Mudanças simples no estilo de vida podem evitar 40% dos cancros

Um novo estudo mostra que quase 40% dos cancros podem ser evitados com simples mudanças no estilo de vida.

Não é segredo para ninguém que, além dos fatores genéticos, várias escolhas que fazemos na nossa vida podem influenciar o desenvolvimento de cancro. Mas um novo estudo mostra que muitas mortes relacionadas com a doença podem mesmo ser evitadas com mais exercício físico, menos álcool, menos tabaco e outras mudanças no nosso estilo de vida.

Usando dados oficiais da população da Austrália em 2013, os investigadores descobriram que 38% das mortes causadas pela doença – cerca de 16.700 mortes no total – poderiam ter sido prevenidas pela redução de fatores de risco.

Sem qualquer surpresa, o primeiro da lista era o tabaco, responsável por 23% das mortes relacionadas com cancro no país, enquanto a dieta alimentar, a obesidade e as infecções representavam 5% cada.

Com este estudo, os investigadores pretendem incentivar a redução destes números. “O cancro é a maior causa de morte na Austrália”, diz um dos cientistas envolvidos, David Whiteman, do QIMR Berghofer Medical Research Institute. O estudo foi publicado, em outubro deste ano, no International Journal of Cancer.

“Embora em muitos casos seja tragicamente inevitável, este estudo destaca aquilo que conhecemos há anos: o cancro nem sempre é uma questão de genética ou azar”.

Outros dos fatores de risco são as radiações UV, que representaram 3,2% das mortes (1.390 pessoas), o álcool com 2,4% (1.037 pessoas), pouca atividade física com 0,8% (357 pessoas) e, por último, fatores reprodutivos ou hormonais com 0,4% (172 pessoas).

Se pensarmos bem, a soma é maior do que 38% por que os fatores podem se juntar para causar a doença.

Se se está a perguntar porque é que todas estas percentagens dão mais de 38%, é porque alguns fatores co-ocorrem para causar cancro. Além disso, houve também uma variação entre homens e mulheres. Estes fatores foram responsáveis por 41% das mortes por cancro entre os homens australianos e 34% das mortes entre as mulheres.

“As proporções de mortes por cancro potencialmente evitáveis ​​são mais altas entre os homens do que as mulheres porque, em média, os homens fumam e bebem mais, passam mais tempo ao sol e também não comem tão bem”, explica Whiteman.

Os dados também mostraram os tipos de cancro mais evitáveis: pulmão, intestino, melanoma cutâneo (pele), fígado e estômago.

Claro que esta não é uma ciência exata: exagerar nas bebidas alcoólicas, ou fumar a vida inteira não significa necessariamente que iremos ter cancro, assim como o contrário: não beber ou não fumar não garante que não sejamos atingidos pela doença.

A verdade é que estes fatores podem fazer o risco variar para cima ou para baixo em cada caso. Por exemplo: as pessoas que fumam são de 15 a 30 vezes mais propensas a ter cancro do pulmão do que os não fumadores. Enquanto isso, aqueles cujo IMC é muito alto são até duas vezes mais propensos a desenvolver a doença no rim ou no fígado.

O que os investigadores defendem é que gerir fatores de risco ​​pode fazer a diferença. O estudo apoia-se numa outra pesquisa de 2014, realizada nos EUA, que descobriu que até 21% das mortes anuais causadas pela doença eram evitáveis.

“Há muitas pessoas que podem reduzir o risco de desenvolver e morrer de cancro”, diz Whiteman. “Mesmo pequenas melhorias nessas áreas reduziriam substancialmente o número de mortes prematuras de cancro a cada ano”, acredita.

Avatar ZAP // HypeScience

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Claro que esta não é uma ciência exata: exagerar nas bebidas alcoólicas, ou fumar a vida inteira não significa necessariamente que iremos ter cancro, assim como o contrário: não beber ou não fumar não garante que não sejamos atingidos pela doença.”
    Ou seja, não entendemos puto quais as causas desta maldita ‘coisa’!

  2. É bem verdade!
    Este tipo de “estudos” não passam de exercícios especulativos com grande componente de “vox populi” e “verdades” politicamente correctas!
    Como raio identificam e contabilizam eles as mortes por UV, álcool ou tabaco? Aparecem etiquetas mágicas nos corpos?

RESPONDER

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançado somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …

"Bolsonaro pode estar a preparar guerra civil", temem politólogos

Politólogos ouvidos pelo DN temem que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, possa estar a preparar uma guerra civil. "Deseja armar a população, confia em poderes paralelos e estimula a indisciplina dos escalões mais baixos …

PRR: PSD quer que Governo conheça todos os contributos entregues na consulta pública

O PSD pediu acesso esta segunda-feira, através do parlamento, à documentação relativa a todos os contributos decorrentes da consulta pública do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Num requerimento entregue segunda-feira no parlamento e dirigido ao …

Líder do Volt é candidato à Câmara de Lisboa

Tiago Matos Gomes anunciou a sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. É a primeira vez que o Volt Portugal vai a votos. O líder do recém-criado Volt, Tiago Matos Gomes, é o cabeça de lista …