Principal causa de infertilidade masculina pode ter solução em 40% dos casos

SXC

-

Os homens que sofrem de Síndrome de Klinefelter, uma doença genética apontada como a principal causa de infertilidade no sexo masculino, podem ser pais biológicos.

Uma equipa de investigação do Departamento de Genética da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), liderada pelo geneticista Alberto Barros, avaliou 65 homens que sofrem de Síndrome de Klinefelter e que apresentavam um quadro de azoospermia (ausência de gâmetas no esperma) e, consequentemente, infertilidade.

No entanto, segundo os investigadores, apesar da ausência de espermatozoides no sémen, é possível encontrar gâmetas masculinos nos testículos destes homens. Na amostra avaliada, a equipa da FMUP recuperou espermatozoides em 40% dos pacientes, o que permitiu dar seguimento ao tratamento de infertilidade sem recorrer a um dador.

O resultado deste tratamento, sublinham os autores do estudo, foi o nascimento de “17 crianças saudáveis”.

“Esta é uma das maiores casuísticas mundiais que demonstra que apesar de o sémen colhido dos doentes não conter espermatozoides não significa que não haja produção testicular desses gâmetas. O facto de a torneira não deitar água não significa que ela não exista no fundo do poço”, explicou Alberto Barros.

De acordo com o investigador, “é necessário retirar vários fragmentos do testículo e, em laboratório, procurar espermatozoides de forma sistemática e insistente”.

Em 40% dos casos, encontram-se células sexuais masculinas aptas a fertilizar um óvulo. “Isto quer dizer que estes homens podem ser pais biológicos”, sustentou o especialista.

O geneticista referiu que “o risco de passar a síndrome aos filhos também é baixo. Sabemos que os homens com esta patologia não apresentam um risco aumentado de transmitir o seu problema genético aos descendentes”.

“Lamentavelmente, muitos médicos correlacionam esta doença com infertilidade irreversível”, disse.

Esta síndrome, identificada em 1942 por Klinefelter, é a causa mais frequente de infertilidade em indivíduos do sexo masculino. Estes doentes têm um cromossoma X adicional (XXY em vez de XY) e podem apresentar estatura elevada, algum desenvolvimento do tecido mamário e testículos pequenos.

Estima-se que um em cada 500 a 1000 recém-nascidos do sexo masculino sofra desta doença genética que, habitualmente, passa incógnita até à adolescência ou até à idade adulta, altura em que é diagnosticada na sequência da existência de problemas de fertilidade.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …

Voto prévio no Senado aponta para absolvição de Trump

Na terça-feira, 45 dos 50 republicanos no Senado votaram contra a continuidade do julgamento ao ex-Presidente Donald Trump, considerando inconstitucional que um chefe de Estado que já terminou o mandato seja julgado no Congresso. De acordo …

Estudo revela que um terço dos inquiridos foi vítima de violência doméstica pela primeira vez na pandemia

Quinze por cento dos inquiridos num estudo sobre violência doméstica em tempos de covid-19 reportou a ocorrência deste crime na sua casa e um terço das vítimas disse ter sido agredida pela primeira vez durante …

Portugal regista valor mais baixo de nascimentos desde 2015

Cerca de 85.500 bebés nasceram em Portugal em 2020, o valor mais baixo desde 2015, ano em que foram realizados 85.056 “testes do pezinho”, revelam dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge …

Polícia francesa acusada de usar critérios racistas em verificações de identidade

Seis organizações não-governamentais avançaram com um processo judicial contra a França por alegada discriminação racial por parte da polícia nas ações de verificação de identidade. As organizações, incluindo a Human Rights Watch e a Amnistia Internacional, …

Governo pondera alterar férias judiciais por causa da pandemia

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, pode alterar as férias judiciais por causa da pandemia, medida que consta do diploma de suspensão dos prazos nos tribunais que o Parlamento deverá aprovar na quinta-feira. Segundo noticiou …

João Ferreira "aguentou-se bem" e pode voltar a candidatar-se em Lisboa, diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa não exclui que João Ferreira venha a ser, novamente, candidato às eleições autárquicas de Lisboa. O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou, esta terça-feira, que a candidatura de João Ferreira “aguentou-se bem” …