A Rússia avisa que tem o “pai de todas as bombas”

Depois de os Estados Unidos terem lançado no Afeganistão a bomba GBU-43, a mais potente do arsenal não-nuclear americano, conhecida como Mãe de Todas as Bombas, os meios de comunicação russos lembraram esta sexta-feira que Moscovo guarda nos seus arsenais o “pai”, um projéctil 4 vezes mais potente.

A FOAB, ou o Pai de Todas as Bombas, faz parte do arsenal da Força Aérea russa e, depois de ser desenvolvida no início dos anos 2000, foi testada com sucesso em 2007.

Esta quinta-feira, os Estados Unidos lançaram a “mãe de todas as bombas” contra o EI no Afeganistão, num bombardeamento na província oriental de Nangarhar que usou um projéctil GBU-43 MOAB. A bomba destruiu uma estratégica base da organização terrorista e a vida de 36 dos seus membros, segundo o governo afegão – dado que o EI desmente.

Embora tudo o que rodeie a arma russa seja informação confidencial, sabe-se que se trata também de uma bomba termobárica, conhecida na Rússia como Bomba Aérea de Vácuo de Potência Aumentada (AVBPM).

As bombas termobáricas como a MOAB e a FOAB são diferentes das convencionais porque explodem no ar, combinando o explosivo com oxigénio para aumentar o raio da explosão. São desenhadas para vaporizar os alvos e colapsar estruturas com poderosas ondas de choque, sem contaminar a atmosfera como as bombas nucleares.

A FOAB, lembra a Sputnik News, foi lançada em 2007 a partir de um bombardeiro estratégico SU-160, e arrasou por completo um bloco de apartamentos, com um poder destrutivo nunca visto antes numa bomba não-nuclear.

Também a imprensa norte-americana lembrou que a Rússia possui uma arma mais poderosa do que a Mãe de Todas as Bombas. “Aqui está o Pai de Todas as Bombas: a resposta da Rússia à MOAB”, diz o Business Insider.

A FOAB russa é uma bomba mais leve que a GBU-43/B, mas com uma potência de explosão quatro vezes maior que o projéctil americano, equivalente a 44 toneladas de TNT, “devido ao amplo uso que faz das últimas novidades em nanotecnologia”.

Devido ao carácter confidencial desta arma, não se conhece nem o fabricante, nem a quantidade de bombas produzidas até agora e à disposição do arsenal russo.

“Os resultados dos testes do projéctil demonstram que a sua eficiência e capacidade se assemelham à de uma ogiva nuclear“, disse em 2007 um oficial das forças armadas russas, o general Alexander Rukshin.

“Ao mesmo tempo – quero insistir nisto -, não tem nenhum efeito contaminante para o meio ambiente, ao contrário do que acontece com as armas atómicas”, acrescentou.

A bomba está preparada para arrasar complexos de cavernas e túneis subterrâneos como os utilizados como esconderijo por grupos terroristas. Para descrever o poder destrutivo da bomba, Rushkin detalhou que “todo o ser vivo é literalmente vaporizado“.

A Mãe de Todas as Bombas dos Estados Unidos e o Pai de Todas as Bombas da Rússia parecem ser muito poderosas, mas os utilizadores do Twitter já entraram na corrida armamentista – e alguns até mesmo com argumentos de peso, como é o caso de Nanda, que apresentou ao mundo a sua Sogra de Todas as Bombas.

ZAP // Ciberia

11 COMENTÁRIOS

  1. O Kim-Jong-un tem o avô de todas as bombas por isso não se metam com ele porque deitará abaixo o pai mais a mãe, com tudo isto vergonha e respeito pela vida humana parece haver cada vez menos por parte dos governantes mundiais.

  2. Estes senhores governantes são pessoas de má criação, dois tabefes em cada um era o que precisavam, o quinzinho parece um puto todo vaidoso com os seus foguetes e bichas de carnaval, o outro morcão o trompas quer foder toda merda para depois construir novo toda a gente sabe que é forte em construções e deve andar com falta de trabalho, o putingas da russia é o gaijo mais perigoso cuidado com estes putos mais calados são terríveis, ora bem eu já tenho um bunker para uns dias dois k de batatas um cabrito isolado em papel de chumbo duas broas um garrafão de tintol e dois charros! isto é de loucos foda-se!

  3. Realmente isto parece coisa de putos. Os Russos têm o habitual complexo de capitalismo, têm a economia toda fod..a, tal como este imbecil da Coreia do Norte (este então ainda é pior, é só fome e miséria no povo) mas continuam nestas “guerrinhas” parvas. O Trampa é outro, um autêntico burgesso americano, com dinheiro, faz lembrar os labregos da construção civil por cá, há uns anos.
    Está o mundo entregue a esta m.erda de gente que ainda acabam por nos levar a uma guerra. No meio disto e para surpresa, a China ainda parece ter algum bom senso.

  4. “A FOAB, lembra a Sputnik News, foi lançada em 2007 a partir de um bombardeiro estratégico SU-160…”
    Tu-160 não Su-160 porque o bombardeiro em questão é um Tupolev e não um Sukhoi.

  5. Só falta Portugal oferecer a maior feijoada portuguesa que alguma vez foi feita e criar a seguir a maior bomba de gás humano já mais produzida em todo o planeta 🙂
    O que é certo é que se isto tudo der para o torto….a economia a nível mundial entra imediatamente em colapso e irá iniciar-se uma crise sem precedentes. Tudo graças a certas individualidades poderosas que têm nas mãos o destino do Mundo e lidam com isso como crianças quando lhes tiramos um balão ou um chupa-chupa.
    É o que faz dar nozes a quem não tem dentes. Têm o poder para criar um Mundo melhor e só pensam em destruí-lo. Quem os nomeou devem estar muito felizes.

RESPONDER

Marcelo "está atento", pede consequências e usará todos os poderes contra fragilidade do Estado

O Presidente da República advertiu esta terça-feira que usará todos os seus poderes contra a fragilidade do Estado que considerou existir face aos incêndios que mataram mais de 100 pessoas, e defendeu que se justifica …

#MeToo: a hashtag que está a mostrar a magnitude do assédio sexual

Mais de 200 mil pessoas já partilharam a hashtag "Me too" ("eu também" em inglês) para mostrar a magnitude do assédio sexual, um problema que tem feito correr muita tinta nos últimos dias devido às …

Leipzig vs Porto | Dragões sem asas para os alemães

FC Porto somou a sua segunda derrota nesta edição da Liga dos Campeões, ao perder, por 3-2, na deslocação ao terreno do Leipzig, com todos os golos a serem apontados na primeira parte. A equipa …

Falha de segurança ameaça redes Wi-Fi de todo o mundo

Uma falha descoberta no protocolo WPA2 coloca as redes Wi-Fi em perigo. O "ataque KRACKS" pode roubar informação como palavras-chave e números de cartões de crédito.  A mais recente ameaça tecnológica dá pelo nome de "ataque …

CDS-PP avança com moção de censura ao Governo

A presidente do CDS-PP anunciou, esta terça-feira, que o partido vai apresentar uma moção de censura ao Governo em resultado dos incêndios e devido à falha em "cumprir a função mais básica do Estado: proteger …

Cristiano Ronaldo rejeita acordo com fisco espanhol e volta a defender Jorge Mendes

Os advogados de Cristiano Ronaldo defendem que a atribuição ao jogador de uma fraude fiscal no valor 14,7 milhões de euros é "inconsistente" e sem fundamento. O jornal espanhol El Mundo avança a notícia depois de …

Forças da Síria anunciam conquista de Raqa, antiga capital do Daesh

As Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada por milícias curdas, anunciaram esta terça-feira que controlam totalmente a cidade de Al Raqa, mas sem confirmar o fim da presença do grupo extremista autodenominado …

Ministério da Saúde falseou tempos de espera nos hospitais

O Ministério da Saúde apagou pedidos antigos para falsear os tempos de espera no Serviço Nacional de Saúde (SNS). A conclusão é de uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas. De acordo com esta análise, divulgada …

Linha da EDP causou incêndio de Pedrógão Grande (e um segundo fogo nunca foi registado)

Um novo relatório, encomendado pelo Governo, conclui que o grande incêndio de Pedrógão Grande começou por causa de uma linha de média tensão da EDP que terá entrado em contacto com a vegetação. Essa circunstância …

Governo e sindicatos dos enfermeiros chegam a acordo

O Ministério da Saúde chegou, esta segunda-feira, a acordo com as estruturas sindicais representantes dos enfermeiros, anunciou o Governo em comunicado. "Após um período longo de negociações árduas com as estruturas sindicais, o Governo está em …