Plano de Macron para reprodução assistida para solteiras e lésbicas divide franceses

Um projeto do governo Macron para legalizar a reprodução assistida para mulheres solteiras e lésbicas está a dividir a classe política e a sociedade francesa.

A reprodução assistida para todas as mulheres, antiga reivindicação de ONGs que atuam na defesa dos direitos dos homossexuais, é uma promessa da campanha do presidente Emmanuel Macron. A medida faz parte do projeto de lei sobre a bioética de 2011. O texto deve ser apresentado pelo governo no final de novembro.

O tema tem provocado debates sobre a falta da figura paterna na formação de uma família e a eventual “mercantilização da procriação” no país.

Atualmente, em França, apenas casais heterossexuais com problemas de fertilidade comprovados clinicamente têm direito à reprodução assistida, que pode ser realizada por meio de inseminação artificial ou fecundação in vitro.

O governo já recebeu luz verde do Comité Consultivo Nacional de Ética, que avaliou num estudo que a autorização da reprodução assistida a todas as mulheres permitirá “remediar um sofrimento”.

O comité realçar, no entanto, falta de acordo entre os seus membros em relação às consequências, para uma criança, “da institucionalização da ausência do pai na diversidade da sua construção psíquica”.

As despesas com a reprodução assistida são financiadas pela Segurança Social francesa. O projeto de lei deverá estender este direito a todas as mulheres que recorrerem à técnica.

Atualmente, inúmeras francesas homossexuais ou solteiras realizam os procedimentos de reprodução assistida no estrangeiro. Segundo estimativas do Conselho Nacional Consultivo de Ética, entre 2 e 3 mil mulheres francesas já teriam recorrido a uma inseminação artificial fora do país.

Para os defensores da mudança da lei, a sociedade evoluiu e as famílias também são cada vez mais diversas. O casamento gay entrou em vigor no país em 2013, garantindo a estes casais o direito de adotar crianças.

A ampliação da reprodução assistida seria uma maneira de permitir a igualdade de direitos, já que nem todas as mulheres têm condições financeiras para gastar milhares de euros no procedimento médico no exterior.

A extensão da reprodução assistida a todas as mulheres também foi uma promessa do ex-presidente François Hollande, que no entanto abandonou a ideia devido aos protestos nas ruas contra o casamento gay.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Vespa asiática está a propagar-se pelo centro do país

A vespa asiática, ou vespa velutina, uma espécie invasora predadora das abelhas, está a propagar-se pela região centro do país, com ninhos identificados em todo o norte do distrito de Santarém, disse hoje à Lusa …

Já há mais de mil desaparecidos nos incêndios da Califórnia

As autoridades dos Estados Unidos informaram nesta sexta-feira que o número de desaparecidos no gigantesco incêndio que queima há mais de uma semana no norte da Califórnia já superam o milhar. Em conferência de imprensa, o …

As orcas partilham traços de personalidade com humanos e chimpanzés

As orcas exibem características de personalidade semelhantes aos humanos e chimpanzés, como a brincadeira, a alegria e o afeto, de acordo com uma nova investigação divulgada pela Associação Americana de Psicologia (AAP). Investigadores em Espanha analisaram …

Manifestante morre atropelada por mãe desesperada em bloqueio dos “coletes amarelos” em França

Uma manifestante dos “coletes amarelos” morreu em Sabóia, sudeste de França, atropelada por uma condutora em pânico, disse este sábado o ministro do Interior francês, Christophe Castaner. A condutora, que levava a filha ao médico, teve …

A César o que é de César. Costa fica a saber quem manda nos deputados do PS

António Costa está "muito satisfeito" com a liberdade de voto concedida pelo líder da bancada parlamentar do PS, Carlos César, aos deputados na proposta do Governo sobre o IVA da tauromaquia. Mas o mal-estar entre …

Distracção de professora provoca lesões em 40 crianças na China

A distracção de uma professora que se esqueceu de apagar uma luz ultravioleta numa escola de Tianjin, perto de Pequim, causou ferimentos e queimaduras em mais de 40 crianças, informou esta sexta-feira a imprensa local. Os …

A Terra está a comer os seus próprios oceanos

À medida que as placas tectónicas da Terra mergulham umas nas outras, arrastam 3 vezes mais água para o interior do planeta do que se pensava. Estes são os resultados de um novo artigo publicado a …

Portugal sob risco de "chuvas de lama"

Portugal corre neste sábado o risco de chuvas de lama, segundo a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que avisa também para a fraca qualidade do ar durante o fim-de-semana. A APA prevê que as regiões de …

CIA concluiu que príncipe saudita ordenou morte de Jamal Khashoggi

O jornal Washington Post noticiou na sexta-feira que a Agência Central de Informações, CIA, concluiu que o príncipe herdeiro saudita ordenou o homicídio do jornalista Jamal Khashoggi em Istambul, citando fontes anónimas. A informação veiculada pelo …

Novas imagens mostram momentos de terror em Alcochete

Foram divulgadas novas imagens captadas pelo sistema de video-vigilância da Academia do Sporting, em Alcochete, que revelam como decorreu a invasão de 15 de Maio de 2018, que culminou com a agressão de jogadores e equipa …