“Querem-nos quietos, confinados, calados e com temor”. Jerónimo abre Avante! com ataque à direita

Mário Cruz / Lusa

O secretário-geral comunista abriu esta sexta-feira a 44.ª edição da Festa do “Avante!”, limitada na sua organização pela pandemia, com um ataque à direita, que considerou querer o PCP quieto, confinado, calado e com temor.

“Sim querem-nos quietos, confinados, calados e com temor, porque sabem o que aí vem. Querem que abdiquemos do que a vida tem de mais belo e realizador, libertos dos nossos medos, reencontrar o convívio e as amizades, a cultura, os concertos de diversos estilos de música”, denunciou Jerónimo de Sousa.

Antes das primeiras palavras do líder comunista, às 19h00 em ponto, ecoou pela instalação sonora dos 30 hectares das quintas da Atalaia e do Cabo da Marinha, Seixal (Setúbal), o tema “Avante, camarada!”.

Figuras destacadas da direita, ex-governantes bem conhecidos, como se tivessem tido um rebate de consciência pelo mal que fizeram ao direito à saúde dos portugueses e ao Serviço Nacional de Saúde, à rede pública, com a desvalorização de serviços, (…), que castigaram também nos seus salários, nos seus horários, nas suas carreiras, vêm à praça pública invocar hipocritamente razões sanitárias para impedir a festa”, lamentou.

Segundo Jerónimo de Sousa, “não querem que haja festa como não queriam as celebrações do 25 de Abril, nem a jornada de luta do 1.º de Maio”.

“Não queriam, nem querem a festa porque estão conscientes do agravamento da situação económica e social em que setores do capital se vão aproveitar para despedir, cortar salários e direitos, aumentar as injustiças e desigualdades e ficar com a parte de leão dos apoios financeiros”, continuou.

No fim do discurso de cinco minutos do secretário-geral, reproduzido com algumas falhas no áudio, as colunas de som reproduziram “A Internacional” e o hino nacional, empolgando alguns dos milhares de pessoas já presentes no recinto, com os punhos erguidos e as gargantas no volume máximo.

Críticas à DGS

O líder criticou ainda a Direção-Geral da Saúde por ter imposto medidas “que vão para além das normas exigidas em qualquer espaço comercial, qualquer praia, atividade religiosa ou de rua e outras iniciativas, num espaço de 300 mil metros quadrados”

“Durante décadas, salvo as devidas exceções, a Festa do “Avante!”, em particular as imagens do nível de participação nos comícios, foram escondidas, censuradas, arquivadas, para concluírem que ‘a coisa estava fraca’. Agora, surpreendentemente, muitas das peças que nunca viram a luz do dia, passam e repassam, para concluir que ‘vai haver gente a mais'”, acusou, dirigindo-se à comunicação social, sem nomear órgãos.

Para Jerónimo de Sousa, “usando um autêntico arsenal mediático, aproveitando as preocupações legítimas em relação ao surto epidémico, o que realmente pretendiam e pretendem é pôr em causa direitos políticos constitucionais”.

Cartaz contra Festa do “Avante!” retirado

Também nesta sexta-feira, a Juventude Social-Democrata (JSD) manifestou a sua “indignação” e “incompreensão” sobre a retirada de um cartaz colocado esta manhã por esta estrutura partidária contra a realização da 44.ª Festa do Avante!, no Seixal.

Em declarações à agência Lusa, o recém eleito presidente da JSD, Alexandre Poço, confessou não compreender os motivos da retirada do cartaz e adiantou que a estrutura partidária vai avançar com queixas formais à CNE (Comissão Nacional de Eleições) e PSP (Polícia de Segurança Pública).

“Questionamos que sentido de democracia têm os que retiraram este cartaz”, disse o dirigente social-democrata, concluindo que “há em Portugal quem tenha um sentido de democracia relativamente reduzido”.

Criticando a “noção de democracia de quem fez esta ação”, Alexandre Poço garantiu que as queixas referidas estão já a ser formalizadas.

https://twitter.com/JSDPortugal/status/1301807660430503936

Esta manhã a Juventude Social-Democrata (JSD) inaugurou um cartaz nas imediações da 44ª Festa do Avante, contra a realização do evento que este ano está envolto em polémica devido ao contexto pandémico causado pela covid-19. No cartaz em causa pode ler-se “Assim só a covid levará Avante”, numa referência à festa político-cultural comunista.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O tio Jerónimo ataca a Direita, mas na A.R. até negoceia com a dita Direita e vota junto com a Direita, não é por acaso que quando a Direita está no Governo ele comparado com o que faz com governos PS fica quase mudo, e não soou PS mas leio, ouço e vejo com os meus olhos, no dia que o PS acabar o PCP acaba a seguir.

RESPONDER

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …

Asteroide tem nome de astrofísico português Nuno Peixinho

O astrofísico português Nuno Peixinho dá nome a um asteroide, descoberto em 1998 e que tem pouco mais de 10 quilómetros de diâmetro, anunciou esta segunda-feira o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), …

"É inaceitável". Ana Mendes Godinho critica situações de trabalho temporário que "duram décadas"

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, insistiu esta terça-feira na relevância do combate à precariedade, sinalizando a intenção de restringir o trabalho temporário. "Tem de haver mecanismos mais fortes para combater a segmentação do mercado …

Hitler expulsou os soldados judeus há oito décadas. Agora, um rabino junta-se ao exército alemão

No início da Segunda Guerra Mundial, Hitler expulsou os judeus das Forças Armadas na década de 1930. Agora, Zsolt Balla irá assumir o cargo de rabino-chefe do exército alemão. Mais de 80 anos depois, aquilo que …

Rio critica Governo após "justa indignação" de Merkel

O presidente do PSD acusou esta terça-feira o Governo de estar a fazer Portugal passar “por uma vergonha desnecessária”, considerando que depois da “vexatória desconsideração” do Reino Unido, os portugueses têm que “ouvir a justa …

Amazon acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos

A Amazon foi acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos, segundo uma investigação da Newsweek, publicada na segunda-feira. "Uma investigação da ITV News num dos centros de distribuição da Amazon no Reino …

Enquanto o mundo lutava contra uma pandemia, a Guiné declarava o fim do segundo surto do Ébola

No passado sábado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou o fim do segundo surto de Ébola na Guiné-Conacri, que vitimou mortalmente 12 pessoas. "Tenho a honra de declarar o fim do Ébola na Guiné", disse …