Prisão perpétua para responsáveis por genocídio no Ruanda

FAPESP / ABr

-

A justiça francesa condenou esta quarta-feira dois cidadãos ruandeses a prisão perpétua por genocídio e crimes contra a humanidade no Ruanda, em 1994.

Dois ex-responsáveis camarários ruandeses foram hoje condenados a prisão perpétua por um tribunal francês pela sua participação no genocídio dos tutsi na sua povoação de Kabarondo, leste do Ruanda, em abril de 1994.

Depois de dois meses de um processo considerado “histórico” pelas partes e que decorreu no tribunal penal de Paris, Octavien Ngenzi, 58 anos, e Tito Barahira, 65 anos, foram considerados culpados de “crimes contra a humanidade” e “genocídio”, por “uma prática massiva e sistemática de execuções sumárias” em aplicação de um “plano concertado destinado à destruição” do grupo étnico tutsi.

Esta foi a segunda e a pena mais pesada em França relacionada com os massacres de 1994 no Ruanda, após a aplicada em 2014 ao ex-capitão do exército Pascal Simbikangwa, condenado a 25 anos de prisão por genocídio e cumplicidade de crime contra a humanidade.

Pelo menos 800 mil pessoas, na maioria pertencentes à minoria tutsi, foram mortas por todo o território do Ruanda após a morte do chefe de Estado hutu, Juvenal Habyarimana em 06 de abril de 1994, quando o seu avião privado foi abatido perto do aeroporto internacional de Kigali.

Mais de duas mil pessoas foram mortas num único dia em Kabarondo, centenas delas na igreja desta cidade onde tinham procurado refúgio.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo máximo diário com 218 mortes. Morre uma pessoa com covid-19 a cada 7 minutos

Portugal contabilizou esta terça-feira 218 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas, relacionados com a covid-19, e 10.455 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Quase metade das …

Ana Gomes teme que processos BES e Operação Marquês acabem como o dos submarinos

A candidata presidencial Ana Gomes disse ontem temer que processos como os do BES e da Operação Marquês terminem como o dos submarinos, em que considerou que se "trabalhou para a prescrição". Na conversa online que …

Recuperação só em 2022, disse Vestager. Leão quer aprovação rápida dos planos para a UE

A vice-presidente executiva da Comissão Europeia, Margrethe Vestager, afirmou que a recuperação europeia só será "sentida como tal" em 2022, mas que no outono já poderão ser visíveis alguns sinais, caso a vacinação contra a …

Marcelo aprova novas medidas e anuncia reunião com especialistas para discutir situação das escolas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assinou esta terça-feira o decreto do Governo que altera a regulamentação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19 e anunciou uma reunião com especialistas na …

Jerónimo na campanha de João Ferreira para homenagear os que "se levantaram contra o fascismo"

O candidato presidencial comunista contou com a presença do secretário-geral do PCP, esta segunda-feira, na Marinha Grande, que destacou a importância de lutar contra os atuais "traços de regressão democrática". Durante uma ação na Escola Secundária …

Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Waldschmidt infetados

Os futebolistas do Benfica Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Luca Waldschmidt são os mais recentes casos positivos ao novo coronavírus no plantel do Benfica, informou esta terça-feira o clube da Luz. “O Sport Lisboa e …

Hospital de Portalegre abre inquérito a morte de doente que esteve 3 horas em ambulância

O hospital de Portalegre vai abrir um inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um octogenário, na noite de segunda-feira, na área dedicada aos doentes respiratórios, depois de estar quase três horas numa ambulância, …

"Não somos heróis". Há quartéis que podem fechar se não houver vacinas para os bombeiros

O presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP), Fernando Curto, disse que se o número de bombeiros infetados com covid-19 continuar a este ritmo muitos quartéis podem ter de encerrar. "As carrinhas de transporte de …

Mayan ouve lesados da pandemia e diz que "limitações têm de vir acompanhadas do cheque"

Tiago Mayan Gonçalves ouviu as lamentações de uma série de empresários algarvios afetados pela pandemia. O candidato aponta o dedo ao Governo, argumentando que "limitações severas têm de vir acompanhadas do cheque". Esta segunda-feira, Tiago Mayan …

Itália: Da crise pandémica à crise política. Conte tem agora o voto de confiança dos deputados

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, obteve ontem a confiança dos deputados para se manter no governo, depois da demissão de duas ministras do partido Itália Viva (IV) ter aberto uma crise política, deixando o governante …