Revelada a localização exata do “berço” da humanidade

A primeira “pátria” do Homem moderno situou-se ao sul do rio Zambeze, numa área correspondente ao Botswana, Namíbia e Zimbabué, onde o Homo sapiens sapiens viveu há 200 mil anos antes de migrar 70 mil anos mais tarde.

A localização da “pátria ancestral” do Homem moderno é descrita num estudo publicado esta segunda-feira na revista científica Nature.

“Sabíamos há muito tempo que o Homem moderno surgiu em África há cerca de 200 mil anos, mas ignorávamos até agora onde se situava precisamente esta pátria”, afirmou, em conferência de imprensa, a autora principal do estudo, Vanessa Hayes, do Instituto Garvan de Investigação Médica de Sydney, na Austrália.

O estudo teve por base a genealogia genética, tendo analisado 200 genomas mitocondriais (marcadores genéticos da linhagem materna) das populações que vivem atualmente na Namíbia e África do Sul, região considerada como um dos berços do Homem moderno. Testes de ADN (material genético) revelaram a presença rara da origem materna mais antiga, ainda hoje partilhada por estas populações.

Ao compararem os genomas mitocondriais, os cientistas conseguiram isolar um antepassado comum, que era um antigo Khoisan, povo de caçadores-recoletores que subsiste em África. Segundo o estudo, todos os homens que vivem atualmente em África e fora de África partilham este mesmo antepassado.

Os Khoisan, primeira comunidade humana moderna, terão vivido na mesma região durante 70 mil anos, uma vez que o genoma (informação genética) permaneceu inalterado. A comunidade terá prosperado nesta região situada ao sul do rio Zambeze, que partia da atual Namíbia, atravessava o norte do Botswana e seguia até ao Zimbabué.

Atualmente num deserto, chamado Kalahari, a região foi húmida e verdejante há milhares de anos. Análises geológicas e modelos climáticos permitiram concluir que teve um grande lago, duas vezes maior do que o lago Vitoria, na África Oriental. Com as mudanças climáticas, a região tornou-se mais seca e as populações começaram a migrar em direção ao nordeste e ao sudoeste. As primeiras deslocações abriram caminho à futura migração dos homens modernos para fora de África.

Algumas populações, no entanto, adaptaram-se à seca, sendo que os seus descendentes ainda hoje são caçadores-recoletores como os primeiros humanos.

// Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Ai sim? Tretas! E como é que sendo pretos retintos ficaram branquinhos e loirinhos como o pessoal do norte da Europa? Terá sido da neve que por lá cai? Ou da farinha usada em condimentos?

  2. Há dias, a Universidade de Granada, entalada entre extensos olivais, lançou um estudo a afirmar que as batatas fritas em azeite eram mais saudáveis que as cozidas. Agora, esta descoberta promove as ideias que fazem moda para ostracizar todos aqueles que ainda tenham preconceito acerca do continente africano.
    Mais a mais, tendo em conta que os Khoisan apareceram milhões de anos depois da Pantageia se dividir nos continentes atuais e da América fugir milhares de quilómetros, de quem descendem os incas, os maias…? Quem são os antepassados de Evo Morales?
    Como diz o povo, “ninguém dá ponto sem nó” e quem paga manda. E a verdade é que nunca o fez de forma tão disfarçada.

RESPONDER

Época balnear arranca no sábado, mas começa mais tarde no Norte

A época balnear arranca no próximo sábado, 6 de junho, mas não em todo o país. No Norte de Portugal só começa a 27 de junho. Segundo o despacho publicado esta quinta-feira em Diário da República, …

Um terço das empresas de restauração não reabriu

Cerca de um terço das empresas de restauração não retomou a atividade e quase metade tem registado uma faturação média inferior a 10%, revelou a associação representativa do setor. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares …

Ministério Público alemão assume que Maddie McCann está morta

O procuradores do Ministério Público alemão acreditam que Madeleine McCann foi assassinada. O investigador Christian Hoppe, do Bundeskriminalamt, revelou que a criança pode ter sido alvejada quando o suspeito assaltava o apartamento da família. O procuradores do …

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …

Pela primeira vez em 30 anos, Hong Kong proíbe vigília em memória de Tiannamen

Pela primeira vez em 30 anos, tanto Hong Kong como Macau não vão ter vigílias em homenagem às vítimas do massacre de Tiananmen. A Polícia de Hong Kong proibiu a vigília em memória do massacre de …

Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por …