Ratos que cantam ajudam a estudar o autismo

(dr) Universidade de Nova Iorque

Através de uma análise a ratos cantores das florestas tropicais da América Central, uma equipa de cientistas descobriu o circuito no cérebro que permite a interação vocal.

Uma conversa padrão – na qual ouvimos, interpretamos e só depois respondemos -, requer uma coordenação entre sinais sensoriais e uma resposta muscular. Em pássaros, rãs, ratos, humanos e outras espécies, é este o processo normal que tende a acontecer quando conversamos. No entanto, o processo cérebro por trás da formulação vocal ainda é um enigma que suscita muitas dúvidas na comunidade científica.

Recentemente, uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, deram um passo em frente, desvendando um pouco mais sobre de que forma as conversas se formam no cérebro.

O estudo, publicado no dia 1 deste mês na Science, revelou que é no córtex motor que se cruzam vários circuitos que, todos juntos, formulam o ritmo das conversas.

Para chegar a esta conclusão, os cientistas analisaram a interação entre ratos cantores machos de Alston (Scotinomys teguina), encontrados nas florestas tropicais da América Central, capazes de entoar quase cem notas audíveis para atrair as fêmeas.

Este é um passo muito significativo na Ciência, uma vez que, através da compreensão da atividade cerebral, será possível alcançar novos tratamentos para pacientes com autismo ou com traumas como derrames cerebrais, adiantam os autores do estudo, citados pelo Diário de Notícias.

“O nosso trabalho demonstra diretamente que a região do cérebro do córtex motor é necessária para manter uma conversa”, afirma Michael Long, um dos autores da investigação e professor de neurociência.

Estes animais foram escolhidos pelos cientistas por terem um padrão de conversa muito parecido com o dos seres humanos. Os ratos cantores foram expostos a um exame chamado eletromiografia, que analisou os sinais elétricos emitidos no cérebro dos roedores à medida que os músculos das cordas vocais se contraiam.

Foi desta forma que os investigadores conseguiram perceber quais as regiões cerebrais que são ativadas durante o canto. Posteriormente, os cientistas “desligaram” essas regiões, de modo a confirmar que os sons ficavam, de facto, desregulados.

“Descobrimos uma divisão de trabalho. Há mecanismos subcorticais que permitem gerar som e há o córtex motor, hierarquicamente superior a esses mecanismos, que comandam as áreas subcorticais, que nos diz quando responder e quão rápido responder”, explica Arkarup Banerjee, coautor do estudo.

Agora, é em Portugal que se vai dar seguimento a esta investigação. Segundo o DN, o laboratório de neurociência da Universidade de Coimbra vai agora avançar com estudos sobre a interação vocal em humanos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo prevê superavit de 0,2% e crescimento de 2% em 2020

O líder parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes” revelou esta terça-feira que o Governo prevê para o próximo ano um excedente orçamental de 0,2% e um crescimento de 2%. José Luís Ferreira, líder parlamentar do Partido …

Meo e Nos vão subir preços de alguns serviços em 2020

Escreve o Jornal de Negócios esta terça-feira que a Meo e a Nos vão atualizar o tarifário de alguns dos seus serviços a partir de 1 de janeiro de 2020. A fatura dos clientes deverá …

Maria e Francisco foram os nomes mais populares em 2019

Maria foi, mais uma vez, o nome feminino mais popular em 2019. João foi atirado para segundo lugar, sendo destronado por Francisco. Dados do Ministério da Justiça, divulgados pela TVI24, revela que, este ano, foram registadas …

Tensão nas eleições da JSD-Porto levam à intervenção da PSP

Rodrigo Passos foi eleito, no sábado, como novo líder da JSD-Porto, substituindo Rosina Ribeiro Pereira, que deixou algumas palavras duras para comentar o que se passou no ato eleitoral. Segundo o Público, Rosina Ribeiro Pereira, eleita …

Livre não aplica sanção a Joacine, mas condena declarações da deputada

O Livre decidiu não aplicar qualquer sanção disciplinar a Joacine Katar Moreira no seguimento do conflito entre Direção e deputada que surgiu após a polémica abstenção num voto no parlamento sobre uma investida israelita na …

Rio alerta para "claro divórcio entre a sociedade portuguesa e os partidos políticos"

O presidente do PSD, Rui Rio, disse ontem, em Paredes, no distrito do Porto, haver "um divórcio entre a sociedade e os partidos", defendendo que só uma maior "abertura" das estruturas às "pessoas" pode inverter …

Megaoperação de combate à pedofilia detém mais de 30 pessoas

Mais de 30 pessoas foram detidas em onze países no âmbito de uma megaoperação de combate à pornografia infantil realizada pela Europol e pela polícia nacional de Espanha, país onde foram presos mais de metade …

Grandes hotéis acusados de ignorar tráfico sexual. Queixa em grupo relata casos de 13 mulheres

Uma ação judicial deu entrada segunda-feira em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos (EUA), com vários grandes grupos hoteleiros a serem acusados de lucrar com o tráfico sexual, ignorando os crimes e os danos nas vítimas. Segundo …

Líder da Birmânia, Suu Kyi, vai a Haia defender o país de acusação de genocídio

A líder birmanesa Aung San Suu Kyi decidiu comparecer perante o Tribunal Internacional de Justiça (TIJ) para defender o seu país da acusação de genocídio contra a minoria muçulmana rohingya, durante uma audiência de três …

Impeachment. Democratas preparam-se para avançar com duas acusações formais contra Trump

Os democratas estarão a planear apresentar esta terça-feira dois artigos de impeachment que acusam Donald Trump de abuso de poder e obstrução do Congresso. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, o Comité …