Três policias franceses suspensos por espancarem produtor de música negro

(dr) Hafida El Ali

Michel foi agredido pela polícia francesa

Três policias franceses foram suspensos esta semana, depois de terem sido filmados a espancar um produtor de música, no seu estúdio em Paris. As autoridades francesas já estão a investigar o caso, disse o ministro do Interior.

Depois da divulgação de imagens das câmaras de vigilância, que mostram o espancamento de um homem negro por parte da polícia, as autoridades francesas estão a investigar o caso – que é já não é o primeiro numa semana.

A vítima, Michel (cujo último nome não foi revelado), contou à imprensa local esta quinta-feira que foi atacado pela polícia perto do seu estúdio de música em Paris a 21 de Novembro.

O produtor de música explicou que estava a andar na rua sem máscara – violando uma das regras para conter a pandemia de covid-19 – e que entrou no estúdio assim que viu a polícia, para evitar ser multado. No entanto, os agentes seguiram-no para dentro do estúdio e atacaram-no, disse.

“Antes de ouvir uma palavra, senti uma mão a empurrar-me ou a puxar-me, não sei bem. Não sabia o que estava a acontecer.”, contou Michel, que é o diretor da Black Gold Corp Studios, citado pelo jornal The Guardian.

No vídeo, que não tem som, Michel é visto a debater-se com três polícias – dois de uniforme, um à civil – na apertada entrada do edifício durante vários minutos. Michel disse que lutou com os homens por não ter a certeza se seriam ou não polícias.

Depois de gritar por socorro, os colegas de outro andar ajudaram-no a empurrar os três policias para fora da porta, mas os agentes partiram uma janela e atiraram uma lata de gás lacrimogéneo para dento do edifício.

“Eu estava com medo. Achei que fosse o meu último dia… Continuei a dizer: ‘Não fiz nada’ e eles gritaram para eu me deitar no chão”, contou Michel.

Já fora do edifício, os policias continuaram a espancar o produtor, até que “alguém gritou, ‘câmara, câmara’. Alguém estava a filmar de uma janela. E assim que a polícia se apercebeu, parou de nos agredir”, disse uma das vítimas.

As ações dos policias tinham, no entanto, sido capturadas por uma câmara de vigilância dentro do estúdio do produtor.

“Tive a sorte, ao contrário de muitas outras pessoas, de ter um vídeo que me protege”, afirmou Michel.

Numa entrevista à France 2, o ministro do Interior, Gerald Darmanin, disse que os agentes seriam sancionados se o delito for confirmado. “Quando as pessoas ultrapassam os limites, devem deixar de vestir o uniforme da República, devem ser sancionadas e devem ser punidas pelo sistema judicial”, afirmou.

Além disso, Darmanin disse que uma investigação interna se encontra em andamento por acusações de “violência por parte de agente público” e “declarações falsas”.

A advogada de Michel, Hafida El Ali, disse à AFP que o seu cliente esteve detido durante 48 horas com base em “mentiras da polícia que o atacou de forma ultrajante”.

Michel, que sofreu vários ferimentos no rosto e no corpo, incluindo um ferimento na cabeça que exigiu pontos, disse à Loopsider que ainda estava em choque: “Se não fosse pela câmara, estaria preso”.

“O que é que eles queriam? Se quisessem verificar os meus documentos [de identidade], poderiam apenas ter pedido. Recuso-me a acreditar que qualquer policia possa concordar com tipos como estes”, disse.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …

Oposição critica Governo de El Salvador por usar a covid-19 para limitar manifestações

Na quarta-feira, a Assembleia Legislativa de El Salvador aprovou um decreto que proíbe reuniões públicas e privadas que não estejam relacionadas com as artes, cultura ou desporto até 8 de dezembro. Segundo a Vice, apesar de …