Um dos animais mais mortais do mundo foi aniquilado em duas ilhas chinesas

James Gathany / CDC

Um mosquito tigre (Aedes Albopictus) na pele humana

Uma população da espécie de mosquito mais invasiva do mundo foi quase totalmente aniquilada numa experiência em duas ilhas da província de Guangdong, no sul da China.

A experiência reduziu com sucesso a população feminina de mosquitos-tigres asiáticos – a principal fonte de transmissão de mordidas e doenças – em até 94%, reduzindo o número de picadas humanas relatadas em 97%.

Não é a primeira tentativa de reduzir as populações de mosquitos em todo o mundo. Em 2018, cientistas do Imperial College de Londres usaram ferramentas de edição genética para tornar as fêmeas de mosquitos estéreis, enquanto os machos se desenvolveram normalmente e continuaram a espalhar a mutação genética.

Um dos cientistas do estudo chinês, Xi Zhiyong, professor da Universidade Estadual de Michigan, tem sido pioneiro de longa data neste campo de estudo. Anteriormente, o investigador tentou usar mosquitos machos esterilizados para acasalar com fêmeas inalteradas. “Estamos a construir bons mosquitos que podem ajudar a combater os maus”, disse Xi à CNN em 2016.

No novo estudo, publicado pelo International Journal of Science, Xi e os seus colegas tentaram reduzir ainda mais o número de mosquitos, limitando a capacidade de reprodução masculina e feminina.

Mosquitos fêmeas foram esterilizadas com radiação de baixo nível, enquanto os machos foram infetados com a bactéria Wolbachia. Em seguida, ambos foram libertados durante as épocas de reprodução de pico em 2016 e 2017 em duas ilhas perto da cidade de Guangzhou. Os resultados foram tão bem sucedidos que quase erradicaram toda a população feminina de mosquitos nas duas ilhas.

Em comunicado, o ecologista de mosquitos Peter Armbruster disse que o teste foi um dos mais bem-sucedidos testes de redução de mosquitos até hoje, dada a obstinada sobrevivência dos mosquitos.

Especialistas dizem que os mosquitos tigres asiáticos são particularmente difíceis de erradicar com métodos convencionais de controle populacional, como pesticidas e remoção de água estagnada onde os insetos depositam os seus ovos.

Os mosquitos são descritos como “altamente invasivos” e espalharam-se da Ásia para quase todos os continentes nos últimos 40 anos, de acordo com os autores do estudo.
Os mosquitos representam graves ameaças à saúde humana, além de mordidas irritantes. A Organização Mundial de Saúde (OMS) descreveu os insetos como “um dos animais mais mortais do mundo”, devido à sua capacidade de espalhar rapidamente doenças mortais, como a dengue e a malária.

Em Guangzhou, uma metrópole urbana densamente povoada com clima tropical, houve cerca de 37.350 pessoas infetadas com dengue durante um surto em 2014. Este mês, autoridades sanitárias filipinas declararam um “alerta nacional de dengue” depois de mais de 450 pessoas serem mortas pelo vírus no primeiro semestre de 2019.

Atualmente, não existe uma vacina ou tratamento efetivo para a maioria das doenças transmitidas por mosquitos, deixando o controlo das populações de insetos como um dos métodos de controle mais eficazes.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Por um lado é excelente notícia… Por outro lado, sugiro ler “A Ilha do Dr. Moreau” ou “Frankenstein”. Armar em “Deus” com a natureza é sempre muito perigoso. Arranja-se uma coisa, estragam-se 20.

  2. Pois é…Mais uma lapso sem querer é obvio, em que narra a reportagem reafirmando que toda doença deste século é fabricação da criatura não mais humana. Procurem reavivar o cérebro, desde que a criatura possa criar em laboratório insetos bons para destruírem os maus, não tem mais nada a falar né…

  3. Queiroz a sua sugestão é sábia, com as duras penas que o mundo vive nada mais pode revitalizar um cerebro esgotado pelas visões apocalipticas do que um boa leitura para recarregar as baterias desconectadas com as dúvidas:- Ser ou Não ser, eis a questão.

RESPONDER

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …

Moderna contradiz Trump. Não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da farmacêutica Moderna Therapeutics, que está a desenvolver uma das mais avançadas vacinas para a covid-19, disse que esta não estará pronta até às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Em declarações ao jornal Financial …

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …

Covid-19. Hospitais da região de Lisboa pedem camas uns aos outros

Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo continuam a bater à porta uns dos outros a pedir camas para internar doentes com covid-19. Segundo a edição desta quinta-feira do jornal Público, os …

Vinícius perto do Tottenham de Mourinho

O avançado brasileiro deverá ser confirmado como reforço do Tottenham ainda esta quinta-feira, saindo do Benfica por empréstimo e com opção de compra que ronda os 40 milhões de euros. De acordo com o jornal Record, …