Rúben Amorim é prioridade do PSG. Sporting pode receber “fortuna”

António Cotrim / Lusa

O PSG olha para Rúben Amorim como a sua prioridade para substituir Pochettino. O treinador sportinguista tem uma cláusula de 30 milhões de euros.

O jornal francês Le Parisien escreve que Rúben Amorim é a prioridade do Paris Saint-Germain para substituir Mauricio Pochettino. Apesar de se ter sagrado campeão francês, o PSG perdeu a Supertaça para o Lille e ficou-se pelos oitavos de final tanto na Taça de França como na Liga dos Campeões.

O treinador do Sporting CP será o favorito de Luís Campos, que deve assumir o cargo de diretor desportivo do PSG nas próximas semanas. O ex-futebolista brasileiro Leonardo foi despedido do cargo.

Rúben Amorim tem contrato com os ‘leões’ até 2024, depois de ter renovado o vínculo no ano passado. O jovem treinador português tem uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros, à qual o emblema parisiense terá de obedecer caso queira contratar os seus serviços.

O técnico de 37 anos está em Alvalade desde março de 2020, altura em que o Sporting CP pagou 10 milhões ao Sporting de Braga pela sua contratação. Amorim levou o Sporting ao título na época passada, tendo terminado em segundo lugar nesta temporada.

Por sua vez, o programa televisivo ‘Telefoot’, da TF1, avança que a prioridade do PSG é Zinedine Zidane. O técnico francês está sem clube desde que deixou o Real Madrid em junho do ano passado.

Segundo estes relatos, Zidane receberia um salário de 25 milhões de euros limpos por ano, tornando-o no treinador mais bem pago do mundo.

Antonio Conte, Thiago Motta, Joachim Low, Christophe Galtier e Sérgio Conceição foram outras nomes já avançados pela imprensa internacional.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.