Remédios para alergias e insónia podem aumentar risco de demência

Um estudo norte-americano ligou alguns medicamentos usados regularmente à demência, incluindo remédios contra insónia, depressão e rinite alérgica.

Investigadores da Universidade de Washington acompanharam a saúde de 3.434 pessoas com 65 anos ou mais que não tinham sinais de demência no início do estudo.

Observando os registos médicos e de medicamentos para determinar quantos tinham ingerido medicamentos com efeitos anticolinérgicos, as respectivas doses e frequência de administração, os cientistas compararam esses dados com diagnósticos subsequentes de demência nos 10 anos seguintes.

Ao longo do estudo, 797 dos participantes desenvolveram demência.

O estudo, divulgado na publicação científica JAMA Internal Medicine, apontou que doses mais elevadas e a utilização prolongada destes medicamentos estavam ligados a um risco maior de demência nos idosos. O perigo aumentava se o consumo fosse diário ao longo de três anos ou mais.

Todos os medicamentos listados têm efeito anticolinérgico, que bloqueiam um neurotransmissor chamado acetilcolina.

Os mais usados foram os antidepressivos, tratamentos anti-histamínicos para alergias (como a rinite) ou contra a insónia, e para tratamento de incontinência urinária. A maioria dos medicamentos só é vendida com prescrição médica.

Todos os medicamentos podem ter efeitos colaterais, e as bulas destes remédios alertam já para a possibilidade de redução da capacidade de atenção e memória, assim como a sensação de boca seca. No entanto, os investigadores afirmam que os consumidores deveriam estar cientes de que podem estar ligados também a um risco maior de demência.

O estudo estimou que as pessoas que tomaram pelo menos 10 mg/dia de doxepin (antidepressivo), 4 mg/dia de difenidramina (ajuda para dormir), ou 5 mg/dia de oxibutinina (contra incontinência urinária) por mais de três anos teriam um risco maior de desenvolver demência.

Os investigadores disseram que os médicos e farmacêuticos poderiam adotar uma abordagem preventiva e oferecer tratamentos diferentes, tendo em conta as conclusões do estudo. Nos casos em que não haja alternativa, poder-se-ia receitar a menor dose pelo menor tempo possível.

Alguns dos participantes do estudo concordaram com a possibilidade de serem submetidos a uma autópsia após a morte, disse a médica Shelly Gray, que participou do estudo. “Vamos analisar a patologia cerebral e ver se podemos encontrar um mecanismo biológico que possa explicar os nossos resultados”, explicou.

Simon Ridley, chefe de investigação do grupo britânico Alzheimer’s Research UK, considera o estudo interessante, mas não definitivo, afirmando à BBC que apesar da correlação não haverá provas suficientes de que essas substâncias sejam a causa de demência nos casos estudados.

Doug Brown, da Sociedade de Alzheimer do Reino Unido, afirma que “existem preocupações de que o uso regular de certos medicamentos com efeitos anticolinérgicos, como soníferos e tratamentos de rinite, por pessoas mais velhas, possa aumentar o risco de demência em determinadas circunstâncias, o que é apoiado por este estudo”.

“No entanto, ainda não está claro se este é o caso, ou se os efeitos observados são resultado do uso a longo prazo ou de vários episódios de curto prazo. É necessária uma investigação mais robusta para entender quais são os potenciais perigos, e se algumas substâncias são mais propensas a terem este efeito do que outras”, considera.

“Gostaríamos de incentivar médicos e farmacêuticos a aconselhar qualquer pessoa preocupada a falar com seu médico antes de parar de tomar qualquer medicação”.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ainda bem que só uso quercetina, um flavonóide natural, para a minha rinite. Uma semana de tratamento e meses e meses sem um ataque, mesmo estando exposto aos alergénos!

RESPONDER

Entrevista: "Demorei 2 anos a aperfeiçoar o meu passe; os miúdos de Timor já jogam lindamente!"

Sara Moreira Silva é a líder da primeira escola de voleibol em Timor-Leste, que vai arrancar em janeiro de 2021. Fica aqui a perspetiva de uma portuguesa que vê muito talento entre os timorenses...que não …

O edifício mais antigo do mundo ainda em funcionamento "mora" em Roma

O Panteão de Roma, o edifício mais antigo desta cidade italiana, continua a ser utilizado nos dias de hoje, cerca de 2.000 anos depois da sua construção. Edificado em meados de 125 a.C sob a …

Da cabeça de javali à perdiz. Historiadores e chefs ensinam a cozinhar pratos medievais

Uma equipa de historiadores e grandes chefs reuniu-se para oferecer um curso online para ensinar os alunos a criar banquetes medievais. Professores da Universidade de Durham e chefs do restaurante Blackfriars criaram o Eat Medieval, que …

The Climate Store. Os preços desta loja sueca variam conforme a pegada ecológica

Os rótulos dos alimentos já indicam o quão bom ou mau um produto é para a nossa saúde, mas e o planeta? Um número crescente de marcas está agora a rotular os seus produtos para …

A cidade-irmã mais famosa de Petra abre finalmente ao público. "Esconde" túmulos amaldiçoados

A cidade de Hegra, localizada nos desertos a norte de Al Ula, no noroeste da Arábia Saudita, vai pela primeira vez abrir ao público, podendo os visitantes explorar agora este local antigo sem quaisquer restrições. …

Falha no Microsoft Excel pode ter levado a mais de 1.500 mortes no Reino Unido

Um erro no Microsoft Excel que eliminou quase 16 mil casos de covid-19 das estatísticas do Reino Unido pode ter levado a mais de 1.500 mortes evitáveis, de acordo com um artigo da Warwick University. Os …

Pessoas com bons hábitos de sono têm menor risco de insuficiência cardíaca

Os padrões de sono saudáveis ​​incluem acordar de manhã cedo, dormir 7 a 8 horas por noite e não ter insónias ou sonolência diurna excessiva. Esta pode ser a receita secreta para evitar insuficiência cardíaca, …

Marcelo quer regras do Natal na próxima semana. E lembra que não há lugar para uma crise política

O Presidente da República defendeu, esta sexta-feira, que as medidas para o fim-de-semana do Natal devem ser conhecidas já na próxima semana. E congratulou-se com o facto de já haver um Orçamento aprovado. Em resposta às questões …

Jogos de guerra ajudaram exércitos a vencer guerras. É uma tradição secular

Alguns jogos de guerra foram utilizados por vários exércitos internacionais para simular conflitos e treinar militares para guerras reais, contou à revista Vice Antoine Bourguilleau, que escreveu recentemente um livro sobre o fenómeno. Estes jogos …

Código da Estrada alterado. Uso do telemóvel ao volante com multas mais pesadas

O uso do telemóvel durante a condução vai passar a ter uma coima entre os 250 e os 1250 euros, segundo as alterações ao Código da Estrada aprovadas, esta sexta-feira, em Conselho de Ministros. "O Conselho …