Papel higiénico, guardanapos e rolos de cozinha vão ficar 15% mais caros

1

O preço de produtos como o papel higiénico, os guardanapos e os rolos de cozinha vai aumentar 15% a partir do próximo dia 15 de Janeiro. Tudo por causa das “subidas inesperadas e continuadas” no preço da energia e das matérias-primas.

A empresa portuguesa Navigator anunciou que se vê forçada a aumentar os preços de produtos como o papel higiénico, os guardanapos e os rolos de cozinha. Isto devido às “subidas inesperadas e continuadas de preço” na energia, nas matérias-primas e na logística, conforme comunicado enviado às redacções.

“A mudança global na economia que estamos a viver, com impactos dramáticos, afecta a indústria de forma generalizada através do aumento insustentável e continuado dos seus principais factores de custo, nomeadamente energia eléctrica, gás natural, celulose, químicos, materiais de embalagem, paletes de madeira e logística”, explica a Navigator.

Em causa está, nomeadamente, a subida no preço do papel usado para produzir este tipo de produtos.

A Navigator nota, assim, que os preços vão aumentar “a partir do próximo dia 15 de Janeiro” como uma “medida excepcional” e “imperativa para garantir a sustentabilidade a longo prazo, não só do seu modelo de negócio como também da cadeia global de abastecimento, junto dos seus clientes e fornecedores”.

A empresa promete rever todos os meses esta política de preços, avaliando a situação “com base na evolução das condições do mercado”.

  ZAP //

1 Comment

  1. É justo, se os custos aumentam, reflectir no cliente. Se o cliente não quiser aceitar, pode sempre recusar e ir a outro lado ou fazer ele melhor.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE