Um quinto dos casais separa-se nos primeiros 12 meses de vida do bebé

1

Um estudo realizado no Reino Unido mostra que um quinto dos casais se separa nos primeiros 12 meses após o nascimento de um bebé.

 

A falta de comunicação e o declínio da vida sexual estão entre as razões mais comuns para casais que tiveram um filho há pouco tempo se separarem, de acordo com um estudo realizado no Reino Unido, citado pelo Independent.

A pesquisa, que entrevistou dois mil pais, constatou que um terço dos relacionamentos dos entrevistados sofre sérios problemas nos meses seguintes ao nascimento de um filho, com um quinto a separar-se durante o primeiro ano de vida do bebé.

Mais de um em cada dez entrevistados teve uma separação nos 12 meses após o nascimento do filho, mas depois voltou a juntar-se com o parceiro. De acordo com o jornal britânico, por sua vez, o fim da relação acontece geralmente nos primeiros seis meses.

Um em cada três dos participantes disse que a “falta de comunicação” foi o principal motivo, enquanto três em cada dez disseram que a principal razão foi o declínio da sua vida sexual.

No entanto, 23% também atribuíram o fim da relação devido a uma traição do seu companheiro nos 12 meses a seguir ao nascimento da criança.

Ainda de acordo com o estudo promovido pelo ChannelMum.com e pelo The Baby Show, um quarto dos casais admitiu que já tinha problemas antes do nascimento do bebé, algo que pirou depois do seu nascimento.

O inquérito revelou ainda que mais de seis em dez pais disseram que não estavam preparados para o enorme impacto que era ter um bebé na sua vida.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.