Professor do Gana mostra que é possível ensinar informática sem um computador

Owura Kwadwo Hottish / Facebook

O professor do Gana partilhou uma fotografia nas redes sociais em que mostra a simulação de uma captura de ecrã do Microsoft Word feita com giz de várias cores num quadro. “Ensinar TIC numa escola do Gana é muito divertido”, garante.

Owura Kwadwo é um professor de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) numa escola em Kumasi, no Gana, disciplina que, à partida, precisa de ser lecionada com recurso a computadores. Porém, conta o El País, as únicas ferramentas que este docente dispõe são um quadro, giz e “muita imaginação”.

De acordo com a imagem partilhada por Kwadwo no Facebook, o resultado é um quadro com um grande desenho daquilo que seria uma captura de ecrã do Microsoft Word.

“Ensinar TIC numa escola do Gana é muito divertido. Informática no quadro. Adoro os meus alunos e, por isso, faço o que for preciso para que entendam o que estou a ensinar”, pode ler-se na descrição da fotografia.

“Cada professor tem a sua forma de apresentar a informação aos seus alunos. Esta é a minha”, explicou o professor ao site Bored Panda, citado pelo jornal espanhol. Kwadwo aproveitou a sua formação em Artes Visuais para criar esta simulação do Word.

“Pelo menos, os alunos ficam com uma ideia daquilo que vão ver quando estiverem à frente de um computador”, explica, acrescentando que todos “entendem tudo muito bem”.

A fotografia com milhares de partilhas abriu um debate no país perante a falta de recursos das escolas rurais. “Porque é que em 2018 ainda há escolas sem computadores?”.

Kwadwo acredita que o Governo está a tentar que as novas tecnologias cheguem a todos mas considera que este é um processo lento. “Precisamos de melhores equipas e infraestruturas, ajudas para os professores e para os estudantes e um Governo que tenha a Educação no seu coração”, explicou o professor ao mesmo site.

Entretanto, a publicação no Facebook gerou uma onda de solidariedade e várias pessoas já se disponibilizaram a oferecer computadores e projetores à escola onde Kwadwo leciona. Um desses casos, segundo o Observador, foi a própria Microsoft Africa.

Quanto aos outros donativos, e tendo em conta que “existem muitas escolas com os mesmos problemas”, o docente decidiu enviar-lhes parte das coisas que vier a receber.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Golo polémico de Bernardo Silva: "As pessoas deveriam conhecer as leis do futebol"

Rodri estava em posição irregular quando o seu companheiro de equipa colocou a bola na frente. Mas como houve interferência de um defesa na jogada... A explicação e o "recado" de Robbie Savage. O Manchester City …

Um megassatélite em órbita de Ceres daria "um ótimo lar" para seres humanos

Enquanto Elon Musk, CEO da SpaceX, olha para Marte, o físico e astrobiólogo Pekka Janhunen, do Instituto Meteorológico da Finlândia, está de olho no planeta anão Ceres. Seres humanos a viver noutros planetas do Sistema …

O vento solar é estranhamente atraído para o Pólo Norte (e não se sabe porquê)

Durante anos, os cientistas pensaram que o vento solar era igualmente atraído para os Polos Norte e Sul da Terra. No entanto, estudos recentes mostram que estas partículas parecem preferir o Norte - e não …

22 mil pessoas vão assistir (no estádio) ao Super Bowl

Um terço das pessoas presentes será composto por profissionais de saúde. Quatro equipas ainda na luta pelo título do campeonato principal de futebol americano. O dia 7 de fevereiro vai contar com uma "visão rara" nos …

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …