Revelada a origem das gigantescas crateras do mar de Barents

Geofísicos noruegueses conseguiram explicar a origem das crateras gigantes no fundo do mar de Barents, informou o Centro para o Clima e Meio Ambiente da Noruega.

De acordo com o estudo, publicado na Science, muito provavelmente as grandes crateras localizadas no fundo do mar de Barents formaram-se em resultado da libertação súbita de metano, em enormes explosões do gás, há aproximadamente 12.000 anos atrás.

Os especialistas chegaram a esta conclusão depois de analisar cerca de 100 crateras com um diâmetro entre 300 e 1.000 metros.

“Como o clima se tornou mais quente e a camada de gelo desapareceu, foram libertadas de súbito enormes quantidades de metano, criando grandes crateras, que continuam a emitir activamente metano”, explica Karin Andreassen, professora do Centro para o Clima e Meio Ambiente da Noruega, citada pela Live Science.

K Andreassen / CAGE

Explosões de gigantescas bolhas de metano criaram crateras com mais de 1 km de diâmetro no Mar de Barents

Explosões de gigantescas bolhas de metano criaram crateras com mais de 1 km de diâmetro no Mar de Barents

Usando vários métodos, os cientistas avaliaram quando começou a libertação de gás: há cerca de 15.000 a 17.000 anos atrás. Quando a camada de gelo que cobria a cratera desapareceu, cerca de 11.000 a 12.000 anos atrás, isso resultou em explosões de metano.

O estudo é importante para a análise dos fluxos de transferência de metano para a hidrosfera e atmosfera da Terra. O metano é um gás de efeito de estufa, que é a maior causa das alterações climáticas.

PARTILHAR

RESPONDER

Tame Impala preparam lançamento de novo álbum

Ao que tudo indica, os Tame Impala preparam-se para lançar um novo álbum ainda este ano. As suspeitas surgem após a banda ter partilhado uma espécie de teaser no seu site oficial. Os Tame Impala divulgaram …

União Europeia favorável a nova extensão do Brexit mas ainda sem resposta para Londres

Os 27 Estados-membros da União Europeia são favoráveis a um novo adiamento do ‘Brexit’, solicitado pelo governo britânico, mas ainda discutem a sua extensão e as conversações prosseguirão no final da semana, revelaram fontes europeias. O …

A maior família do Reino Unido vai crescer. Vem aí o 22º filho

A família Radford, conhecida como a maior do Reino Unido, anunciou através de um vídeo no YouTube que estão à espera do 22.º filho. A família Radford vive em Morecambe, Inglaterra, e anunciou através do seu …

Cientistas testam medicamento que pode revelar-se mais eficaz para tratar gripe

Cientistas testaram em animais um novo medicamento que pode revelar-se mais eficaz no tratamento da gripe, ao induzir mutações genéticas nos vírus que causam a infeção impedindo a sua replicação e a sua atividade, foi …

PSD vai indicar Fernando Negrão para vice-presidente da Assembleia da República

O PSD vai indicar o líder parlamentar cessante Fernando Negrão para vice-presidente da Assembleia da República, disse hoje à Lusa fonte oficial da bancada social-democrata. A mesma fonte indicou que o PSD irá ainda propor como …

Funcionário da Casa Branca que publicou artigo anónimo sobre Trump vai lançar livro "explosivo"

O alto funcionário da Casa Branca que em setembro do ano passado escreveu de forma anónima um artigo de opinião no The New York Times vai lançar um livro no próximo mês. De acordo com o …

Grupos secretos do Facebook prometem falsas curas para cancro e autismo

Uma investigação do Business Insider expôs casos de contas e grupos secretos no Facebook que passam publicitam "medicamentos" e "tratamentos" alternativos que custam milhares de dólares mas que, na verdade, não passam de fraudes. Segundo noticiou …

Ministério repudia agressões nas escolas e fala em casos "residuais"

O Ministério da Educação garante que as situações de violência grave nas escolas são “residuais” e que existe uma tendência de diminuição de casos, repudiando todas as agressões que considera "inaceitáveis seja quem for o …

Surto de anthrax pode ter matado mais de 100 elefantes no Botswana

Um surto de anthrax pode estar na origem da morte de mais de 100 elefantes no Botswana ao longo dos dois últimos meses. Fontes do Governo do Botswana adiantaram, citadas pela Reuters, que "as investigações preliminares …

Nove migrantes encontrados vivos em novo camião no Reino Unido

A polícia britânica encontrou um segundo camião onde viajavam nove migrantes, todos eles vivos. Ainda hoje foi encontrado um camião com 39 pessoas mortas. Horas depois de ter sido encontrado um camião com 39 pessoas mortas, …