Receitas para a sua constipação: algumas curam, outras não

Tomar um chá, fazer um escalda-pés ou enrolar um lenço com álcool à volta do pescoço – as antigas curas para a vulgar constipação parecem ridículas nos nossos dias, perante a medicina moderna.

Mas os aparentes benefícios de muitos dos tratamentos que adoptamos sem pensar – como tomar suplementos vitamínicos ou deitar soro fisiológico nas narinas – podem desaparecer quando analisados de perto à luz da Ciência.

Afinal, o que é que resulta e o que não funciona?

1 Não aumente a dose de vitamina C. Experimente aumentar o zinco

“A primeira coisa que muita gente faz quando está constipada é aumentar a ingestão de vitaminas C e D”, diz o médico Michael Allan, da Universidade de Alberta, no Canadá, que recentemente analisou dados sobre os tratamentos caseiros mais populares.

“Mas não há boas provas de que essas vitaminas funcionem”, diz Allan.

Tomar mais vitamina C pode ajudar marginalmente pessoas que se submetam a grandes provas físicas, como maratonistas, a aumentar a sua resistência a doenças.

Mas para o indivíduo comum, a vitamina reduz o risco em apenas 3%.

Estatisticamente, “se um adulto ficar constipado duas vezes por ano, tomar vitaminas só impede a constipação de 15 em 15 anos”, explica Allan.

Suplementos de zinco podem ter um resultado melhor. Baseado em três estudos clínicos com voluntários, Allen afirma que as crianças que tomam um suplemento de zinco regularmente têm, em média, uma constipação a menos por ano, comparado com as seis a oito que são normais na idade escolar.

Há alguns indícios de que o zinco também pode reduzir a duração de uma constipação em cerca de um dia.

Mas, como o zinco tem um desagradável sabor adstringente e teria de ser tomado durante todo o ano para poder oferecer benefícios, Allen não recomenda o uso generalizado do suplemento.

2 Beba um copito. De vez em quando

É da sabedoria popular que uma noite de copos enfraquece as defesas do organismo e o torna mais vulnerável ao ataque de vírus.

O tema ainda não foi amplamente explorado pelos médicos, mas três estudos independentes sugerem que quem bebe regularmente – mas moderadamente – tem, na realidade, menos probabilidades de apanhar uma constipação.

O que decide beber também parece fazer a diferença: o vinho ajuda mais do que a cerveja, por exemplo.

Estes dados são ainda preliminares e devem ser seguidos com um certo cepticismo. Mas sugerem pelo menos que não precisamos de deitar a culpa da sua sofrida constipação para cima dos excessos que cometeu.

3 Não tome antibióticos. Fique-se pelos medicamentos para aliviar sintomas

Curto e grosso: não há nenhuma forma de os antibióticos curarem uma constipação. Os antibióticos atacam as bactérias e a constipação é provocada por vírus.

“Além de não trazerem benefícios nestes casos, os antibióticos ainda aumentam o risco de efeitos colaterais, como a diarreia”, explica Michael Allan.

A melhor forma de enfrentar a constipação é tentar reduzir a intensidade dos sintomas.

Os medicamentos que combinam anti-histamínicos com descongestionantes e analgésicos ajudam a aliviar alguns dos sintomas mais desagradáveis em adultos – mas, atenção, não em crianças.

“Ainda assim, os benefícios são, em geral, modestos e têm efeitos diferentes em cada indivíduo e em cada tipo de infecção”, alerta Allan.

4 Tome mel. Mas cuidado com outros medicamentos naturais

De forma geral, os remédios naturais, como a equinácea ou as cápsulas de alho, não trazem benefícios. A única excepção parece ser o mel.

Uma colherada imediatamente antes de dormir pode aliviar a tosse e é melhor do que qualquer xarope ou bebida açucarada, segundo diferentes estudos.

Um outro estudo ter indicado que uma combinação de mel com café poderia ajudar a acabar com a tosse persistente em adultos.

No entanto,  a forma como o mel actua ainda é desconhecida, e o paliativo só foi amplamente testado em crianças.

“Mas como há um grande número de pesquisas por trás, não custa tentar”, diz Allan.

5 Finalmente… peça um abraço

As pessoas à sua volta podem ajudá-lo a sarar mais rapidamente, e até a prevenir o aparecimento da doença: um estudo publicado em dezembro revela que um abraço por dia afasta a gripe (e o stress).

Pacientes que têm mais empatia com os seus médicos parecem recuperar-se mais rapidamente, um efeito que pode ser visto tanto nos sintomas quanto nas análises objectivas da actividade do sistema imunológico.

Ainda não se sabe se o remédio funciona também com os familiares e amigos, mas à falta de uma cura milagrosa, não custa nada pedir um pouco de… simples carinho.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Tempestade de areia "engoliu" cidade na China

Uma forte tempestade de areia "engoliu" a cidade de Dunhuang, no noroeste da China, no passado domingo. De acordo com o South China Morning Post, a forte tempestade de areia, que provocou nuvens de poeira com …

Raíssa faz bolachas com o lema "Fora Bolsonaro". Já se tornaram virais

Uma brasileira começou a fazer bolachas com o lema "Fora Bolsonaro" em jeito de brincadeira, mas agora já vende centenas todos os dias. Aquilo que começou como uma simples brincadeira, acabou por tornar-se viral. A ideia …

Zara, 19 anos, quer ser a mulher mais nova de sempre a voar sozinha à volta do mundo

Uma jovem, de 19 anos, pôs mãos à obra para levar a cabo um "gap year" (o chamado ano sabático) com um propósito muito fora do comum: tornar-se a mulher mais nova de sempre a …

Francês diz ter usado método matemático para ganhar o Euromilhões

O francês, que não quis revelar a sua fórmula à imprensa, ganhou, no dia 11 de junho, 30 milhões de euros com a combinação com a qual jogava há um mês. A história foi contada, esta …

Mais de metade da população portuguesa já tem a vacinação completa

Mais de metade da população residente em Portugal (52%) já tem a vacinação completa contra a covid-19, revela o relatório semanal de vacinação divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último relatório semanal …

Campeão olímpico criou problemas no seu país natal

Richard Carapaz, medalha de ouro no ciclismo, foi direto: "O país nunca acreditou em mim". Presidente do Equador, ministro e Comité Olímpico reagiram. Poucos dias depois de ter subido ao pódio final da Volta a França …

Jovens preocupados com fertilidade e efeitos secundários das vacinas contra a covid-19

Com o avanço das campanhas de vacinação, um grande número de pessoas das faixas etárias baixo dos 30 anos mostra-se relutante em tomar a vacina contra a covid-19. Os jovens falam de preocupações com fertilidade …

Dois gestos de Cla(ri)sse que ficam para a memória olímpica

Clarisse Agbégnénou foi campeã olímpica no judo, pela primeira vez - mas a atitude que demonstrou, mal venceu a final, ficará também nos registos. Campeã mundial cinco vezes, mais duas medalhas de prata. Cinco medalhas em …

Sindicatos avançam com ações legais para travar despedimento coletivo na TAP

Os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP vão avançar com ações legais para travar o despedimento coletivo que a empresa iniciou na segunda-feira, que abrange 124 profissionais. "Até agora houve conversa, a partir de agora …

Ginastas alemãs usam fato integral para combater sexualização da modalidade

Ao contrário do que acontece com os ginastas masculinos, que podem optar por calções ou calças, as mulheres competem, desde o início da modalidade, de bodies que expõem grande parte do seu corpo. Quando, no último …