Pinturas destruídas de Gustav Klimt foram reconstruídas com recurso a Inteligência Artificial

Google Arts and Culture

Pinturas de Gustav Klimt

O pintor austríaco Gustav Klimt criou algumas das suas obras mais conhecidas durante a chamada Fase Dourada – que se manteve viva durante a primeira década do século XX.

Durante o seu período mais inspirador, o artista produziu obras como o “Retrato de Adele Bloch-Bauer I” (1907) – que representa uma mulher elegante que veste um vestido geométrico e se encontra rodeada por um mar de ouro, ou “O Beijo” (1908) – que retrata uma cena sensual, onde dois amantes apaixonados se abraçam num campo de flores.

Contudo, apesar da sua singularidade, nem todas as obras do austríaco sobreviveram intactas até aos dias de hoje. Os assaltos nazis durante a Segunda Guerra Mundial levaram à destruição de valiosas pinturas de Klimt.

Alguns dos quadros que acabaram por ficar destruídos foram as “Pinturas da Faculdade” que representavam, escreve a Smithsonian Magazine, três cenas alegóricas intituladas “Filosofia, Medicina e Jurisprudência”. As obras foram criadas para a Universidade de Viena, mas posteriormente foram rejeitadas por serem excessivamente críticas em relação à ciência.

Em 1945, poucos dias antes do fim da Segunda Guerra Mundial, as pinturas acabaram por ficar destruídas num incêndio no Castelo de Immendorf, na Áustria.

Agora, uma equipa de historiadores de arte teve interesse em analisar as pinturas de uma forma diferente: não usando apenas as fotografias disponíveis a preto e branco, mas através da tecnologia.

Os especialistas restauraram as pinturas históricas com aproximações das suas cores originais, oferecendo a quem as observa, uma noção mais real de como as obras de Klimt se pareciam antes de serem destruídas pelo fogo.

Para criar as imagens, o Google Arts and Culture e o Museu Belvedere em Viena desenvolveram uma ferramenta que recolheu informações sobre o uso de cores por Klimt de fontes distintas.

De acordo com a ART News, o conjunto de dados incluiu descrições jornalísticas contemporâneas das pinturas, um milhão de fotos e 80 reproduções coloridas de pinturas de Klimt do mesmo período.

Emil Wallner, engenheiro da Google, esteve quase seis meses a codificar o algoritmo de Inteligência Artificial para criar previsões de cores.

Em comunicado, Franz Smola, curador do Museu Belvedere, refere que: “o resultado foi surpreendente porque fomos capazes de colorir [as obras de Klimt] mesmo em sítios onde não tínhamos conhecimento. Com a ajuda da tecnologia, temos boas suposições de que Klimt usou certas cores”.

Atualmente, os amantes da arte podem explorar estas recreações através de uma nova galeria do Google Arts & Culture que traz uma retrospetiva do pintor Gustav Klimt, sendo que o acesso pode ser obtido no browser ou na aplicação do projeto da Google.

As pinturas reconstruídas são combinadas com uma exposição virtual, “Klimt vs. Klimt: O Homem das Contradições”, que explora a vida idiossincrática e o legado do pintor.

A retrospetiva reúne mais de 120 das obras-primas mais famosas do artista, bem como obras menos conhecidas, e reúne uma seleção habilmente curada numa realidade aumentada imersiva e 3D Pocket Gallery.

  Ana Isabel Moura, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Cogumelos laminados

O consumo de cogumelos pode diminuir o risco de depressão

Além de reduzirem o risco de cancro e morte prematura, os cogumelos podem beneficiar a saúde mental de uma pessoa. Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina de Penn State, nos Estados Unidos, analisou dados …

Os hipopótamos de Pablo Escobar começaram a ser esterilizados

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do indesejado legado deixado na Colômbia pelo traficante de droga Pablo Escobar, está a ser esterilizado. Quando o Cartel de Medellín estava no seu auge, Pablo Escobar gastou parte …

Ian Brackenbury Channell, o "feiticeiro de Christchurch"

Duas décadas depois, uma cidade neozelandesa decidiu despedir o seu feiticeiro

Vinte e três anos depois, a autarquia de Christchurch, na Nova Zelândia, decidiu despedir Ian Brackenbury Channell, o famoso feiticeiro da cidade. Desde 1998 que Ian Brackenbury Channell era o "feiticeiro de Christchurch", sendo responsável por …

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …