Plataforma europeia vai detetar atividades terroristas na deep web

O Serviço de Polícia da Irlanda do Norte está a realizar um projeto que vai permitir encontrar conteúdos da Internet que se encontram na designada “deep web”, um desafio para as autoridades devido à sua inacessibilidade.

O projeto Recuperação e Análise de Conteúdos Online Heterogéneos para Reconhecimento da Atividade Terrorista (TENSOR) começou no início de setembro e conta com um orçamento de perto de cinco milhões de euros.

A plataforma está a ser criada pela Universidade Pompeu Fabra, em Barcelona, e pelo Departamento do Interior de Catalunha.

Segundo a universidade, a polícia enfrenta o duplo desafio de terem de extrair conteúdos significativos de enormes quantidades de dados online e de identificar conteúdos que possam contribuir para o avanço e a radicalização da atividade de grupos terroristas.

O principal objetivo do TENSOR é permitir a utilização de uma plataforma inteligente para a deteção precoce de atividades terroristas, radicalização e recrutamento de pessoas para o terrorismo organizado – conteúdos que escapam aos motores de busca tradicionais.

A plataforma integra um conjunto de ferramentas automáticas e semiautomáticas de busca na Internet e extração de informação multimédia, bem como de categorização, filtragem e análise dos conteúdos.

O consórcio do projeto reúne centros de investigação, empresas do setor e juristas de sete países europeus.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Principal assessor do Presidente ucraniano vítima de tentativa de assassinato

Serhiy Shefir, principal assessor do Presidente da Ucrânia, foi alvo de uma tentativa de assassinato esta quarta-feira. O carro onde seguia Serhiy Shefir foi "atingido por mais de dez balas", disse a polícia ucraniana, citada …

Koeman apareceu na conferência de imprensa, leu um comunicado e saiu

Treinador do Barcelona, com "cara de poucos amigos", não conversou com os jornalistas. Mas avisou: seria um "êxito" ficar nos lugares cimeiros do campeonato. Não é inédito mas é muito pouco usual: Ronald Koeman apareceu numa conferência …

Oito mortes e 891 casos de covid-19. Internamentos e incidência continuam a descer

Portugal registou, esta terça-feira, 891 novos casos e oito mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

A máscara de Marcos Rojo deixou uma criança a chorar

Imagem impressionante, na véspera de um jogo do Boca Juniors. Adaptando a ideia da publicação que será reproduzida mais abaixo, o futebol não é só uma bola a circular num relvado entre 22 jogadores. O futebol …

Erupção do vulcão nas Canárias pode durar até 84 dias

A erupção vulcânica de Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma pode durar entre 24 e 84 dias, com uma média geométrica de cerca de 55 dias, segundo cálculos do Instituto Vulcanológico das Ilhas …

PCP insiste que Governo vá “mais longe” e baixe o preço da energia

O PCP insistiu esta terça-feira que o Governo não se deve ficar pelo “não aumento” dos preços da energia, mas sim ir “mais longe”, intervindo para baixar estes valores, apontando que o executivo tem instrumentos …

Amnistia Internacional acusa farmacêuticas de recusar aumento da oferta de vacinas

Quando faltam 100 dias para o fim de 2021, a organização não governamental apela às farmacêuticas que forneçam dois mil milhões de vacinas a 82 países com rendimento baixos e médio-baixos, no sentido de se …

Lituânia avisa cidadãos para não comprarem telemóveis chineses devido à censura dos dispositivos

A tensão continua a aumentar entre a Lituânia e a China. O país europeu está agora a recomendar aos cidadãos que não comprem telemóveis chineses porque os dispositivos censuram alguns termos. O Ministério da Defesa da …

Talibã nomeiam enviado afegão para a ONU - e pedem para falar com líderes mundiais

Os talibã pediram para falar com os líderes na Assembleia Geral das Nações Unidas, a acontecer esta semana em Nova Iorque, e nomearam o seu porta-voz, Suhail Shaheen, a viver em Doha, como embaixador na …

"Erros" no currículo. Raquel Varela perdeu "apoio" para bolsa de 4 mil euros e leva caso a tribunal

A investigadora Raquel Varela está envolvida numa polémica depois de ter perdido o apoio do Instituto de História Contemporânea, no âmbito de um concurso a fundos públicos, devido a alegados "erros" no currículo. A notícia …