Arqueólogos começam a recuperar corpos perdidos da Guerra Civil Espanhola

(dr) Gema Ortiz Iglesias

Uma equipa de arqueólogos e antropólogos forenses começou a recuperar corpos das vítimas executadas pelo regime de Franco no final da Guerra Civil Espanhola.

Os investigadores da Universidade de Cranfield, no Reino Unido, e da Universidade Complutense de Madrid, em Espanha, estão a fazer escavações na região de Cidade Real, no centro do país.

O objetivo é procurar, exumar e identificar os executados e sepultados no cemitério civil de Almagro, entre 1939 e 1940, escreve o HeritageDaily.

Já foram recuperados vários corpos e, no total, a equipa está à procura de 26 pessoas nesta escavação que está focada numa área separada do cemitério, fechada há décadas. As famílias de várias vítimas foram contactadas na esperança de identificar os corpos, devolver os restos mortais e, assim, dar-lhes um enterro digno.

Desde 2000, foram recuperados os corpos de mais de 7 mil vítimas da Guerra Civil Espanhola.

“Esta escavação é particularmente complexa devido ao número de vítimas e enterros subsequentes no cemitério durante o período de pós-guerra. A recuperação dos corpos é realizada camada por camada e é apenas o início do processo de identificação e dignidade do falecido e ajuda a dar paz às suas famílias”, diz o líder da equipa de escavações, Nicholas Márquez-Grant.

José Barrios, cujo tio-avô foi executado e sepultado no local, disse que inicialmente não tinha grandes esperanças, mas quando viu que encontraram o primeiro corpo, pensou: “Estamos aqui agora, estamos a caminho de te encontrar”.

“Originalmente, tínhamos quatro famílias identificadas para esta escavação e, em dez dias, temos 21 famílias e 21 histórias. Encontramos corpos de um lado, e histórias do outro, que mais tarde se conectam”, disse, por sua vez, Jorge Moreno, diretor do projeto Mapas da Memória, da Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED).

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram "oceanos" de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar "oceanos" de poeira e gases tóxicos no ar.  A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte …

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …