Portuguesa Tekever desenvolve tecnologia para melhorar comunicações por satélite

P. Carril / ESA

Conceito artístico de um satélite GSTB-V2/A da ESA em órbita

A multinacional portuguesa Tekever lidera um consórcio europeu que vai desenvolver um projecto para melhorar as comunicações entre satélites, e destes para a Terra, num investimento comunitário de um milhão de euros, informou um dos administradores.

O projecto, “Screen – Space Cognitive Radio for Electromagnetic Environment maNagement”, baseia-se numa tecnologia já usada em comunicações terrestres móveis, como os telemóveis – o SDR, Software Defined Radio – e incorpora uma outra, o Sistema de Rádio Cognitivo, suporte para o uso eficiente do espectro electromagnético, e já utilizada nos rádios de militares, no estrangeiro.

O “Screen”, a desenvolver num prazo de dois anos, permitirá “avançar na comunicação” entre satélites, e dos satélites para a Terra, “diminuindo as interferências”, ao socorrer-se de uma tecnologia que indica, automaticamente, “que frequências estão mais disponíveis, para as usar melhor”, disse à Lusa um dos administradores da Tekever, Ricardo Mendes.

O novo sistema de comunicação espacial custa um milhão de euros, verba totalmente suportada por fundos comunitários, ao abrigo do programa de incentivo à inovação Horizonte 2020.

Justificando a excepcionalidade do investimento, Ricardo Mendes referiu que o mercado espacial é conservador: “Testam-se poucas tecnologias no Espaço, dados os custos elevados”.

Do consórcio fazem parte, entre outros, o INESC Porto.

A Tekever, hoje uma multinacional com escritórios no Reino Unido, nos Estados Unidos, na China e no Brasil, foi fundada em 2001, em Lisboa, por ex-alunos do Instituto Superior Técnico.

Há vários anos, produz tecnologias para os mercados das Tecnologias da Informação, Aeronáutica, Espaço, Defesa e Segurança, contando na lista de clientes com a agência espacial europeia ESA e o centro chinês de engenharia para microssatélites, agregado à Academia de Ciências Chinesa.

Os aviões e sistemas não tripulados do grupo foram usados nas missões de patrulhamento da PSP, em Junho, em Lisboa, na final da Liga dos Campeões, e estão ao serviço da NATO no Kosovo.

No quadro comunitário anterior, 2007-2013, a multinacional coordenou e participou em cerca de 20 projectos, em parceria com universidades e centros de investigação científica internacionais.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Contra “radicalismos, xenofobias e intolerâncias”. Marcelo vai ser distinguido pela mais antiga universidade da Europa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, termina esta quarta-feira em Bolonha a sua visita de Estado a Itália, com um dia dedicado à educação, em que será distinguido pela mais antiga universidade da …

Trump recebe Erdogan na Casa Branca para primeiro encontro após ofensiva na Síria

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebe esta quarta-feira na Casa Branca o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, naquele que é o primeiro encontro após a ofensiva turca lançada a 9 de outubro …

O mistério daquilo que torna uma piada engraçada (mas só para algumas pessoas)

https://vimeo.com/372607767 Aquilo que torna uma piada engraçada poderá depender do contexto social e temporal. Cientistas ainda tentam perceber até que ponto o nosso cérebro pode ter influência neste processo. Acha engraçada esta piada da Suméria de 1900 …

Elon Musk explica como construir uma cidade sustentável em Marte

O CEO da Space X, o multimilionário Elon Musk, revelou na rede social Twitter detalhes sobre os planos da empresa para estabelecer um assentamento em Marte que seja sustentável para os seres humanos. No entender de …

Físicos já conseguem espreitar o gato de Schrödinger sem o matar

Pode haver uma forma de espreitar o gato de Schrödinger - a famosa experiência mental baseada em felinos que descreve o comportamento misterioso das partículas subatómicas - sem matar permanentemente o animal hipotético. O gato de …

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …