Proteína BolA torna bactéria salmonela mais resistente

microbeworld / Flickr

Bactéria salmonela

Uma equipa de cientistas portugueses está a estudar a proteína BolA, de forma a tentar combater o facto de a salmonela ser um dos grandes problemas existentes na atualidade, já que esta bactéria pode contaminar a água e os alimentos e ser uma das principais causas de gastroenterites no mundo.

Ao estudarem larvas, a equipa – liderada por Cecília Arraiano, do Instituto de Tecnologia Química e Biológica da Universidade Nova de Lisboa – percebeu que a proteína BolA é necessária para que a salmonela viva dentro do hospedeiro e consiga multiplicar-se. Em suma, esta proteína deixa a bactéria salmonela mais resistente.

De acordo com o Público, antes de 2015, os cientistas notaram que quando tiravam a BolA da bactéria Escherichia coli, esta ficava mais sensível ao calor ou o pH, por exemplo.

Concluíram também, já em 2015, que a proteína ligava e desligava certos genes na Escherichia coli. “E, quando fizemos uma análise global, vimos que afetava os genes dos flagelos – apêndices que conferem mobilidade à bactéria”, explica a investigadora.

“Fazia também com que as bactérias não se movimentassem tanto e se agarrassem às superfícies por onde passavam, formando biofilmes – películas aderentes de uma comunidade bacteriana”, fazendo com que, assim, as bactérias se tornem mais resistentes.

No ano passado, a mesma equipa publicou um artigo científico na mBio no qual explicam que uma pequena molécula, que tem relação com a BolA, é importante para a formação do biofilme. Observaram que quando havia menos BolA, essa molécula existia em menor quantidade. No entanto, mesmo que essa molécula estivesse mais presente, o biofilme não se formava da mesma maneira sem BolA.

Agora, avança o Público, a equipa quis ver como esta proteína afeta a virulência da salmonela, fazendo um estudo em larvas (Galleria mellonella). O estudo, publicado na Applied and Environmental Microbiology, contou com a colaboração de Arsénio Fialho, do Instituto Superior Técnico de Lisboa.

Foi injetada nas larvas uma pequena concentração de salmonela e verificou-se que estas morriam em 24 horas e, injetando novamente mas sem salmonela, nada acontecia.

Deu-se então às larvas uma concentração com salmonela e sem BolA e estas ou não morriam ou sobreviviam mais. Por último, voltou a injetar-se o líquido com salmonela e sem BolA e, depois, com um método genético, conseguiu-se introduzir a BolA. Chegaram assim à conclusão que matava como a concentração com salmonelas.

“Concluímos que a presença de BolA é necessária para que a salmonela consiga sobreviver dentro do hospedeiro, multiplicar-se e matar as lagartas. A salmonela precisa dessa proteína para ficar resistente”, explica a cientista Cecília Arraiano.

Está provado que muitos genes deste modelo animal têm os mesmos efeitos em humanos. “A larva Galleria possui um sistema imunitário que simula o sistema imunitário inato dos humanos”, acrescenta Arsénio Fialho. “O modelo tem-se mostrado muito promissor para estudar respostas terapêuticas de fármacos às infeções microbianas”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica empresta Caio Lucas ao Al Sharjah

O Benfica anunciou, esta quinta-feira, o empréstimo do futebolista brasileiro ao Al Sharjah, clube dos Emirados Árabes Unidos, que é válido por um ano e meio. "O Sport Lisboa e Benfica formalizou com o Al Sharjah …

Morreu o general José Lemos Ferreira

O ex-chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA) morreu aos 90 anos, disse quinta-feira à agência Lusa uma fonte militar. Chefe do Estado-Maior da Força Aérea de 1977 a 1984, o general José Lemos Ferreira foi …

PJ afasta "intervenção de terceiros" na morte de diretor do EuroBic

O diretor nacional da PJ disse, esta quinta-feira, que os elementos recolhidos sobre a morte do diretor do private banking do EuroBic, arguido no caso Luanda Leaks, "apontam para que não haja intervenção de terceiros". Questionado …

Carlos Amaral Dias terá ficado retido na ambulância avariada durante uma hora

Os resultados de um inquérito aberto pelo INEM apontam para que Carlos Amaral Dias tenha ficado dentro de uma ambulância avariada durante uma hora. De acordo com o Jornal de Notícias, a equipa da ambulância dos …

Luanda Leaks. Mário Leite Silva renuncia à presidência do Banco de Fomento Angola

O presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento Angola (BFA), Mário Leite Silva, gestor de Isabel dos Santos, renunciou ao cargo, com efeitos a partir de 22 de janeiro. A informação foi transmitida …

Tempestade “Glória” faz pelo menos nove mortos em Espanha

Pelo menos nove pessoas morreram e outras quatro estão dadas como desaparecidas em Espanha na sequência da passagem da tempestade “Glória”, intempérie que atinge o país desde o passado fim de semana. As autoridades confirmaram cinco …

Há um "milagre da multiplicação" dos votos que os deputados querem travar

Todos os partidos concordam: é preciso travar o "milagre da multiplicação" dos votos na Assembleia da República. Estabelecer regras objetivas para o fazer é o mais complicado. Os deputados começaram esta quarta-feira a discutir como “regrar” …

Pensões entre 877 e 2600 euros têm aumento mínimo de 6,14 euros

Os pensionistas que ganham entre 877,6 e os 2558 euros brutos por mês vão ter aumentos acima dos 0,24% que inicialmente se calculou com base na taxa de inflação (sem habitação) apurada até novembro do …

PCP quer travar "ameaça de despejos" no final deste ano

O PCP entregou uma proposta de alteração ao Orçamento do estado para 2020 para manter congeladas as rendas antigas, quando os locatários tenham um rendimento inferior a cinco salários mínimos nacionais. O PCP quer manter congeladas …

CDS/Congresso: Carlos Meira disponível para acordo que vença João Almeida

Carlos Meira, candidato à liderança do CDS-PP, admite estar disponível para se unir a Filipe Lobo d'Ávila e Francisco Rodrigues dos Santos para vencer João Almeida e lutar "contra o sistema". Carlos Meira, militante de Viana …