Procurador de Nova Iorque avança com processo contra Weinstein

O produtor Harvey Weinstein, que esteve por trás de filmes como como “Reservoir Dogs”, “Pulp Fiction” e “Malèna”.

O procurador-geral do estado de Nova Iorque, Eric Schneiderman, anunciou este domingo que apresentou uma ação judicial contra Harvey Weinstein, o seu irmão Robert e a Produtora Weinstein.

Eric Schneiderman, procurador-geral do estado de Nova Iorque, interpôs este domingo uma ação judicial contra Harvey Weinstein, o seu irmão Robert e a Produtora Weinstein por violação de direitos humanos, direitos civis e leis empresariais daquele estado, após uma investigação sobre conduta sexual inapropriada.

“A denúncia do procurador-geral garante que os executivos da empresa e da administração fracassaram reiteradamente em proteger os funcionários contra o assédio sexual, a intimidação e a discriminação do então presidente Harvey Weinstein”, indica a Procuradoria em comunicado.

A ação judicial apresentada no Supremo Tribunal de Nova Iorque alega que os irmãos Weinstein permitiram que este ambiente se perpetrasse entre 2005 até outubro de 2017. Este processo acontece no dia em que estava previsto ser consumada e finalizada a venda da sua produtora, de acordo com o The New York Times.

Um grupo de investidores liderado por Maria Contreras-Sweet, antiga funcionária do governo Obama, estava em negociações avançadas para comprar a The Weinstein Company, num volume de negócio a rondar os 408 milhões de euros. Segundo o jornal norte-americano, este encontrar-se-á suspenso.

“Todo o lucro da The Weinstein Company deve estar destinado à indemnização das vítimas, para que se proteja os funcionários daqui em diante; servindo também para que os responsáveis, nem aqueles os que permitiram tais atos, enriqueçam injustamente”, acrescenta Schneiderman no comunicado.

“Cada nova-iorquino tem o direito a um ambiente de trabalho livre do assédio sexual, de intimidação e medo”, pode ler-se. Após quatro meses de investigação, a Procuradoria entrevistou vários funcionários da empresa, executivos e as supostas vítimas, tendo também revisto arquivos da empresa e e-mails.

A ação dita que Weinstein ameaçava os seus empregados com frases como “vou te matar”, “vou matar a tua família” ou “sabes do que sou capaz“. O produtor também se vangloriava dos contactos políticos que tinha e assegurava ter ligações com os serviços secretos norte-americanos.

A pedido do produtor, a empresa empregou um grupo de mulheres cuja principal tarefa era acompanhá-lo em eventos e facilitar as suas conquistas sexuais. Outro grupo de funcionárias eram assistentes que tinham que criar espaço na sua agenda para atividades sexuais e adotar medidas para aumentar a sua vida sexual, através de contactos.

Um terceiro grupo, também quase todo ele 100% feminino, foi forçado a facilitar as conquistas sexuais de Weinstein, de acordo com a acusação, embora tenham sido contratadas para ajudar a empresa a produzir filmes e projetos de televisão.

Além disso, a denúncia revela também que os motoristas de Weinstein deviam de andar sempre com preservativos e preparados com material para dar injeções para a disfunção erétil.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da SATA

O antigo administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da transportadora aérea açoriana SATA, informou hoje o executivo regional. "O presidente do Governo [Regional], Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa o nome de Luís …

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …

É segredo de Estado e custou mais de 100 milhões. "Máquina do Fisco" analisa 600 mil facturas por hora

O sistema informático que sustenta a "máquina do Fisco" já custou ao Estado mais de 100 milhões de euros e é tão secreto que nem a localização física dos servidores que o sustentam é conhecida. …

Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou …

A nova fábrica da Tesla não vai ser no Reino Unido por causa do Brexit

O presidente executivo da Tesla admitiu que as incertezas à volta do Brexit tiveram peso na decisão de abrir a primeira fábrica da empresa na Europa antes em Berlim. A Tesla anunciou, esta terça-feira, que vai …

Esquerda chumba equiparação do comunismo ao nazismo

A resolução do Parlamento Europeu que condena em termos iguais o nazismo e o comunismo extremou esta sexta-feira as posições na Assembleia da República. A direita acusou a esquerda de ter duas medidas para avaliar as …

Mexia não vai deixar que chineses interfiram no plano estratégico da EDP

O presidente da EDP, António Mexia, garantiu que não vai deixar que nenhum acionista impeça o desenvolvimento do plano estratégico da empresa, deixando o aviso à China Three Gorges. Em entrevista concedida ao Jornal Económico, António …