Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

José Sena Goulão / Lusa

O juiz desembargador Rui Rangel

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão.

O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta terça-feira, argumentou que o dinheiro que recebeu fora da magistratura correspondia a direitos de autor da criação de um programa de televisão transmitido pela RTP, que o tinha como comentador residente.

Segundo apurou o jornal Público, o argumento foi apresentado, em outubro, quando Rangel foi ouvido pelos membros do plenário do Conselho Superior da Magistratura (CSM) a propósito do processo disciplinar aberto na sequência da Operação Lex.

De acordo com o Estatuto dos Magistrados Judiciais, os magistrados estão interditos de exercer outra atividade profissional, “salvo as funções docentes ou de investigação científica de natureza jurídica, não remuneradas”.

Tal como refere o jornal, apesar de o estatuto não prever a possibilidade de os juízes receberem verbas provenientes de direitos de autor, anteriormente, o CSM reconheceu como legítimos vários pagamentos feitos a outros juízes a título de direitos de autor.

Além de Rangel, a juíza Fátima Galante, sua ex-mulher e também arguida na Operação Lex, foi condenada no mesmo dia à pena de aposentação compulsiva. Ambos já mostraram a intenção de recorrer da decisão.

“Na nossa opinião, o processo disciplinar teria que aguardar pelo desfecho do processo-crime sob pena de se cometerem vários atropelos”, afirmou o advogado da juíza, Paulo Sá e Cunha, em declarações ao diário.

“Foram ao processo crime buscar o despacho de indiciação e transportaram tudo em bloco para o processo disciplinar. Isto é absolutamente inédito. O processo deveria ter ficado a aguardar a conclusão do processo crime. Isto é perseguição em estado puro“, afirma, por sua vez, João Nabais, advogado do juiz Rui Rangel, ao Expresso.

De acordo com o Público, mesmo que os recursos venham a suspender a eficácia das penas, tal só terá efeitos remuneratórios, mantendo-se sempre os juízes afastados da atividade judicial.

O processo-crime Operação Lex, que está ainda em fase de inquérito, tem 14 arguidos e investiga suspeitas de corrupção/recebimento indevido de vantagem, branqueamento de capitais, tráfico de influências e fraude fiscal.

Fátima Galante e Rui Rangel são dois dos arguidos neste caso, que envolve, entre outros, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, o vice-presidente do clube Fernando Tavares, e ainda João Rodrigues, advogado e ex-presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

As diligências do processo decorreram em 30 de janeiro de 2018, não havendo ainda acusação. O processo está a cargo do MP junto do Supremo Tribunal de Justiça.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …