Quinto apagão do ano deixou milhares de venezuelanos às escuras

Raul Martinez / EPA

A Venezuela começou, esta terça-feira, a recuperar gradualmente a energia, cerca de sete horas depois do quinto apagão do ano ter deixado às escuras pelo menos 16 dos 24 estados do país sul-americano.

Poucos minutos antes da meia-noite, a eletricidade começou a ser parcialmente restaurada em Caracas, assim como nos estados de Nueva Esparta, Bolívar, Táchira, Lara e Anzoátegui, informou o Governo.

Para ajudar a restaurar a luz em todos os estados, o Executivo decidiu suspender as atividades escolares e laborais esta terça-feira.

“Atenção! Para auxiliar no processo de reconexão do serviço elétrico nacional, as atividades laborais e escolares estão suspensas na terça-feira, 23 de julho”, informou o ministro da Comunicação venezuelano, Jorge Rodríguez, na rede social Twitter. “A menos que algo urgente o exija, recomendamos que fiquem em casa“, acrescentou.

Milhões de venezuelanos estiveram sem eletricidade desde as 16h40 locais, num corte devido, segundo Rodríguez, a um “ataque eletromagnético” contra a principal central hidroelétrica do país, que afetou quase todas as regiões.

“Os primeiros dados da investigação apontam para a existência de um ataque eletromagnético que procurou afetar o sistema de geração hidroelétrica de Guayana, o principal fornecedor deste serviço no país”, disse o ministro ao canal estatal VTV..

O presidente do Parlamento e líder da oposição, Juan Guaidó, culpou o Executivo pelo fracasso na gestão da eletricidade, área que é controlada pelos militares há uma década, quando os apagões começaram a ser frequentes.

“Tentaram esconder a tragédia com racionamento em todo o país, mas o fracasso é evidente: destruíram o sistema elétrico e não têm respostas“, escreveu, no Twitter, Guaidó, autoproclamado e reconhecido como Presidente interino da Venezuela por mais de 50 países.

Quinto apagão de 2019

Em Caracas, o apagão obrigou o metropolitano a ativar os protocolos para a retirada de pessoas e a suspender o serviço nas três linhas. Como parte da emergências foram ativados autocarros de passageiros.

Longas filas de viaturas, inclusive em sentido contrário – até na autoestrada -, pessoas aglutinadas à espera de autocarros, trabalhadores a tentarem regressar a pé para casa e utilizadores a queixarem-se das dificuldades no serviço ferroviário marcaram a tarde.

Um pouco por toda a cidade eram visíveis estabelecimentos comerciais e estações de abastecimento de combustível encerrados.

Através das redes sociais, utilizadores queixavam-se de dificuldades nas comunicações móveis no serviço de Internet.

O Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía, o principal do país e que liga a cidade de Caracas ao estrangeiro, foi também afetado pelo apagão.

Em 26 de abril, uma outra falha elétrica mergulhou 12 dos 24 estados na escuridão, total ou parcial, com a imprensa local a noticiar interrupções no abastecimento de energia nos estados de Zúlia, Carabobo, Miranda, Arágua, Monágas, Falcón, Anzoátegui, Táchira, Sucre, Lara, Barinas e Mérida.

Na Venezuela são cada vez mais frequentes e prolongadas as falhas no fornecimento de eletricidade: a 7 de março, uma falha na barragem de El Guri deixou o país às escuras durante uma semana.

A 25 de março, verificou-se um novo apagão, que afetou pelo menos 18 dos 24 estados, incluindo Caracas, que estiveram às escuras, total ou parcialmente, pelo menos durante 72 horas. Quatro dias depois, pelo menos 21 estados ficaram sem eletricidade durante 24 horas.

A 1 de abril, a Venezuela ativou um programa de racionamento de eletricidade que, segundo o ministro de Energia Elétrica, Igor Gavidia, poderia “prolongar-se por um ano“. Como parte do racionamento, algumas regiões têm apenas 12 horas de eletricidade ao dia.

Devido aos apagões, as atividades laborais diárias realizam-se em horário reduzido, até às 14h00 e as educativas até às 12h00.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descobertas filmagens inéditas de um centro de espionagem da II Guerra Mundial

Foi descoberta uma rara filmagem da instalação militar secreta Bletchley Park, no Reino Unido. Este centro de espionagem atuou durante a II Guerra Mundial e foi responsável por decifrar códigos alemães durante o período nazi. O …

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos com teoria da conspiração que liga covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a funcionários de operadoras e ataques a antenas de telecomunicações. Agora, o YouTube está …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …