Confrontos na Catalunha. PSOE desce e extrema-direita sobe nas intenções de voto

Quique Garcia / EPA

Segundo uma sondagem para o espanhol El Mundo, os socialistas ficariam com 121 deputados e 27% dos votos. O PP cresce e o Vox pode passar a terceira força política.

De acordo com uma sondagem publicada esta segunda-feira no El Mundo, a três semanas das eleições de 10 de novembro, os socialistas estão numa trajetória descendente, face aos 28,7% alcançados no final de abril, perdendo dois assentos parlamentares, depois de uma semana marcada pela decisão do Supremo Tribunal de Espanha que condenou nove dirigentes independentistas catalães a penas entre os 9 e os 13 anos de prisão.

Por sua vez, com 121 deputados e 27% nas intenções de voto, o PSOE ficaria a seis pontos do PP, que está com 21% e a possibilidade de eleger 97 deputados. Em abril, os populares não foram além dos 16,7% e dos 66 assentos parlamentares.

O Vox, que classificou a decisão do Supremo como “vergonhosa”, afirma-se como a terceira força política, com 11,5% e 36 deputados. Em abril, foram os quintos mais votados, com 10,3% e 24 deputados.

Segundo o Expresso, o Unidas Podemos mantém a quarta posição, com 12,5%, mas perde para a extrema-direita em número de deputados, com 32. Nas últimas eleições legislativas, o Podemos elegeu 42 deputados e teve 14,3% dos votos.

Se as eleições fossem hoje, o Ciudadanos cairia da terceira para a quinta posição, passando de 15,9% para 9,6% e de 57 assentos parlamentares para 19. Já o estreante Más País elegeria sete deputados e conquistaria 4,6% dos votos.

Com base nesta sondagem, a união das esquerdas em Espanha – PSOE, Unidas Podemos e Más País – somaria 160 deputados no Congresso, e nem mesmo com os sete parlamentares previstos para o Partido Nacionalista Basco conseguiria a maioria absoluta (176 deputados).

Para o conseguir, sublinha o diário espanhol, o secretário-geral dos socialistas e primeiro-ministro em funções, Pedro Sánchez, necessitaria do apoio, através da abstenção, dos partidos independentistas.

No que diz respeito à taxa de aprovação, nenhum dos líderes partidários alcança os 4%. Sánchez está com 3,76%, Pablo Casado (PP) com 3,56%, Íñigo Errejón (Más País) com 3,52%, Albert Rivera (Ciudadanos) com 3,28%, Pablo Iglesias (Unidas Podemos) com 3,26% e Santiago Abascal (Vox) com 2,93%.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A confusão em Espanha vai acentuar-se. Não se forma maioria à esquerda nem à direita. Vai ser preciso a formação de um governo de iniciativa real.

RESPONDER

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …

Israel não vai desperdiçar "oportunidade histórica" para anexar a Cisjordânia

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu voltou a defender hoje a anexação de partes da Cisjordânia nos próximos meses e em prosseguir este polémico plano, apesar do crescente coro de condenações de diversos aliados. Os palestinianos, e …

Zlatan Ibrahimovic lesiona-se e deixa carreira em risco

No treino com vista ao regresso da Liga italiana, Zlatan saiu a coxear do centro de treinos, com os milaneses a explicarem que exames vão determinar se se trata de lesão no gémeo ou tendão …

Há uma orquestra presa num palácio da Alemanha há 75 dias

Um grupo de músicos bolivianos, que pertencem à Orquestra Experimental de Instrumentos Nativos, está confinado no Palácio Rheinsberg, na Alemanha, há cerca de 75 dias devido à pandemia de covid-19. No início de março, os membros da …

Bolsonaro diz ter imagem negativa no exterior porque a imprensa "é de esquerda"

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse hoje que a sua imagem no exterior é negativa porque a imprensa mundial é de esquerda, enquanto falava com apoiantes junto ao Palácio da Alvorada, em Brasília. "A imprensa …

Líderes vodu do Haiti preparam templos para tratar infetados com covid-19

Líderes de vodu do Haiti pediram aos padres da religião afro-caribenha para criar um remédio secreto que servisse de tratamento contra o novo coronavírus. Aos religiosos foi também pedido que preparassem as câmaras sagradas de …

Centros comerciais e lojistas dizem-se preparados para reabrir em junho

Os centros comerciais e lojistas asseguram estar preparados para reabrir em pleno em 1 de junho, apelando à não discriminação face aos restantes espaços de retalho, mas pedem medidas que travem o impacto da pandemia …

Não vai faltar sardinha dentro dos próximos anos, revela investigação

A quantidade de sardinha adulta no mar é mais do que suficiente para os próximos três anos. Os dados científicos confirmam que o stock de sardinha está totalmente recuperado. O último cruzeiro realizado pelo Instituto Português …

Um ano e 20 mil assinaturas depois, Acordo Ortográfico regressa ao parlamento

Um projeto de lei de iniciativa de cidadãos, com 20.669 assinaturas, contra o Acordo Ortográfico (AO), começa esta quarta-feira a ser discutido no parlamento, mais de um ano depois de ter sido entregue. Na agenda de …

Em Inglaterra, 60 clubes podem falir até ao próximo ano

A pandemia de covid-19 pode levar à falência de cerca de 60 clubes dos escalões ingleses mais baixos. O aviso é feito por Phil Hodgkinson, dono do Huddersfield Town, equipa do Championship, a segunda divisão inglesa. "O …