Os telemóveis reduzem a capacidade do cérebro mesmo desligados

Basta ter um smartphone por perto, e a nossa atenção parece diminuir. Embora o fenómeno seja consensual quando estamos a usar o aparelho, uma equipa de cientistas acaba de descobrir que o problema se repete mesmo quando mantemos o telemóvel desligado.

Um novo estudo sugere que os smartphones reduzem a capacidade do cérebro – mesmo quando estão desligados. Mas calma, não precisa de ir a correr deitar o telemóvel pela janela e mudar-se para as montanhas. Basta colocá-lo em outra divisão da casa – e deixar o aparelho desligado ou em modo de silêncio.

Para chegar a esta conclusão, uma equipa de cientistas da McCombs School of Business, liderada pelo professor Adrian Ward, da Universidade do Texas, conduziram uma experiência com cerca de 800 utilizadores de smartphones. Os resultados do estudo foram publicados no Journal of the Association for Consumer Research.

A experiência era simples, e consistia em pedir aos participantes que escolhessem entre deixar o telemóvel na mesa com a face virada para baixo, no bolso, na mochila ou em outra divisão da casa. Todos os aparelhos deveriam ficar em silêncio enquanto as “cobaias” realizavam testes que mediam as suas capacidades cognitivas.

Os resultados de quem escolheu deixar o aparelho desligado em outra sala foram incrivelmente melhores do que os dos restantes utilizadores.

Numa outra experiência, a equipa de cientistas escolheu que pessoas deveriam deixar o smartphone noutra sala, e quais delas deveriam mantê-los no bolso, na mochila ou na mesa. Desta vez, foram instruídos a desligar o telefone. Adivinhe o que aconteceu?

O resultado foi exactamente igual ao do primeiro teste: quem tinha o telemóvel noutra sala, teve resultados incrivelmente melhores nos testes cognitivos.

Então será que nossos smartphones estão a deixar-nos mais burros? Para os cientistas, não se trata disso, mas do facto de a mera prespectiva de aceder ao dispositivo, ainda que esteja desligado, já ocupa uma parte da nossa atenção.

Basicamente, as pessoas não conseguiam concentrar-se tão bem por ter o telemóvel por perto durante os testes cognitivos, e acabavam por ter um desempenho pior do que os que tinham deixado o aparelho noutra sala.

Então, a solução é simples: de vez em quando, dê descanso ao telemóvel – noutra sala.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Aprovado projeto contra sacos e cuvetes de plástico para pão, fruta e legumes

A comissão parlamentar de Ambiente aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei dos Verdes para proibir a distribuição de sacos de plástico ultraleves e cuvetes de plástico para pão, frutas e legumes no comércio. O projeto …

BE diz que investimento nos serviços públicos não compensou "deterioração"

"Nos últimos quatro anos houve mais investimento nos serviços públicos, mas não o suficiente para compensar a deterioração dos anos anteriores e para lançar novos projetos", disse Catarina Martins. A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) …

Israel. Ministro da Educação acredita na reorientação sexual e diz já a ter aplicado a um aluno

O ministro da Educação israelita e líder de um partido de extrema-direita, Rafi Peretz, afirmou na semana passada que a reorientação sexual é possível, acrescentando que "tem um conhecimento profundo sobre a área" e ele próprio …

Cinco meses após ser nomeado, médico português é afastado do cargo de conselheiro do Papa

Cinco meses depois de ser nomeado para a equipa de conselheiros do Papa Francisco na área da bioética e da dignidade humana, Rui Nunes, presidente da Associação Portuguesa de Bioética, foi afastado do cargo. Em comunicado …

El Chapo condenado a prisão perpétua

O narcotraficante mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmán foi esta quarta-feira condenado a prisão perpétua nos Estados Unidos. A sentença foi lida num tribunal de Brooklyn, em Nova Iorque, na presença da mulher do agora condenado, …

Escritor líbano-francês Amin Maalouf vence Prémio Calouste Gulbenkian 2019

O jornalista e escritor líbano-francês Amin Maalouf é o vencedor do Prémio Calouste Gulbenkian 2019, no valor de 100 mil euros, anunciou a fundação, que vai também premiar a Associação de Apoio à Vitima, um …

Câmara de Viana do Castelo admite retirar à força últimos moradores do prédio Coutinho

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, admitiu esta quarta-feira que os últimos nove moradores do prédio Coutinho poderão ser retirados “coercivamente”, considerando que são “ocupantes ilegais”. "Tomaremos todas as decisões que …

A turbulência aérea está a tornar-se mais frequente (e o aquecimento global pode ser uma das causas)

Ao longo dos próximos anos, as viagens de avião vão ficar cada vez mais "atribuladas" devido ao aquecimento global, um fenómeno que não só aquece a superfície terrestre como está a alterar os ventos atmosféricos …

Funcionário da embaixada em Teerão atingido a tiro levou à suspensão de vistos

Funcionário iraniano da embaixada portuguesa atingido a tiro, em março, motivou a suspensão de vistos a cidadãos iranianos e de todas as atividades da secção consular. Segundo o jornal Público, um funcionário iraniano da embaixada portuguesa …

Há um "enorme potencial" de aumento salarial de mais de mil euros

A CGTP considera possível um aumento salarial superior a mil euros por trabalhador, em média, e vai usar essa perspetiva para defender o aumento generalizado dos salários junto dos partidos com representação parlamentar. De acordo com …