Rede militar com 4000 anos descoberta no Norte da Síria

(dr) Marie-Odile Rousset

Uma equipa de cientistas sírios e franceses estudou imagens de satélite da Síria e descobriu um antigo sistema de fortificações que, aparentemente, protegia cidades durante a Idade do Bronze.

A guerra civil na Síria tem vindo a dificultar os trabalhos de campo de uma equipa de cientistas que estuda fortalezas, fortes e torres a leste da cidade de Hama, no Norte do país. Ainda assim, os responsáveis por este projeto sírio e francês, continuam a tentar desvendar o mistério dos vestígios arqueológicos com imagens de satélite.

O projeto geo-arqueológico Margens Áridas do Norte da Síria tem como principal missão entender como os primeiros humanos ocuparam aquela região e como aproveitaram o seu ambiente geográfico.

Segundo o Público, a região ocupa cerca de sete mil quilómetros quadrados e posiciona-se a oeste das regiões povoadas e sedentárias do Crescente Fértil e a leste das estepes áridas habitadas pelos povos nómadas.

A equipa de cientistas concluiu que, na Idade do Bronze, as fortalezas, fortes e torres faziam parte de uma rede de vigilância e de comunicação que pode ter protegido os campos mais férteis do inimigo. Esta conclusão está explicada no artigo científico, publicado na revista Paléorient.

Marie-Odile Rousset, arqueóloga do Laboratório de Arqueologia do Oriente do Centro Nacional de Investigação Científica, em França, conta ao jornal que trabalharam na Síria de 1995 a 2002. Ao longo do projeto, a região foi explorada por uma equipa de franceses e sírios, dirigida pelo geógrafo Bernard Geyer e pelo historiador Nazir Awad.

“Como os locais estão muito bem preservados nesta área, conseguimos obter muitas informações destes sítios e ter o plano de vários”, explica a arqueóloga. Mas “infelizmente, desde 2011, com a guerra na Síria, não conseguimos lá voltar.”

Os estudos continuaram, mas desta vez usando imagens de satélite, tiradas desde 1960 até agora. “Como trabalhamos primeiro no local, conseguimos compreender o que vemos nas fotografias”, explica Marie-Odile Rousset.

As observações via imagens de satélite permitiram reconstruir uma rede de vigilância e comunicação e descobrir sítios desconhecidos até então. “Ninguém tinha encontrado uma rede tão grande”, admite a arqueóloga, explicando que a rede terá funcionado na Idade do Bronze no Próximo Oriente, há cerca de quatro mil anos.

Os cientistas fizeram a datação em tigelas, jarras e pratos de cerâmica recolhidos nestes sítios arqueológicos e sugerem que esta rede terá sido construída com grandes blocos de basalto e formada por muralhas de vários metros de largura e altura.

(dr) Marie-Odile Rousset

Vestígios arqueológicos de uma fortificação.

“Descobrimos alguns fortes e torres desta rede no terreno e percebemos no ano passado como estavam ligados com as capitais dos reinos da Idade do Bronze perto das estepes do Centro da Síria (Alepo, Ebla ou Catna). Protegia a área mais fértil contra o inimigo que vinha do Leste da Síria, talvez do reino rival de Mari, no vale do Eufrates”, conta Rousset.

Esta descoberta é apenas o primeiro passo da equipa que espera retornar ao campo para responder a questões como em que estado ficaram estas fortalezas, fortes e torres depois do conflito atual na Síria?

“Vi no Google Earth que alguns dos fortes tinham sido reutilizados desde 2013 para propósitos militares, mas não ficaram muito destruídos”, responde ao Público a arqueóloga.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …

Real Madrid não volta ao Santiago Bernabéu até final da temporada

O Real Madrid vai disputar os restantes jogos da Liga espanhola de futebol na condição de visitado no estádio Alfredo di Stéfano, no centro de treinos merengue. Segundo a agência EFE, Florentino Pérez enviou uma carta …

Metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona mantê-lo

A pandemia veio mudar a forma como trabalhamos. Quase metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona manter a atividade, ou parte dela, em regime de trabalho remoto.  De acordo com um inquérito da CIP - …

"Muitos de vocês são fracos". Trump critica ação dos governadores durante protestos

O Presidente dos Estados Unidos ridicularizou alguns governadores estaduais por serem "fracos" e exigiu-lhes que tomem medidas duras contra os manifestantes, após mais uma noite de violência em diversas cidades. Donald Trump conversou com os governadores, …

O vírus "não desapareceu". DGS apela para responsabilidade dos adeptos de futebol

Graça Freitas apelou aos adeptos de futebol para que respeitem as regras da Direção-Geral da Saúde, sublinhando que não podem existir ajuntamentos junto aos estádios e concentrações de pessoas em cafés ou em outros locais. Durante …

PSD junta-se ao Bloco e PCP e pede apreciação parlamentar do decreto das PPP na Saúde

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que regulamenta a criação de parcerias público-privadas (PPP) na Saúde. O maior partido da oposição junta-se assim ao Bloco de Esquerda e PCP, embora com motivos diferentes. Os sociais-democratas …

Reembolsos de IRS estão a ser "indevidamente retidos", denuncia Provedora de Justiça

Maria Lúcia Amaral escreveu ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais para pedir a correção de erros, lembrando que o reembolso é uma ajuda preciosa para muitas famílias, nomeadamente nesta altura. A Provedora de Justiça, Maria …

Rússia quer exportar antiviral que diz ser eficaz em 90% dos casos

O antiviral Afivavir mostrou ser eficaz no combate ao novo coronavírus em 90% dos casos, mas não estará à venda em farmácias. A Rússia planeia exportar para vários países do mundo um medicamento para a …

Exigência "irracional e insultuosa". Precários acusam Governo de os forçar a "mentir"

O formulário de apoio aos trabalhadores independentes obriga-os a garantir que retomarão a atividade dentro de oito dias. No último sábado, a Segurança Social disponibilizou o formulário de apoio aos trabalhadores independentes que deveria ter ficado …

Salário de licenciados que entrem na EDP sobe para 1500 por mês

A EDP - Energias de Portugal chegou a um acordo com os sindicatos para aumetar o salário base de entrada na empresa para licenciados e não licenciados, avança esta segunda-feira o Jornal Económico. No caso …