Câmaras do Porto, Lisboa e Coimbra suspendem pagamento dos parquímetros

innpictime / Flickr

A Câmara do Porto decidiu suspender o pagamento dos parquímetros a partir desta semana e enquanto existirem restrições à circulação. Também a Câmara de Lisboa adotou as mesmas medidas até final de fevereiro e a de Coimbra até final de março.

“A medida ajusta-se à entrada em vigor de novas restrições à circulação e ao encerramento de todos os estabelecimentos de ensino e atividades de tempos livres”, referiu a Câmara do Porto.

Liderado pelo independente Rui Moreira, o município explicou que a decisão teve por base o anúncio do Governo de encerrar escolas e serviços públicos, regressando o país ao modelo de confinamento geral de março de 2020.

A Câmara recordou que esta decisão “sucede apenas ao fim de cinco dias de suspensão do pagamento dos parquímetros na zona ocidental, onde a gestão municipal é direta e onde, neste momento, um conjunto de obras de repavimentação condicionam também a disponibilidade de lugares naquela zona”.

“A autarquia sublinha que mantém a preocupação, em primeira linha, de salvaguardar o estacionamento dos moradores (garantindo uma solução para quem já tenha submetido o pedido de avença ou visto o pedido negado por falta de quota disponível), mas dado que as circunstâncias do dever de confinamento também se alteraram, entende que as decisões tomadas também devem acompanhar essa evolução”, descreve.

O PS e PSD do Porto já haviam defendido o alargamento, a toda a cidade, da suspensão do pagamento de parquímetros durante o confinamento, mostrando-se ainda disponíveis para viabilizar um acordo com o concessionário.

Desde 2016 que a EPorto, uma das sociedades que integra o Grupo Empark, detém a concessão do estacionamento pago na via pública da cidade do Porto, tendo arrecadado entre 2016 e 2019, mais de 13 milhões de euros de receita para o município.

Câmara de Lisboa suspende pagamento até fim de fevereiro

O pagamento do estacionamento automóvel na via pública na cidade de Lisboa encontra-se suspenso a partir desta semana e até ao último dia de fevereiro de 2021, anunciou este domingo a Câmara Municipal de Lisboa.

Os residentes com dístico podem passar a estacionar gratuitamente em qualquer parque da EMEL. A autarquia adianta ainda que todos os dísticos de residentes ou comerciantes ativos até 15 de janeiro, e que entretanto caducavam, terão a sua data de validade prolongada até ao dia 31 de março de 2021.

De acordo com o Observador, Lisboa já tinha travado o pagamento de estacionamento na rua no último confinamento, que decorreu em março.

A Câmara diz que os fiscais da EMEL vão continuar a salvaguardar a qualidade do espaço público e a mobilidade dos peões, fiscalizando o cumprimento do código da estrada, nomeadamente no que diz respeito ao estacionamento no passeio ou na passadeira.

Câmara de Coimbra suspende pagamento até março

A Câmara de Coimbra vai também suspender o pagamento de estacionamento automóvel na via pública a partir desta terça-feira e até ao final de março.

A suspensão do pagamento de estacionamento será “reavaliada no final de março”, afirmou a Câmara de Coimbra, em nota de imprensa enviada à agência Lusa esta segunda-feira.

Devido às medidas de contingência da pandemia, designadamente a suspensão da atividade das escolas, os Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) reduziram a sua oferta, explicou.

“Apesar de esta redução ter tido em consideração as pessoas que continuam a trabalhar e a oferta para locais de maiores deslocações, como os hospitais, a Câmara de Coimbra entendeu suspender a partir de amanhã [terça-feira] o pagamento do estacionamento na via pública ao ar livre”, salientou o município.

Esta é “uma medida de apoio para aqueles que continuam a trabalhar e viram a oferta de transportes públicos ser reduzida nesta fase em que a procura é menor, apesar de mantida a oferta para os locais de maiores deslocações”, afirmou o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, citado no comunicado.

Segundo a autarquia, a Polícia Municipal vai continuar a “fiscalizar o cumprimento do código da estrada e a salvaguardar a qualidade do espaço público e a mobilidade das pessoas, nomeadamente no que diz respeito ao estacionamento indevido nos passeios, nas paragens de autocarros ou nas passadeiras”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Prosecco ou prošek? A batalha da UE entre Itália e Croácia por causa de vinho

Prosecco é provavelmente o vinho italiano mais famoso, mas por trás da efervescência deste néctar, a Itália está numa grande disputa sobre se a Croácia pode vender um vinho de sobremesa com o nome de …

China vai limitar abortos. E nada tem a ver com saúde

A China vai reduzir o número de abortos realizados por motivos que não estejam relacionados com a saúde, anunciou o governo esta segunda-feira, avançando que serão também criadas medidas para evitar a gravidez indesejada. As autoridades …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …