Captadas imagens de raro tubarão de águas profundas. Espécie é anterior aos dinossauros

Uma equipa de cientistas norte-americanos conseguiu captar nas águas profundas das Bahamas imagens únicas do tubarão-albafar (Hexanchus griseus), conseguindo pela primeira vez rastrear esta espécie no seu habitat natural. 

De acordo com a missão científica da OceanX, responsável pelas imagens, esta espécie não sofreu quase nenhumas alterações evolutivas durante 200 milhões de anos, ou seja, permanece quase intacta no campo da evolução desde o Jurássico.

A expedição, que comunicou a descoberta através da sua página oficial de Facebook, observou ainda que o estilo de vida esta espécie continua a ser um mistério.

Investigações anteriores rastrearam esta espécie depois de trazer os animais até à superfície. Contudo, este método pode desorientar e desintegrar os animais das suas populações, uma vez que estes preferem estar em águas escuras até 2.500 metros de profundidade. Por esse mesmo motivo, explicaram os cientistas da nova expedição, os dados recolhidos anteriormente não podem ser tomados como uma representação real dos seus movimentos habituais.

Para os biólogos marinhos, esta espécie é uma verdadeira maravilha, tal como descreve o Live Science. Ao contrário dos seus parentes mais evoluídos, que têm cinco brânquias, o tubarão-albafar tem seis, permanecendo quase intacto desde a era jurássica.

Hexanchus griseus é um grande tubarão, podendo atingir os oito metros de comprimento. Com um corpo largo e olhos verdes luminosos, estes espécies sobrevivem ao caçar presas vivas, bem como a alimentar-se de corpos caídos no fundo do mar.

Feito “histórico”

A expedição, levada a cabo por uma equipa de cientistas da Universidade Estadual da Flórida, nos Estados Unidos, fez, em junho passado, uma viagem às Bahamas a bordo do navio de investigação científica OceanX Alucia.

O objetivo dos especialistas era claro e não tinha ainda sido alcançado por nenhuma outra investigação: rastrear um tubarão-albafar no seu habitat natural.

Depois de submergir centenas de metros da costa de Cape Eleuthera, a equipa de biólogos marinhos atraiu vários espécimes com iscas. Na primeira noite da missão que durou uma semana, os especialistas captaram imagens de uma fêmea claramente visível com as luzes do submersível. Já na quarta noite, conseguiram finalmente marcar um grande macho depois de terem disparado um dispositivo especial integrado com um GPS.

“É histórico por várias razões. Agora que provamos que este método pode funcionar para o tubarão-albafar, podemos desbloquear o mundo dos habitantes das águas profundas e obter informações importantes sobre os seus movimentos e comportamentos”, pode ler-se no relatório publicado pela equipa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …

Pentágono está a criar bactérias que detetam explosivos no subsolo

O Pentágono, em conjunto com a empresa de defesa Raytheon, está a desenvolver um sistema capaz de produzir bactérias geneticamente modificadas no subsolo, com o objetivo de detetar explosivos no subsolo. Neste projeto, iniciado pela Agência …

Hospitais voltam a não poder aumentar número de trabalhadores sem visto da tutela em 2020

Os hospitais vão continuar em 2020 impedidos de aumentar o número de trabalhadores sem a autorização prévia do Ministério da Saúde, segundo um despacho a que a agência Lusa teve acesso. O despacho assinado pelo secretário …

Onda crescente de ataques com explosivos alarma Suécia

A Suécia tem visto um aumento sem precedentes de ataques com explosivos. Em outubro, Estocolmo foi alvo de três ataques em apenas uma noite.  Se pensarmos num país com guerras de gangues constantes, o último nome …

Ruben foi libertado depois de passar 11 anos na prisão por crimes que não cometeu

Ruben Martinez Jr. saiu em liberdade do Supremo Tribunal de Los Angeles após ter passado 11 anos na prisão por uma série de assaltos à mão armada que não cometeu. Um homem que passou 11 anos …

Um em cada três portugueses não vai ao dentista ou só vai em caso de emergência

Mais de 30% dos portugueses não vão ao dentista ou só o fazem em caso de urgência e quase 10% não tem qualquer dente, segundo o Barómetro da Saúde Oral de 2019. De acordo com os …

Pintura de Monet rende 25 milhões de euros em leilão

A Sotheby's vendeu por 27,6 milhões de dólares (25 milhões de euros) uma pintura de Claude Monet, "Charing Cross Bridge", na terça-feira à noite em Nova Iorque num leilão de arte impressionista e moderna. O trabalho …

Bruno de Carvalho quer reconstituição do ataque a Alcochete (e chama Pinto da Costa)

O antigo presidente do Sporting Bruno de Carvalho pediu ao tribunal a reconstituição da invasão à Academia do clube, em Alcochete, e arrolou 22 testemunhas, incluindo Pinto da Costa, Sousa Cintra, atletas das modalidades do …