/

Presidente do Instituto do Desporto terá tentado travar investigação a claques do Benfica

1

Zipp / Wikimedia

A Polícia Judiciária fez buscas no Estádio da Luz e nas instalações do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) por suspeitas de que o actual presidente desta entidade, Vítor Pataco, tentou bloquear investigações às claques do Benfica.

A informação é avançada pelo Jornal de Notícias (JN) que refere que as suspeitas começaram no Verão de 2018 e que envolvem processos ao Benfica sobre o apoio ilegal às suas claques.

Aquando da sua saída do IPDJ, o ex-presidente da entidade, Augusto Baganha, revelou alegadas pressões do secretário de Estado do Desporto e da Juventude, João Paulo Rebelo, sobre Pataco para favorecer o Benfica em processos de contra-ordenação envolvendo o apoio do clube às claques No Name Boys e Diabos Vermelhos, como aponta o JN.

Assim, as buscas realizadas no IPDJ e na Luz estarão focadas nestas suspeitas de favorecimento ao Benfica por parte de Vítor Pataco que foi director-geral da Benfica Multimédia.

As autoridades revelaram que as buscas no Estádio da Luz se deveram a suspeitas de crimes de participação económica em negócio ou recebimento indevido de vantagem, de corrupção desportiva activa e passiva, de fraude fiscal qualificada e de branqueamento de capitais.

  ZAP //

1 Comment

  1. Este tipo de gente deve ser destituído do cargo. É por causa deste tipo de gente que o mundo está no estado que esta – caótico. Só olham a dinheiro / poder não querem saber de nada nem de ninguém.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.