PSD acusa Governo de baixar preços dos passes sem ter os transportes

José Sena Goulão / Lusa

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão

O PSD acusou hoje o Governo de apresentar a redução dos preços dos passes apenas para Lisboa e Porto e sem aumentar os transportes, com o primeiro-ministro a responder que os sociais-democratas são simplesmente contra esta prioridade.

No debate quinzenal na Assembleia da República, Fernando Negrão, líder parlamentar do PSD, questionou António Costa se foi “coincidência eleitoral” o Governo ter apresentado na segunda-feira, a meses de europeias e legislativas, o acordo com os municípios da Área Metropolitana de Lisboa para a redução dos passes sociais.

Negrão ainda acusou o executivo de esquecer as outras regiões do país onde não existem transportes públicos ou são incipientes. “O que tem a dizer a estes portugueses que pagarão o passe único das Áreas Metropolitanas sem terem direito a nada?”, questionou.

Na resposta, o primeiro-ministro reiterou que a redução tarifária é “um programa nacional” e que a verba aprovada no Orçamento do Estado foi distribuída pelas Comunidades Intermunicipais (CIM) e Áreas Metropolitanas (AM) de todo o país em função “do número de utentes, tempo e distância percorridos”.

“Querem é esconder a verdade, é que são contra esta política de redução do custo dos transportes públicos, por isso é que votaram contra ela no Orçamento do Estado. Por isso, é que dizem que é só para Lisboa, quando percebem que é para todo o país mudam a conversa. Um mínimo de rigor neste debate”, pediu António Costa.

Fernando Negrão respondeu pedindo “não o mínimo, mas um máximo de rigor na governação” e rejeitou que os sociais-democratas sejam contra a aposta nos transportes públicos.

“Nós somos a favor do passe único, mas é do verdadeiro, aquele que oferece, juntamente com o passe, os transportes para os portugueses usarem. Os senhores dão um documento aos portugueses, mas não os transportes para usarem no dia a dia”, criticou.

No debate, o líder parlamentar do PSD apontou números de cortes de comboios na CP por falta de manutenção — menos 3.322 no período 2017/2018 — e degradação no Metro, na Carris e nos transportes fluviais.

António Costa respondeu igualmente com números, dizendo que o atual Governo investiu cinco vezes mais nos transportes públicos do que o anterior executivo PSD/CDS-PP, tendo Fernando Negrão invocado a situação de pré-bancarrota vivida nesse período em Portugal.

O primeiro-ministro rejeitou igualmente o argumento de eleitoralismo apontado pelo líder da bancada do PSD, salientando que a medida de redução dos tarifários começou a ser trabalhada há um ano numa cimeira com as Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto.

“Esta medida não é uma coincidência, filia-se na prioridade definida desde a primeira hora por este Governo de promover o transporte público, para a redução de emissões de CO2 e mitigar as alterações climáticas”, afirmou, insistindo ser “errada” a ideia de que o programa não se aplica a todo o país.

Fernando Negrão questionou se o Governo poderia assegurar que haveria transportes públicos para “8,5 milhões de portugueses”, com António Costa a corrigi-lo “na aritmética”, dizendo que a garantia que deu é que 85% da população portuguesa (correspondente a 18 das 23 CIM) estará abrangida pela redução tarifária.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Estónia só tem um lingote de ouro e nem sequer o pode vender

O Banco Central da Estónia, que completou em maio 100 anos desde a sua função, só tem um lingote de ouro e nem sequer o pode vender, uma vez que o material não é puro …

Explosão atinge autocarro de turistas perto das Pirâmides de Gizé

Uma explosão atingiu um autocarro de turistas perto das célebres pirâmides de Gizé, no Egito, provocando 17 feridos, entre naturais do Egito e da África do Sul, noticia a agência France-Presse. Um engenho explosivo detonou à …

Alerta de erupção vulcânica. Monte Hakone fechado a turistas

As autoridades japonesas activaram este domingo o alerta por possível erupção vulcânica no monte Hakone, e fecharam todos os acessos à popular paisagem natural, que é visitada anualmente por milhões de turistas. A Agência Meteorológica do …

Vírus gigantes nas águas da Índia podem resolver mistério evolutivo

Uma equipa liderada por cientistas do Instituto Indiano de Tecnologia em Bombaim descobriu mais de 20 novos vírus nas águas da cidade, incluindo versões gigantes destes agentes biológicos que podem ajudar a desvendar questões importantes …

Sondagens dão maioria pró-UE no Parlamento Europeu (mas eurocéticos crescem)

As sondagens para o Parlamento Europeu apontam para uma maioria de partidos pró-União Europeia (UE), apesar de os partidos eurocéticos ganharem terreno em relação à composição que resultou das eleições de 2014. Entre os 751 assentos …

A ciência por detrás de um bom chocolate foi finalmente revelada

O melhor chocolate é uma mistura complexa de ciência e o truque não é novo: esta técnica de mistura tem mais de 140 anos. Uma equipa de cientistas da Universidade de Edimburgo, na Escócia, Reino Unido, …

Cristiano Ronaldo eleito o melhor da liga italiana

Cristiano Ronaldo foi o melhor jogador da Liga Italiana 2018/19. A distinção foi anunciada neste sábado, com a Série A a explicar que a escolha foi feita com base em cálculos dos sites Opta Sports, …

Europeias: PS quer fazer o mesmo na Europa, PSD lembra cataplana de Costa e BE pede para não ficar em casa

No dia em que ficou decidido quem seria o campeão nacional de futebol deste ano, a campanha eleitoral para as europeias abrandou, com os partidos a terminarem as iniciativas pelo final da tarde. O cabeça de …

Descobertas inscrições neolíticas com símbolos da realeza egípcia

Uma missão arqueológica do Ministério de Antiguidades de Egito descobriu perto da cidade de Assuão, no sul do país, as primeiras inscrições reais que remontam ao período neolítico. Este período começou há 12 mil anos e …

Já sabemos qual é o segredo para superar a inveja

De acordo com uma investigação recente, temos mais inveja da experiência de uma determinada pessoa antes de ter acontecido do que depois de já ter passado. O segredo está no tempo. Pesquisas anteriores mostraram que os …