Rússia vs A. Saudita | Czares abrem o Mundial com Goleada

Que belo arranque de Campeonato do Mundo. Não pelo elevado nível do futebol apresentado por Rússia e Arábia Saudita, mas pela mão cheia de golos, todos para o mesmo lado.

Os anfitriões do Mundial 2018 entraram em grande estilo no seu Mundial, com cinco tentos sem resposta, numa demonstração de objectividade ante uma frágil Arábia Saudita.

A Rússia, empurrada pelo seu público, entrou com grande intensidade ofensiva na partida, chegando ao golo cedo, logo aos 12 minutos, por intermédio de um cabeceamento de Yuri Gazinskiy, após assistência de Aleksandr Golovin.

O corolário de uma superioridade evidente, expressa em quatro remates, um enquadrado, contra apenas uma tentativa (sem a melhor direcção) da Arábia Saudita. Ainda assim, a formação “visitante” tinha mais bola nesta fase, 52%, porém inconsequente.

A toada manteve-se, chegando os sauditas aos 60% de posse, mas o contra-ataque russo ameaçava e acabou por concretizar o 2-0, por Denis Cheryshev (entrado aos 24 minutos para substituir o lesionado Alan Dzagoev), após assistência de Roman Zobnin, mas com Golovin novamente no lance. Uma vantagem confortável ao intervalo, fruto da maior qualidade individual dos russos, bem mais eficazes que os sauditas (cinco remates, dois enquadrados, dois golos, quatro disparos contrários, nenhum na direcção da baliza).

O reatamento trouxe um jogo muito mais pausado e sem grandes motivos de interesse. A Arábia Saudita continuou a dominar a posse de bola, com 61% nos primeiros 20 minutos, mas nesta fase, 62% do jogo passava-se na zona intermediária, pelo que a posse das duas equipas (em especial dos sauditas) centrava-se no “miolo”.

Só que os russos não estavam para trocas de bola e, mal aceleraram novamente o ritmo, chegaram ao 3-0, também pelo recém-entrado Artem Dzyuba, aos 71 minutos, após nova assistência de Golovin.

O vencedor estava encontrado, e com toda a justiça, mas o momento do jogo estava ainda para vir. Aos 91 minutos, Cheryshev recebeu fora da área e rematou de “trivela”, colocado, por cima do guarda-redes Abdullah Al-Mayoof, para o 4-0 – que o confirmou como melhor em campo, com um GoalPoint Rating de 9.3, fruto de dois tentos em quatro remates. Um golo extraordinário a que se seguiu um outro, no último lance do jogo, um livre directo batido superiormente por Golovin para o 5-0.

No final, os números não mentem. Apesar dos 61% de posse de bola, a Arábia Saudita só fez seis remates e não enquadrou nenhum. A Rússia, por seu turno, foi muito mais objectiva, com 14 disparos, sete deles na direcção da baliza.

PARTILHAR

RESPONDER

Apareceu um terceiro monólito metálico. Agora, foi numa montanha da Califórnia

Um monólito metálico, semelhante aos encontrados há pouco tempo no deserto de Utah, nos Estados Unidos, e na cidade romena de Piatra Neamt, surgiu agora no estado norte-americano da Califórnia. A estrutura foi encontra na …

AEK 2 - 4 Braga | “Guerreiros” saqueiam Atenas e apuram-se

O SC de Braga garantiu esta quinta-feira o apuramento para os 16 avos-de-final da Liga Europa. Os minhotos foram à Grécia bater o AEK por 4-2, graças a uma exibição personalizada, num jogo em que …

Ciclone mortal deixou uma praia da Índia coberta de ouro

Centenas de pescadores, mulheres e crianças no distrito de East Godavari, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, passaram o fim de semana a vasculhar a praia local em busca de ouro. Após o …

O Flamengo de Jorge Jesus foi "um mero acidente de percurso"

2019 foi uma exceção para a equipa brasileira que, depois de ter vencido (quase) tudo, neste ano já foi afastado da Taça do Brasil e da Libertadores: "O português foi embora e com ele toda …

Concorrência condena MEO a pagar 84 milhões por combinar preços com a NOWO

A Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou uma coima de 84 milhões de euros à MEO por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas. “A Autoridade da Concorrência …

PEV quer reverter privatização dos CTT. PS admite todos os cenários

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no parlamento, a “reversão da nacionalização” dos CTT, e ouviu o PS admitir “todos os cenários”. Numa declaração política no parlamento, o deputado José Luís Ferreira afirmou que, …

Voltar à normalidade "não está longe, mas não é já", avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19. Bourla, de 59 …

Biden quer retomar acordo nuclear com o Irão, embora reconheça que será "difícil"

O vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Joe Biden, pretende retomar o acordo nuclear com Irão antes mesmo de novas negociações, assumiu o democrata numa entrevista ao New York Times. Joe Biden afirmou, durante a campanha eleitoral, …

Processo de reprivaticação da Efacec atrasado devido à discussão do OE2021

Apesar de as avaliações no âmbito do processo de nacionalização e futura reprivatização da Efacec já estarem concluídas, o processo esteve condicionado pela discussão do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021). De acordo com o Jornal …

Costa sobre vacinação: “Há uma luz ao fundo do túnel, mas o túnel é muito comprido e penoso”

O primeiro-ministro, António Costa, advertiu esta quinta-feira que o processo de vacinação terá imponderabilidades externas a Portugal, sendo também complexo ao nível interno, com as dificuldades a aumentarem quanto maior for o universo de cidadãos …