Papa Francisco chega à terra natal de João Paulo II para as Jornadas Mundiais da Juventude

catholicism / Flickr

O papa Francisco

O papa Francisco

O papa Francisco inicia esta quarta-feira a visita à Polónia, onde decorrem as Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) em Cracóvia, tendo previstos encontros com jovens e um percurso em silêncio pelos campos de Auschwitz e Birkenau. Cerca de sete mil portugueses estão inscritos no evento internacional católico.

Francisco, que viaja pela primeira vez para o coração da Europa católica, à qual ainda não tinha prestado atenção por preferir aquelas que denomina de “periferias do mundo”, vai transformar esta visita numa homenagem a João Paulo II, que como papa se deslocou nove vezes ao país natal.

O programa da 15ª viagem do papa tem previstas várias cerimónias e pelo menos dez discursos em italiano. A chegada está marcada para as 16h locais (15h em Lisboa), no aeroporto João Paulo II, de onde partirá de imediato para o castelo de Wawel, onde se reunirá com as autoridades polacas e corpo diplomático.

A quinta-feira vai ser o dia de homenagem à tradição católica polaca, com uma missa no santuário de Jasna Gora, em Czestochowa, por ocasião dos 1.050 anos do batismo na Polónia.

O dia seguinte – sexta-feira – vai ser marcado pela dor e pelo silêncio, durante a visita de Francisco aos campos nazis de Auschwitz e Birkenau, onde morreram 1,1 milhões de pessoas entre judeus, ciganos, homossexuais e prisioneiros de guerra.

O papa vai encontrar-se com 10 sobreviventes do holocausto e com 25 “Justos entre as Nações”, não-judeus que puseram a vida em risco para salvar judeus do extermínio nazi durante a Segunda Guerra Mundial.

Em Auschwitz, o papa argentino vai percorrer os lugares que lembram São Maximiliano Kolbe, o sacerdote polaco que morreu no campo depois de se oferecer para tomar o lugar de outra pessoa.

Todos os caminhos vão dar a Cracóvia

De volta a Cracóvia, em Blonia, Francisco vai assistir à via-sacra, organizada por ocasião das Jornadas Mundiais da Juventude, e dirigir algumas palavras aos fiéis.

No sábado, Francisco vai celebrar missa no santuário da Divina Misericórdia, dedicado a João Paulo II.

Depois de um almoço com 12 jovens, em representação dos cinco continentes, no arcebispado, o papa celebra uma vigília de oração com os jovens a quem dedicará o seu discurso, no Campus da Misericórdia.

No domingo celebra uma missa para a multidão e, à tarde, encontra-se com os voluntários na arena Tauron antes de regressar a Roma, onde aterra às 20h30 locais (19h00 em Lisboa).

A organização do encontro mundial de jovens católicos, uma criação de João Paulo II, espera receber entre um milhão e meio e dois milhões de jovens, mas as inscrições oficiais rondam as 360 mil, incluindo cerca de sete mil portugueses.

A Polónia mobilizou mais de 40 mil homens para proteger centenas de milhares de jovens peregrinos que participam, desde ontem e até domingo, nas Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), em Cracóvia.

O chefe da Igreja católica parece um alvo potencialmente provável para fanáticos religiosos islamitas.

O atentado na praça de São Pedro, a 13 de maio de 1981, do turco Ali Agca contra João Paulo II mostrou, há 35 anos, que um papa também está tão exposto a este perigo como um líder político.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …

"Posso ir?" Há uma app que lhe diz como estão as filas nos supermercados

A comunidade tecnológica tech4COVID19 criou uma aplicação móvel que permite aos seus utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados. A app, sob o nome "Posso ir?", pretende orientar os utilizadores nas idas aos …

Conte pede à Alemanha mais solidariedade europeia. “Se somos uma União, está na hora de o provarmos”

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, fez esta quarta-feira um apelo solene à Alemanha para que haja mais solidariedade europeia no combate à pandemia da covid-19, que está a afetar severamente o seu país. “Se somos uma …

Em França, Portugal é destacado como bom exemplo (mas também pela sorte da sua geografia)

Portugal tem "11 vezes menos mortes" do que Espanha, em proporção das respectivas populações, e parece estar a lidar melhor com a pandemia de Covid-19 do que o país vizinho. Esta é a conclusão de …

Do confinamento alargado aos limites nos despedimentos. O que pode mudar com o "novo" estado de emergência

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, propôs esta quarta-feira ao Parlamento a renovação do estado de emergência em Portugal por novo período de 15 de quinze dias para permitir medidas de contenção da …