Em Málaga, pode comer-se o pão mais caro do mundo. É feito com ouro e prata

DR

É na padaria espanhola Pan Piña que se confeciona aquele que é, de momento, o pão mais caro de todo o mundo. Este é vendido por uma quantia que pode chegar até aos 3.700 euros por quilo.

Em Espanha, uma padaria de Málaga conseguiu a proeza de transformar aquele que é o elemento mais básico da alimentação humana – o pão -, num produto de luxo.

Juan Manuel Moreno, responsável pela padaria Pan Piña de Algatocín, revela que o ouro e a prata que estão inseridos nos seus pães são comestíveis, mas comê-los não é para qualquer um, pois um quilo de pão pode chegar aos 3,7 mil euros.

O padeiro diz que os ingredientes não acrescentam sabor, mas conferem exclusividade a um produto que faz as maravilhas de russos e árabes milionários, que considera serem os seus melhores clientes.

De acordo com o Fuera de Serie, a padaria vende o pão em unidades de 400 gramas, o que significa que cada um custa cerca de 1.480 euros.

Fabricado com “ouro e prata próprios para consumo humano e em quantidades muito pequenas” e sem o recurso a “fermento”, este é um alimento cujo processo de fabrico pode chegar até às 18 horas, envolvendo longas fermentações, conta o fabricante.

Contudo, o negócio já teve melhores dias. O ano de 2020 ficou negativamente marcado pela pandemia, sendo que a padaria apenas conseguiu vender um total de 96 unidades deste pão, com a faturação a superar, assim, os 142 mil euros.

Estes valores são inferiores aos do período homólogo, pelo que o “impacto” da pandemia foi “ligeiramente” notado, adianta o responsável. Em 2019, o estabelecimento vendeu “um total de 112” unidades deste pão.

O artesão acrescenta que, atualmente, a sua padaria confeciona cinco tipos de pães especiais diferentes, nos quais o ouro e a prata, bem como flores e flocos, são na grande maioria das vezes ingredientes essenciais.

Agora, uma nova tipologia de pão, “totalmente personalizada”, está já a ser trabalhada pela padaria, a qual poderá ascender “aos 10 mil euros” de preço final.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …