Rio Ave vs Sporting | Keizer entra na Liga a ganhar

Hugo Delgado / Lusa

O Sporting não se quis deixar atrasar na luta pelo título e foi a Vila do Conde vencer por 3-1, regressando assim ao segundo lugar da tabela.

O “leão” marcou cedo, permitiu o empate, mas nunca se deixou afectar pelas reacções, ou tentativas, por parte do adversário, apresentando um futebol fluido, consistente, muito rápido nas transições e objectivo na concretização.

A formação lisboeta rematou muito, com 12 disparos na grande área contrária, e aproveitou bem os lances que construiu, ao contrário dos vilacondenses que até terminaram com um registo interessante (e por isso perdulário).

O Jogo explicado em Números

  • O Sporting não perdeu tempo para fazer funcionar o marcador. Logo aos oito minutos, Bruno Fernandes abriu o activo através de um remate de pé esquerdo à entrada da grande área, após combinação com Nani. Um tento que surgiu ao segundo remate do jogo, primeiro enquadrado (ambos pertencentes ao “leão”).
  • Contudo, a resposta foi rápida. Aos 12 minutos, João Schmidt bateu um livre directo na perfeição, com o pé esquerdo, sem hipóteses para Renan Ribeiro. Grande eficácia ofensiva das equipas neste arranque de jogo.
  • O primeiro quarto-de-hora trouxe dois golos e um quadro de alguma indefinição quanto ao “dono” do jogo. O Sporting começou com mais bola, o Rio Ave reagiu e chegou a esta fase com 54% de posse e 90% de eficácia de passe, contra somente 78% da formação leonina.
  • Excelente partida no Estádio dos Arcos, com o 2-1 do Sporting a chegar aos 23 minutos. Marcos Acuña arrancou um cruzamento da esquerda e Bas Dost, ao seu estilo, cabeceou como mandam as leis, de cima para baixo, para um belo golo. O “leão” ampliava ao oitavo remate, quarto enquadrado.
  • O filme do jogo à meia-hora apontava para um Rio Ave a dominar territorialmente, mas a mostrar pouca objectividade nos seus movimentos, algo aproveitado pelo Sporting para subir no terreno com muito perigo e rematar bastante, com reflexo no marcador. Realce, igualmente, para as 11 faltas cometidas pelos lisboetas, contra somente quatro dos vilacondenses.
  • Muita facilidade do Sporting em chegar à área contrária. Perto do intervalo, os “leões” somavam 16 remates, dez deles realizados precisamente dentro da grande área do Rio Ave. As rápidas movimentações e trocas de bola dos jogadores do Sporting criavam muitos problemas à formação da casa.
  • Excelente primeira parte em Vila do Conde, com golos, futebol de ataque e duas equipas à procura da vitória.
  • O Sporting chegou ao descanso em vantagem, graças à facilidade com que, em transições rápidas, chegava à grande área contrária, registando dez remates desta zona do terreno num total de 16.
  • O Rio Ave até teve bastante bola, mas era facilmente travado nas transições pelo posicionamento defensivo impecável dos “leões”.
  • O melhor em campo nesta altura era Bruno Fernandes, com Rating de 7.0, ele que fez um golo em três remates (dois enquadrados) e ainda dois passes para finalização.
  • O intervalo fez mal às duas equipas, que perderam claramente intensidade. No primeiro quarto-de-hora do segundo tempo apenas se registou um remate, e desenquadrado, por parte do Rio Ave, que também dominava a posse de bola, com 59%.
  • Aos 65 minutos, João Schmidt, a dois tempos, esteve perto de bisar, mas desta feita Renan evitou o golo do Rio Ave, com duas intervenções. Os homens da casa eram os mais perigosos nesta fase e ganhavam 58% dos duelos individuais.
  • Aos 72 minutos surgiu o grande momento do jogo. O recém-entrado Jovane Cabral recebeu a bola fora da área, descaído para o lado direito do ataque, olhou para a baliza e rematou em arco, de pé esquerdo, para um golo espectacular, sem hipóteses de defesa para Léo Jardim. O “leão” precisou de apenas três disparos na segunda parte, um único enquadrado, para ampliar a vantagem.
  • A reacção dos homens da casa deu-se aos 80 minutos, com Fábio Coentrão a cabecear para nova grande intervenção de Renan. Mas o Sporting tinha o jogo completamente controlado e não deixou que os anfitriões reduzissem.

O Homem do Jogo

Mais um bom jogo de Bruno Fernandes, que dá mostras de voltar à sua melhor forma, com um futebol solto, dinâmico e objectivo, e sempre de olhos postos na baliza contrária. O médio fez um golo em três remates (dois enquadrados), realizou uma assistência em três passes para finalização, completou 82% dos passes que realizou e terminou a partida com um GoalPoint Rating de 7.0.

Jogadores em foco

  • Jovane Cabral 6.6 – Que grande golo marcou o extremo. Entrado ao minuto 69 para o lugar de Diaby, Jovane foi o protagonista do momento alto do jogo, com um tento através de um remate em arco e muito colocado.
  • Bas Dost 6.6 – O ponta-de-lança está sempre no sítio certo e voltou a marcar. Bas Dost esteve imparável no futebol aéreo, ganhando sete de 11 duelos ofensivos pelo ar, e somou quatro remates de cabeça em 22 minutos, igualando o máximo neste registo que pertencia a Sebastián Coates…
  • Sebastián Coates 6.5 – … e o uruguaio também esteve em bom plano, com um registo de quatro intercepções e superioridade nos três duelos aéreos defensivos em que participou. E ainda subiu no terreno para criar uma ocasião flagrante de golo.
  • Wenderson Galeno 6.3 – O extremo brasileiro voltou a brilhar e foi o melhor jogador do Rio Ave. O jogador emprestado pelo FC Porto fez dois remates, criou uma ocasião flagrante de golo e teve sucesso em seis das sete tentativas de drible.
  • Nani 6.1 – Ainda que sem o fulgor de outros tempos, o internacional português vai deixando a sua marca nos jogos do Sporting. Desta feita fez uma assistência para golo em três passes para finalização e completou um drible.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Obesidade infantil continua a aumentar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto concluiu que, aos 4 anos, 22% das crianças têm excesso de peso. Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que …

"O louco do Sanders" ou "o sonolento do Biden"? As apostas de Trump para a corrida eleitoral de 2020

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, previu que o seu rival democrata nas eleições de 2020 para a Casa Branca deverá ser ou o ex-vice-presidente Joe Biden ou o senador de esquerda Bernie Sanders. "Eu …

"Breaking Bad": professor japonês incentiva alunos a produzir ecstasy

Um professor universitário japonês pode apanhar até dez anos de prisão depois de, alegadamente, incentivar os alunos a produzir ecstasy, num eco à série televisiva norte-americana "Breaking Bad", informaram as autoridades na passada quarta-feira. Segundo o …

União Europeia lança programa-piloto de “Erasmus para artistas”

A Comissão Europeia já lançou o i-Portunus, um projeto-piloto que possibilita a artistas residentes nos Estados-membros da União Europeia trabalhar entre 15 e 85 dias noutro país. A primeira edição da iniciativa abriu com 500 vagas …

Seleção de género pode ter impedido 23 milhões de meninas de nascer

Uma análise dos dados da população mundial sugere que os abortos baseados em seleção sexual interromperam o nascimento de, pelo menos, 23 milhões de meninas. A maior parte dessas raparigas "em falta" estariam na China …

Ministra brasileira diz que as mulheres devem ser submissas ao homem no casamento

Uma nova declaração da ministra brasileira da Mulher, Damares Alves, gerou mais uma polémica. Desta vez, a chefe do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos disse que "dentro da sua conceção cristã" as mulheres …

Marinha procura barco desaparecido desde quarta-feira. Sete a nove pessoas a bordo

A Marinha Portuguesa está a realizar buscas a 518 quilómetros de Peniche para detetar uma embarcação que lançou um alerta às 23:50 de quarta-feira (hora de Lisboa), disse à Lusa o porta-voz daquela força armada. A …

Liberdade de imprensa em risco: "ódio aos jornalistas transformou-se em violência"

A liberdade de imprensa continua a deteriorar-se em muitos países, "onde o ódio aos jornalistas se transformou em violência", de acordo com a advertência dos Repórteres Sem Fronteiras (RSF). "O número de países onde os jornalistas …

Matemática do canibalismo prova benefícios de comer os próprios filhos

O canibalismo filial é o ato de comer as próprias crias. Por chocante que pareça, cientistas descobriram um possível benefício para esta horrenda prática, que já foi documentada em várias espécies de animais. Um estudo publicado …

Tempos de resposta penalizam SNS e mandam doentes para o privado

Os critérios "políticos" para definir os tempos máximos de resposta em consultas e cirurgias podem penalizar os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS), com um aumento de envio de doentes para o setor privado …