Recém-nascido em tribunal pelo direito a chamar-se Jihad

O caso do recém-nascido que recebeu o nome de Jihad na cidade de Toulouse, em França, está a ser analisado pela Justiça Francesa.

A criança, do sexo masculino, nasceu e foi registada no dia 2 de agosto em Toulouse, apesar de os pais viverem no município vizinho de Léguevin. O nome do recém-nascido está a chocar a cidade francesa, por remeter à “guerra santa” dos radicais islâmicos. As autoridades já alertaram o procurador da República de Toulouse.

Numa altura em que os franceses estão ainda muito marcados pelos atentados terroristas levados a cabo pelo Estado Islâmico, a Justiça de Toulouse terá agora que decidir se passa o caso a um juiz de Tribunal de Família, o único que pode proibir a utilização do nome e obrigar os pais a dar outro à criança.

Em entrevista à rádio France Info, Abderrahmane Oumachar, um dos fundadores do Centro de Espiritualidade Muçulmana de Toulouse, explica que na realidade o nome Jihad “não significa guerra santa”. No entanto, de acordo com a lei francesa, “a família não pode escolher nomes que possam ser contrários ao interesse da criança“.

Segundo Oumachar, a tradução da palavra é “luta”, “resistência” ou “abnegação”, embora o seu sentido tivesse sido alterado. Em árabe, Jihad pode ser “a ação de um médico que salva vidas”, exemplifica o especialista em religião muçulmana.

Os funcionários das repartições de registo de crianças não podem, desde 1993, proibir a escolha de nomes. Ainda assim, se notarem alguma irregularidade no processo, são obrigados a avisar a Justiça.

Em 2016, aconteceu em Nice um caso similar ao de Jihad. Uma criança foi registada com o nome de “Mohamed Nizar Merah“, o mesmo nome do jihadista autor dos atentados de Toulouse e Montauban em 2012. As autoridades francesas consideraram que o nome era uma apologia ao terrorismo e os pais foram obrigados a mudar o nome da criança.

Em 2013, uma criança de 3 anos foi para a escola com uma camisola com as mensagens “sou uma bomba” e “Jihad, nascido a 11 de setembro“. A mãe da criança, que se chamava efectivamente Jihad, foi condenada a um mês de prisão com pena suspensa e a pagar 2 mil euros de multa.

A Justiça considerou as frases provocatórias, embora não tivesse analisado o nome da criança – que teve a sorte de ter nascido antes da onda de atentados terroristas na Europa ter começado.

ZAP // RFI

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Se eu fosse cristão, chamava os de anti-Cristo. Mas não sou e apenas posso ter dó deles e das suas vitimas, incluindo esta pessoa recém-nascido.

  2. A mim o que me faz mais pena é ver a França cada vez mais refém desta gente, o povo francês tem sido demasiadamente calmo e acolhedor e tolerante para com os políticos que têm conduzido o país a esta situação e que tende a pior no futuro.

  3. O título deveria ser “Pais de recém-nascido em tribunal pelo direito a chamar-lhe Jihad”.
    O pobre miúdo não tem culpa disso nem de ter pais assim…

RESPONDER

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …