Presidente da Turquia diz à UE para “apenas se meterem nos seus assuntos”

unaoc / Flickr

O primeiro-ministro da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan.

O primeiro-ministro da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan.

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, criticou a “interferência” da União Europeia (UE), que no domingo criticou as detenções na Turquia de diversos jornalistas opositores ao seu regime.

“A União Europeia não pode interferir nas medidas tomadas (…) no quadro legal, contra elementos que ameaçam a nossa segurança nacional”, referiu Erdogan, em declarações transmitidas pela televisão esta segunda-feira. “Apenas devem meter-se nos seus assuntos“, acrescentou.

Em paralelo, a polícia turca prosseguiu hoje, entre fortes medidas de segurança, os interrogatórios de mais de 20 jornalistas com ligações ao movimento do pregador islamita Fethullah Gulen, detidos desde domingo sob a acusação de participação em “organização terrorista”.

Cerca de 500 manifestantes concentraram-se hoje frente à direção geral de segurança, onde decorrem os interrogatórios, aguardando a libertação dos detidos, numa operação dirigida contra 31 pessoas.

Segundo a agência noticiosa Anadolu, três dos 27 detidos – guionistas e produtores de uma popular série do canal Samanyolu – foram libertados esta manhã após interrogatórios.

Os detidos ocupam, na sua maioria, cargos de direção nos media visados, apesar de também terem sido detidos diversos polícias, todos com supostas ligações a Gulen.

“O dia negro da democracia”

As detenções de domingo assinalam uma nova etapa do conflito que opõe Erdogan à organização de Fetullah Gulen, designada “hizmet” (o serviço), desencadeado no final de 2013 e que implicou o fim da sua aliança com o Partido da Justiça do Desenvolvimento (AKP, no poder desde 2002) e liderado pelo atual chefe de Estado.

Apoiante incondicional do governo do AKP, e considerado muito influente na polícia e na justiça turcas, a confraria de Gulen entrou em rota de colisão com o executivo após a decisão de Erdogan, então ainda primeiro-ministro, de encerrar as escolas de apoio escolar privado, uma importante fonte de receitas do “hizmet”.

O movimento Gulen, até então o aliado mais forte de Erdogan e do AKP – e com influência nos meios judiciais, policiais e mediáticos – foi então acusado de formar um “Estado paralelo” e convertido no principal inimigo do governo.

Gulen vive exilado nos Estados Unidos desde 1999, quando foi acusado de tentar converter a República secular da Turquia, fundada em 1923, num Estado islâmico.

A sua rede é conhecida como um movimento religioso transnacional com atividades em diversos campos, incluindo saúde, educação e financiamento de meios de comunicação.

Ancara acusa agora o seu antigo aliado de atuar contra o governo em cooperação com a justiça e a polícia.

Os media favoráveis ao AKP congratularam-se hoje coma operação, enquanto outros a definiram como como ataque à liberdade de imprensa e à democracia.

O dia negro da democracia“, referia hoje em manchete do diário Zaman, cujo diretor, Ekrem Cumanli, é um dos detidos.

Os interrogatórios deverão ficar concluídos hoje, antes de a justiça decidir sobre a libertação ou detenção dos suspeitos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …

Memória ou glorificação? Discurso escrito à mão por Hitler vendido na Alemanha por 34.000 euros

Um discurso que o ditador Adolf Hitler escreveu em 1939 foi vendido em leilão, na semana passada, na Alemanha, por 34.000 euros, noticia a agência noticiosa AP. De acordo com a revista norte-americana Vice, que cita …