Oslo é a primeira capital do mundo a proibir (totalmente) a circulação de automóveis

A câmara municipal de Oslo, capital da Noruega, já o anunciou, e não pretende voltar atrás: a cidade vai proibir a circulação de automóveis em todas as suas ruas.

A medida só vai entrar em vigor em 2019, mas já começou a causar preocupação aos proprietários de automóveis que vivem na capital norueguesa – e que não são pouco.

Segundo dados do governo norueguês, há na cidade cerca de 350 mil pessoas com automóveis.

Aparentemente, é melhor que comecem a habituar-se a usar outros meios de transporte.

A autarquia não pretende, naturalmente, levantar problemas aos moradores, e o governo prometeu investir na rede de transportes públicos, garantindo que vai construir mais de 56 mil quilómetros de ciclovias.

A medida garante a Oslo o título de primeira capital do mundo a proibir os automóveis de circular nas suas ruas e coloca a cidade no topo do ranking dos municípios mais sustentáveis do planeta.

A poluição do ar e o barulho vão seguramente diminuir de forma dramática, o trânsito vai melhorar incrivelmente, andar na rua a pé ou de bicicleta será mais seguro e, como consequência, os habitantes da cidade vão ganhar qualidade de vida.

Então já sabe, a partir de 2019 vai valer a pena uma visita a Oslo para conhecer de perto a cidade com menos poluição do mundo. Lembre-se apenas de deixar o carro na garagem.

ZAP / The Greenest Post

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. É complicado implementar estas medidas, mas é urgente aplicar medidas mesmo que sejam anti-populares, a bem da Humanidade…

  2. Infelizmente há orçamentos de estados tão fortemente baseados em impostos sobre combustíveis, que não têm interesse (ou no mínimo têm muito medo) em diminuir tão drasticamente o seu consumo. E quem fala de combustíveis, fala de tabaco e outros produtos onde a percentagem de impostos e a maior fatia do preço.
    Mas devia ser mais importante salvar o planeta. No medio/longo prazo é certamente. Falta saber se se pensa a médio/prazo, ou só se tem visão curta.

  3. A ironia é que o dinheiro para tudo isto vem, na maior parte, do petróleo… a Noruega arma-se em “verde” mas vive da exploração dos recursos que tem – petróleo e gás natural. E sem os vender ao resto do mundo, que os queima alegremente, queria ver o que acontecia ao paraíso norueguês.

  4. Certamente que os noruegueses vão esperar que primeiro se apliquem as alternativas e só depois entrem em acção as proibições ao contrário do que se faz por cá, primeiro proibisse e só depois é que se encontram as alternativas e nem sempre.

  5. Para um país que só vive do petróleo e da exportação do bacalhau para portugal não está mal. Se todos fizerem o mesmo teremos a noruega a viver da salga do peixe e do turismo do nobel.
    É como termos os traficantes de droga muito preocupados com abolir a mesma dentro do lar.

    Vamos ver como corre a experiência.

RESPONDER

As montanhas geladas de Plutão são fruto de um processo único (e inverso ao da Terra)

As montanhas descobertas em Plutão durante o "flyby" da nave New Horizons pelo planeta anão em 2015 estão cobertas por um manto de metano gelado, criando depósitos brilhantes impressionantemente parecidos aos das cadeias de montanhas …

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …