Pássaros e mamíferos são mais ágeis graças aos seus afinados recetores

Um novo estudo sugere que tanto os pássaros como os mamíferos devem os seus passos ágeis aos recetores afinados conhecidos como órgãos tendinosos de Golgi.

Os neurocientistas já sabiam que o sistema nervoso periférico dos tetrápodes (animais quadrúpedes) varia muito. No entanto, de que forma estas diferenças afetam a forma como os animais andam, correm ou se movem permanecia um mistério.

Agora, um artigo científico publicado no Journal of Experimental Biology vem desfazer estas dúvidas: as adaptações neuromusculares – tanto em mamíferos como em aves – podem ter permitido que estes animais se tornassem mais ágeis do que os répteis ou os anfíbios.

Michael Granatosky, investigador do Instituto de Tecnologia de Nova York e autor principal deste estudo, referiu que esta pesquisa pode “explicar por que motivo os tigres têm uma caminhada muito mais suave do que os crocodilos, que arrastam o seu abdómen”. Além disso, pode também esclarecer por que razão os humanos evoluíram ao ponto de, atualmente, andarem com passos tão uniformes.

Os tetrápodes têm pequenos recetores nos músculos – órgãos tendinosos de Golgi – que têm como função proteger os músculos das forças durante a locomoção e outras atividades físicas.

Órgãos tendinosos de golgi em répteis e anfíbios vs pássaros e mamíferos

Quando a tensão muscular aumenta, estes recetores dão sinais ao sistema nervoso para este produzir reflexos que libertam a tensão e previnem eventuais lesões. Tanto os anfíbios como os répteis têm tendões de Golgi, mas estes estão localizados mais longe da junção músculo-tendão, o que sugere que detetam a tensão em todo o músculo.

Pelo contrário, os órgãos tendinosos de Golgi nos pássaros e nos mamíferos localizam-se diretamente na junção músculo-tendão, o que significa que têm uma maior capacidade de detetar tensão em áreas musculares precisas – permitindo, por sua vez, um movimento mais controlado.

“Estas variações estruturais são bem conhecidas, mas nunca ninguém questionou o que realmente significam para os animais”, começou por dizer Granatosky, citado pelo Phys.org. Nesta nova investigação ficou claro que as variações afetam diretamente a forma como os animais respondem às forças que atuam nos seus membros.

Além de ágeis, esta capacidade de resposta dos pássaros e dos mamíferos permite-lhes recuperar rapidamente em caso de queda. Granatosky acredita que os sistemas nervosos menos responsivos dos répteis e dos anfíbios podem ter causado uma necessidade de proteção que levou os animais a adaptar ossos mais fortes.

“Os ossos de répteis e anfíbios podem sustentar forças dez vezes mais pesadas do que o seu peso, enquanto que os ossos de pássaros e mamíferos podem sustentar apenas duas vezes e meia o seu peso”, rematou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …