Pegadas mais antigas de pré-humanos identificadas em Creta

(dr) University of Tübingen

Uma das pegadas encontradas na ilha de Creta, em 2017

As pegadas mais antigas já conhecidas de pré-humanos foram encontradas na ilha de Creta, na Grécia, e têm pelo menos seis milhões de anos.

As pegadas em questão foram descobertas, em 2017, perto da aldeia de Trachilos, na parte ocidental da ilha grega de Creta, e desafiaram desde logo a teoria da evolução que defende que a Humanidade teve origem em África.

Agora, quatro anos depois, uma equipa internacional de cientistas anunciou que, através de métodos geofísicos e micropaleontológicos, conseguiu datar estas pegadas, dizendo que têm 6,05 milhões de anos. Isto faz delas a mais antiga evidência direta de um pé semelhante ao de um humano usado para caminhar.

“As pegadas são quase 2,5 milhões de anos mais antigas do que as atribuídas ao Australopithecus afarensis (Lucy) de Laetoli, na Tanzânia”, disse, em comunicado, Uwe Kirscher, investigador da Universidade de Tubinga e um dos envolvidos na pesquisa.

Na mesma nota, lê-se que esta descoberta faz com que as pegadas de Trachilos tenham a mesma idade dos fósseis do Orrorin tugenensis, espécie de hominídeo encontrada no Quénia (já foram descobertos ossos, como fémures, mas nunca ligados ao pé ou pegadas).

Na verdade, estas pegadas são tão antigas que a equipa sugere que possam ter alguma coisa a ver com o Graecopithecus freybergi, um hominídeo descoberto na Grécia e na Bulgária, originalmente identificado por um único maxilar e que se pensa que pode ser o mais antigo antepassado conhecido direto do homem moderno. Há seis milhões de anos, recorde-se, Creta estava ligada ao continente grego através da extensa península montanhosa Peloponeso.

“Não podemos descartar uma eventual ligação entre o responsável das pegadas e o possível pré-humano G. freybergi“, afirmou, no mesmo comunicado, Madelaine Böhme, paleontóloga da mesma universidade alemã e outra das autoras do estudo.

Além disso, o estudo confirma investigações recentes da equipa de Böhme, segundo as quais, há seis milhões de anos, o continente europeu e o Oriente Próximo, ou Próximo-Oriente, foram separados do leste de África por uma expansão relativamente curta do Saara. A análise geoquímica dos depósitos da praia de Creta sugerem que a poeira do deserto do Norte da África foi transportada para lá pelo vento.

Apesar destas conclusões, nem toda a gente concorda com a possibilidade de estas pegadas estarem relacionadas com um antigo hominídeo e a verdade é que, quando se trata de pegadas, pode ser difícil confirmar a sua verdadeira origem.

O estudo foi publicado, esta segunda-feira, na revista científica Scientific Reports.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …

Mihajlovic: "Vou tentar manter a calma, mas é difícil"

Treinador do Bolonha furioso com os cartões amarelos mostrados para "compensar" uma expulsão. Beto voltou a marcar. Udinese e Bolonha entraram em campo neste domingo como protagonistas de um dos jogos menos mediáticos da oitava jornada …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …

O empresário John Textor

Nova direção do Benfica vai reunir-se com John Textor

O empresário John Textor, que celebrou um acordo com José António dos Santos para aquisição de 25% do capital social da SAD do Benfica, vai ser recebido pela nova direção do clube esta quinta-feira. "Após explícita …