Plano de Macron para reprodução assistida para solteiras e lésbicas divide franceses

Um projeto do governo Macron para legalizar a reprodução assistida para mulheres solteiras e lésbicas está a dividir a classe política e a sociedade francesa.

A reprodução assistida para todas as mulheres, antiga reivindicação de ONGs que atuam na defesa dos direitos dos homossexuais, é uma promessa da campanha do presidente Emmanuel Macron. A medida faz parte do projeto de lei sobre a bioética de 2011. O texto deve ser apresentado pelo governo no final de novembro.

O tema tem provocado debates sobre a falta da figura paterna na formação de uma família e a eventual “mercantilização da procriação” no país.

Atualmente, em França, apenas casais heterossexuais com problemas de fertilidade comprovados clinicamente têm direito à reprodução assistida, que pode ser realizada por meio de inseminação artificial ou fecundação in vitro.

O governo já recebeu luz verde do Comité Consultivo Nacional de Ética, que avaliou num estudo que a autorização da reprodução assistida a todas as mulheres permitirá “remediar um sofrimento”.

O comité realçar, no entanto, falta de acordo entre os seus membros em relação às consequências, para uma criança, “da institucionalização da ausência do pai na diversidade da sua construção psíquica”.

As despesas com a reprodução assistida são financiadas pela Segurança Social francesa. O projeto de lei deverá estender este direito a todas as mulheres que recorrerem à técnica.

Atualmente, inúmeras francesas homossexuais ou solteiras realizam os procedimentos de reprodução assistida no estrangeiro. Segundo estimativas do Conselho Nacional Consultivo de Ética, entre 2 e 3 mil mulheres francesas já teriam recorrido a uma inseminação artificial fora do país.

Para os defensores da mudança da lei, a sociedade evoluiu e as famílias também são cada vez mais diversas. O casamento gay entrou em vigor no país em 2013, garantindo a estes casais o direito de adotar crianças.

A ampliação da reprodução assistida seria uma maneira de permitir a igualdade de direitos, já que nem todas as mulheres têm condições financeiras para gastar milhares de euros no procedimento médico no exterior.

A extensão da reprodução assistida a todas as mulheres também foi uma promessa do ex-presidente François Hollande, que no entanto abandonou a ideia devido aos protestos nas ruas contra o casamento gay.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Operação Marquês. Carlos Santos Silva e Sócrates começam a atacar a acusação

O ataque de duas das principais figuras envolvidas na Operação Marquês à acusação do Ministério Público começa nesta segunda-feira e vai prolongar-se por toda a semana. Carlos Santos Silva, esta segunda-feira, e José Sócrates, entre quarta …

ASAE encontra carne estragada e falsificada em talhos portugueses

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detetou carne estragada, falsificada ou abatida de forma clandestina à venda em talhos nacionais, avançou o Jornal de Notícias (JN). A notícia do JN, citada pelo Público …

Detidos dois suspeitos do ataque em Lyon

A polícia francesa deteve dois suspeitos de envolvimento na explosão no centro de Lyon que feriu 13 pessoas na sexta-feira passada, disse esta segunda-feira a Procuradoria de Paris. Anteriormente, o ministro do Interior, Christophe Castaner, anunciava, …

Isabel dos Santos diz que tem pagamento à CGD "em dia"

A filha do ex-presidente de Angola usou o Twitter para garantir que tem todos os pagamentos do empréstimo de 125 milhões de euros concedido pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) em 2009 “em dia”. A reacção, …

Há cinco concelhos com risco máximo de incêndio

Esta segunda-feira, o dia vai ser quente. A subida das temperaturas para os próximos dias aumenta o risco máximo de incêndio em Faro, Portalegre, Santarém e Castelo Branco. Cinco concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Santarém …

Donald Trump é o primeiro governante estrangeiro a ser recebido pelo novo imperador do Japão

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, tornou-se no primeiro governante estrangeiro a ser recebido pelo novo imperador do Japão, Naruhito, que subiu ao trono a 01 de maio após a abdicação do pai, …

Antropólogos descobriram quando é que os humanos aprenderam a cozinhar

O hidratos de carbono amido ainda é um elemento pouco compreendido da dieta humana moderna e a nossa dieta de amido do passado pode dar uma ajuda nas investigações futuras. Apesar de uma narrativa arqueológica que …

Tsipras anuncia eleições antecipadas após derrota pesada nas europeias

O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras anunciou este domingo que vai apelar à realização de eleições legislativas antecipadas “imediatamente” após a segunda volta das municipais, em 2 de junho, após os maus resultados obtidos pelo Syriza …

ADSE perdeu 1807 prestadores privados em 2018

Em 2018, o número de prestadores de saúde procurados pelos beneficiários da ADSE no regime livre ou com convenção com o subsistema de saúde dos funcionários públicos diminuiu. Ao todo, a este subsistema de saúde …

Civilizações avançadas podem estar a comunicar através de feixes de neutrinos

Uma nova investigação, liderada pelo cientista Albert Jackson, sugere que civilizações avançadas no Universo podem ser capazes de se comunicar através de feixes de neutrinos que seriam transmitidos por constelações de satélites localizadas em torno de …