Os peixes conversam entre si? Um banco de dados catalogou as suas “vozes”

Uma equipa de investigadores criou uma base de dados com todos os sons conhecidos emitidos por diferentes espécies de peixes.

Embora possam não ter algumas das qualidades melódicas de pássaros ou baleias, existem quase 1.000 espécies de peixes que usam sons para comunicar — e possivelmente haverá muitas mais.

No entanto, apesar de quase 150 anos de investigação científica contemporânea sobre a produção de sons de peixes, não havia um inventário global de espécies de peixes conhecidas por emitir sons. Até agora.

Os peixes são um dos maiores grupos de vertebrados produtores de som, com habilidades de produção de som especuladas em milhares das 34.000 espécies em todo o mundo.

Uma equipa de investigadores, liderada por Audrey Looby, realizou uma revisão da literatura, examinando quase 3.000 referências.

Os cientistas extraíram dados de mais de 800 estudos diferentes para determinar que 989 espécies de peixes demonstraram produzir ativamente sons. Depois, usaram as descobertas para criar FishSounds, um banco de dados online que cataloga sons de peixes.

Embora a produção de sons de peixes possa não ser tão amplamente reconhecida como a de pássaros, sapos, morcegos ou baleias, as pessoas sabem que os peixes podem emitir sons há muito tempo.

A produção do som dos peixes e a possível audição dos peixes foram discutidas por Aristóteles há mais de 2.000 anos.

Os peixes também têm uma grande diversidade de mecanismos para a produção sonora. Em vez de cordas vocais, os peixes podem ter estruturas ósseas adaptadas que podem esfregar ou clicar, enquanto outros usam a bexiga natatória como um tambor. Alguns peixes até fazem sons expelindo ar do ânus.

Os peixes podem usar o som para comunicar informações sobre a reprodução, o seu território ou a sua alimentação. Como o som viaja mais rápido na água do que no ar, os peixes podem ouvir sinais a distâncias maiores e mais rápido do que pela visão, olfato ou paladar.

Agora podemos detalhar quais e quantas espécies de peixes foram documentadas a usar o som para comunicação.

Os investigadores planeiam atualizar regularmente o banco de dados para incluir novas pesquisas e gravações, implementar um sistema de envio de formulários que as pessoas podem usar para fazer upload de arquivos de áudio e criar pesquisas interativas que permitam aos utilizadores visualizar tendências nos dados.

  ZAP // The Conversation

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.