de astrónomos capturou uma nova fotografia do sistema de galáxias em interação IC 1623. Também conhecido como Arp 236, ESO 541-23 e IRAS 01053-1746, o par de …

"Dois ingleses de fora? Então a seleção escocesa não vai ter jogadores"

O escocês Billy Gilmour testou positivo à COVID-19 e, por precaução, dois jogadores da seleção inglesa não vão defrontar a República Checa. Lineker não entende esta decisão. Billy Gilmour vai falhar o último jogo da Escócia …

Tribunais franceses "contratam" cães para ajudar a aliviar stress das vítimas

Há dois anos, Lol tornou-se no primeiro cão da Europa a dar apoio a vítimas de crimes quando estas são sujeitas à pressão dos tribunais, e muitas das vezes, têm de enfrentar os seus agressores. …

Finlândia 0-2 Bélgica | Diabos vermelhos picam o ponto

A Bélgica, que já estava apurada, completou o pleno de triunfos no seu grupo, com uma vitória por 2-0 frente à Finlândia, relegando os nórdicos para o terceiro lugar A Bélgica venceu hoje a Finlândia, por …

Rússia 1-4 Dinamarca | Muito coração, por Eriksen

A Dinamarca conquistou hoje um lugar nos oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater por 4-1 a Rússia, que eliminou, numa terceira jornada do Grupo B que originou a qualificação de mais cinco …

Netflix consegue acordo importante com produtora de filmes de Steven Spielberg

A Netflix anunciou, esta segunda-feira, que assinou um acordo para a realização de vários filmes com a produtora Amblin Partners, de Steven Spielberg. A plataforma streaming de filmes e séries Netflix conseguiu um acordo com a …