Rixa em concerto de Anselmo Ralph em Cascais faz pelo menos 3 feridos

RTP

-

Anselmo Ralph mandou parar a música e chamou a polícia

O concerto de Anselmo Ralph, que esta noite encerrou as Festas do Mar na Praia dos Pescadores, em Cascais, teve de ser interrompido durante cerca de 15 minutos na sequência de incidentes que resultaram em pelo menos três feridos, mas “não há registo de agressões”.

O concerto estava já na última música, quando Anselmo Ralph pediu à banda para parar e chamou a polícia ao local, recusando-se a cantar enquanto a polícia não chegasse.

Uma fonte policial disse à Lusa não poder adiantar as causas dos ferimentos registados em “pelo menos três pessoas”, afirmando apenas que houve “uma grande enchente, com quase cem mil pessoas”.

Anselmo Ralph tinha apelado no início do concerto a que tudo acontecesse dentro da normalidade, depois de ter sido avisado de que um meet teria sido convocado para o evento. Os comerciantes da zona terão igualmente sido alertados para “um meet em Cascais às 22h”.

A PSP, que fez chegar ao local uma Unidade Especial de Polícia, terá “levado muito a sério a ocorrência do meet” – um encontro de centenas de jovens marcados através das redes sociais como o que teve lugar com 600 jovens no Parque das Nações na passada quarta-feira.

Três detidos foram levados para a esquadra, quando o dispositivo policial já procedia à dispersão das pessoas que ainda se mantinham no local após o final da festa. “Ele foi apanhado no meio da confusão e levado”, lamentava, à porta da esquadra, o amigo de um dos detidos, que não se quis identificar e disse apenas ser da zona de Lisboa.

Segundo uma fonte policial, para além das detenções, a PSP procedeu à identificação de outros cinco indivíduos, na sequência dos distúrbios, e recebeu inúmeras queixas por roubos, nomeadamente de telemóveis.

Houve pelo menos três feridos, dois dos quais terão sido transportados de ambulância para o hospital de Cascais. Segundo fonte da PSP, citando testemunhas no local, entre as pessoas com ferimentos, o “mais preocupante”, parece ter sido provocado por uma arma branca, e até às 11h desta segunda-feira permanecia internado.

 

Incidentes foram “situação pontual”

O presidente da Câmara Municipal de Cascais disse que os incidentes que marcaram o concerto de Anselmo Ralph na vila foram “uma situação pontual”, originada por uma rixa entre dois indivíduos.

De acordo com Carlos Carreiras, dos incidentes resultaram dois feridos, transportados para o Hospital de Cascais.

“Foi uma situação pontual ao fim de dez dias de muita animação e alegria”, explicou o presidente da autarquia, em declarações aos jornalistas após os incidentes que marcaram o encerramento das Festas do Mar.

“Gostaria de agradecer ao Anselmo [Ralph] a postura que teve em palco e que foi determinante para que a situação não atingisse outras proporções”, afirmou.

O autarca de Cascais precisou que a confusão teve origem numa rixa entre dois indivíduos e recusou que se tenha tratado de uma situação de grupos organizados.

Carlos Carreiras considerou que os distúrbios resultaram de “uma situação empolada” pelas notícias dos últimos dias, que davam conta da preparação de grupos através das redes sociais para assistir ao concerto de Anselmo Ralph.

O autarca notou que a zona onde decorreram os espetáculos, entre a praia e o Hotel Baía, tem uma capacidade para cerca de 50 mil pessoas e que as medidas de segurança foram as consideradas adequadas pelas autoridades policiais.

O cantor Anselmo Ralph também minimizou os incidentes: “Vi muita gente a curtir, a festejar”, afirmou aos jornalistas.

No entanto, o cantor disse que se apercebeu de “brigas” junto ao palco e que tentou acalmar as pessoas porque se encontravam a assistir ao espetáculo muitas crianças, justificando o pedido de interrupção e o apelo à intervenção da polícia.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Britânicos precisarão de documento de identificação com fotografia para votar

Nas próximas eleições para o Parlamento britânico, daqui a três anos, só poderão votar eleitores que possuam documento de identificação com fotografia, medida que visa diminuir a fraude eleitoral e que deverá ser anunciada na …

Em 2018, a PJ estava "na penúria" e a "ponto de encerrar"

Com recados ao Governo, a Directora Nacional Adjunta da Polícia Judiciária (PJ), Luísa Proença, lamenta o desinvestimento que tem sido feito pelo poder político na força de autoridade e revela que em 2018, quando chegou …

José Seguro acusa líderes europeus de "matar lentamente" a Europa

O antigo líder socialista António José Seguro defendeu no domingo que a ambiguidade dos líderes políticos e a morosidade dos processos de decisão nas instituições da União Europeia (UE) estão "a matar, lentamente, a Europa". O …

Marcelo não se pronuncia sobre pedidos de demissão de Cabrita

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recusou pronunciar-se sobre os pedidos de demissão de Eduardo Cabrita. Marcelo Rebelo de Sousa entende que os pedidos de demissão de ministros são "típicos da luta político-partidária" e …

TAP vai pedir a insolvência da Groundforce

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, disse esta segunda-feira aos representantes dos trabalhadores que a TAP vai avançar com um pedido de insolvência da Groundforce. A TAP anunciou esta segunda-feira que vai avançar, ainda hoje, com …

Ida de Luís Filipe Vieira para o Benfica "foi um pedido de várias instituições financeiras"

Luís Filipe Vieira diz que os bancos quiseram, no início dos anos 2000, que fosse para o SL Benfica devido à sua situação financeira, pois estavam interessados na sua viabilização. Aos deputados, o presidente das …

Alemanha autoriza vacina da Johnson & Johnson a menores de 60 anos

A Alemanha recomenda a vacina da Johnson & Johnson (Janssen) contra o novo coronavírus a partir dos 60 anos, mas permitirá o seu uso em pessoas abaixo desta idade após consulta médica e decisão pessoal. O …

Livatino é o primeiro juiz a ser beatificado. Foi morto pela máfia italiana

A Igreja Católica beatificou este domingo o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Rosario Livatino, que hoje teria 69 anos, foi assassinado em 21 de setembro de 1990 …

Castelo do Drácula oferece vacinas contra a covid-19 aos visitantes

O castelo do Drácula, na Roménia, está a oferecer vacinas contra a covid-19 a todos os que o visitem. Nas ilhas Baleares, os turistas vão poder contar com um seguro de repatriamento. Segundo conta a BBC, …

Trabalho ilegal. Bloco propõe alteração à lei para criminalizar "toda a cadeia"

Catarina Martins anunciou, esta segunda-feira, que o Bloco de Esquerda quer alterar a lei de 2016 para garantir uma melhor fiscalização e condenação dos responsáveis pela exploração de trabalhadores em Portugal. Em Odemira, a coordenadora do …