Rui Patrício sobre Alcochete: “Não sei se vinham para matar, mas vinham com tudo”

José Sena Goulão / Lusa

O antigo guarda-redes do Sporting Rui Patrício relatou esta segunda-feira que os invasores entraram na academia de Alcochete “com uma agressividade muito grande e começaram logo a agredir”.

“Estava no balneário a preparar-me para o treino quando ouvi barulho e apercebo-me de adeptos aos gritos a entrarem pelo balneário, onde estava o plantel quase todo”, começou por dizer, citado pela agência Lusa.

“O Vasco Fernandes, o nosso secretário técnico, tentou fechar a porta do balneário, mas não conseguiu. Entraram de cara tapada e começaram logo a agredir. Não falaram com ninguém, começaram logo a agredir. Entraram com uma agressividade muito grande. Vinham com tudo. Entraram, não sei se vinham para matar, mas vinham com tudo”.

O internacional português assumiu que naquele momento teve um sentimento de: “não nos matem”. “Dava para perceber que havia muita confusão. Quem foi agredido, não deu para perceber. Havia confusão, havia fumo, havia gritos. Quando entraram no balneário, lançaram tochas. Nós tentávamos acalmá-los, mas eles estavam muito agressivos. Mandaram tirar a camisola, disseram ‘vocês são uma vergonha’ e vamos matar-vos. Foi um momento de muita tensão”, descreveu o guarda-redes.

Rui Patrício foi ouvido via Skype na 16.ª sessão do julgamento da invasão à academia ‘leonina’, em Alcochete, em 15 de maio de 2018, com 44 arguidos, incluindo o antigo presidente do clube Bruno de Carvalho, que decorre no Tribunal de Monsanto, em Lisboa.

“Queres ir embora, eu parto-te a boca toda”

A testemunha contou que o primeiro elemento a entrar no balneário desferiu um pontapé em alguém que não se recorda, acrescentando que, quando estava a tentar separar um dos elementos que estava a agredir o William Carvalho, com “socos no peito, juntaram-se mais três ou quatro indivíduos” e agarraram-no e agrediram-no.

Depois, relatou, um dos elementos virou-se para si e disse: “‘Estás-te a rir? Queres ir embora, eu parto-te a boca toda’”.

Após a invasão, o internacional português afirmou ter visto “Bas Dost a levar pontos na cabeça e o mister Jorge Jesus a sangrar da boca e do nariz”, quando o técnico foi ter com os jogadores ao balneário.

No exterior da ala profissional, mas ainda no interior da academia, Rui Patrício contou que viu ainda Fernando Mendes, um dos arguidos no processo e antigo líder da claque Juventude Leonina, a falar com o treinador Jorge Jesus e o jogador William Carvalho.

O atleta, de 31 anos, atualmente nos ingleses do Wolverhampton, esteve no Sporting durante 18 anos, desde os 12 anos até aos 30 anos (desde o ano 2000 até junho de 2018).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pai de Rosa Grilo constituído arguido por suspeita de favorecimento pessoal

O pai de Rosa Grilo, Américo Pina, foi esta quarta-feira constituído arguido num segundo processo relacionado com a morte do triatleta Luís Grilo. Segundo o jornal Público, a notícia foi confirmada por fonte próxima do processo, …

NOS e Vodafone vão partilhar equipamentos de redes móveis

A NOS e a Vodafone fecharam acordos com vista à partilha de infraestruturas e equipamentos de rede móvel, abrangendo as tecnologias 2G, 3G e 4G. A NOS e a Vodafone anunciaram um acordo de partilha de …

Eutanásia começa a ser discutida. Deputados consideram pergunta "confusa" e "não" é quase certo

A discussão sobre a eutanásia começa hoje no Parlamento e estende-se até sexta-feira. A proposta, que conta com o apoio da Igreja Católica, deve ser chumbada, tendo em conta os sentidos de voto já conhecidos, mas …

Cabrita mantém auditoria sobre falhas na GNR e PSP em segredo

A auditoria "Cartografia de Risco", feita pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que detetou falhas na formação e organização na GNR e na PSP, continua em segredo no gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em …

Assassino publicou áudio a dizer que "vingou o profeta". Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança …

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …

Podemos acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos

O partido espanhol Podemos é acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos comerciais. A acusação consta num despacho do juiz de instrução Juan José Escalonilla, datado de 10 de setembro, ao qual a …