Rússia acusa EUA de “pegarem fogo” ao norte da Síria

A saída das forças americanas abre caminho a uma invasão turca. Existe o risco de 12 mil jihadistas presos fugirem ou serem libertados se as Forças Democráticas da Síria forem expulsas do local.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, disse esta quarta-feira que a política norte-americana para a Síria pode “pegar fogo” à região, referindo-se à esperada intervenção militar turca.

Os curdos do noroeste da Síria, junto da fronteira com a Turquia, ficaram “muito inquietos” depois do anúncio norte-americano sobre a retirada das tropas dos Estados Unidos, disse Lavrov acrescentando que a situação pode “pegar fogo” à região. “É preciso evitar isto a qualquer custo”, acrescentou o chefe da diplomacia da Rússia que se encontra no Cazaquistão.

Entretanto, as autoridades regionais apelaram “à mobilização geral durante os próximos três dias” contra a ameaça da Turquia e exortaram os habitantes do noroeste da Síria a “resistir”.

O nordeste da Síria é governado de forma autónoma por uma federação de grupos étnicos e religiosos, que inclui árabes e cristãos, com uma maioria de curdos. Apesar de não ser reconhecida por Damasco, a região é dominada pelas Forças Democráticas da Síria, um conjunto de diferentes milícias, onde predominam as YPG curdas.

“Proclamamos o estado de mobilização geral durante três dias no noroeste da Síria” anunciou a administração através de um comunicado. “Apelamos a todos os que fazem parte do nosso povo a dirigirem-se para a zona da fronteira (…) para garantirem a resistência, neste momento que é historicamente delicado”, frisa o mesmo documento.

No domingo, em contacto telefónico entre o chefe de Estado turco, Recep Tayyip Erdogan, e o presidente norte-americano, Donald Trump, os Estados Unidos deram “luz verde” à ofensiva da Turquia no norte da Síria. O objetivo turco obrigar à retirada das milícias YPG/PYD – que Ancara considera uma extensão da guerrilha curda do PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão) – de junto da fronteira com a Turquia.

A concretizar-se, a operação militar centrada na margem leste do Eufrates será a terceira intervenção militar de Ancara contra as milícias curdas no norte da Síria desde 2016. Ao mesmo tempo que se prepara o lançamento da ofensiva de larga escala turca, os Estados Unidos iniciaram a retirada dos soldados norte-americanos que se encontram na zona.

Washington exige que a Turquia tome responsabilidade sobre os milhares de membros do grupo radical Estado Islâmicos que se encontram detidos na região, mas as Forças Democráticas da Síria avisam que os 12 mil jihadistas poderão fugir ou ser libertados se a área cair nas mãos dos turcos.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Governo reabre processo para corrigir mapa das freguesias

O Governo reabriu o processo para a correção ao mapa de freguesias, num compromisso com as associações de municípios e de freguesias, anunciou o secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho. “Iremos retomar …

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …