Os dentistas cheiram o seu medo (e isso é mau)

Um estudo com alunos de odontologia revelou que os dentistas podem literalmente sentir o cheiro do medo ou da ansiedade dos seus pacientes, aumentando assim a probabilidade de ter um pior desempenho.

Segundo a investigação, publicada na Chemical Senses, os dentistas conseguem sentir o cheiro de um paciente ansioso ou com medo, tornando-os mais propensos a cometer erros e a ter um desempenho mais fraco. Isto só é possível graças aos chemosignals, “sinais químicos” que os profissionais vão recebendo ao longo da consulta através do odor corporal dos pacientes.

Os investigadores não sabem até que ponto estes sinais químicos influenciam os seres humanos, mas acreditam que as nossas emoções podem ser transmitidas através do nosso cheiro.

De acordo com os autores do estudo, esta é a primeira avaliação real de como a ansiedade pode ser comunicada através da transpiração. Para determinar se o odor corporal pode ser desencadeado por emoções, os investigadores pediram a 24 estudantes de odontologia que doassem duas camisolas: uma usada durante um exame com altos níveis de stress e outra utilizada numa palestra calma.

Depois de recolhidas, as camisolas foram mascaradas com uma substância química que tornou impossível diferenciar o cheiro entre as duas camisolas em experimento. No entanto, as assinaturas químicas dos alunos ainda estavam presentes, mesmo que não fossem percetíveis.

Estas camisolas foram depois colocadas em manequins, onde um segundo grupo de alunos  foi depois realizar trabalhos odontológicos avaliados por instrutores. Na maioria dos casos, os estudantes executaram um trabalho pior nos manequins que vestiam as camisolas usadas durante o teste. E, por isso, tinham maior probabilidade de danificar os dentes do manequim.

Embora os investigadores não tenham a certeza se os dentistas já formados tivessem a mesma resposta, acreditam que este estudo prova que o cheiro da ansiedade pode desencadear o mesmo sentimento naqueles que o cheiram sub conscientemente. Neste caso em concreto, a ansiedade e o medo do paciente transmitem-se para o dentista.

A comunicação quimiossensorial é capaz de transmitir uma série de estados mentais, como emoções ou doenças, bem como características como individualidade e género. O nosso próprio cheiro pode até ajudar-nos a encontrar um parceiro geneticamente apropriado e a formar laços emocionais com os nosso filhos.

Ainda pouco se sabe sobre como os cheiros nos podem ajudar a interpretar a felicidade, mas estudos mostram que podemos usar os cheiros dos outros para interpretar possíveis ameaças como tristeza, agressão ou repulsa.

A ansiedade dentária é um problema real. Até 20‰ das pessoas relatam stress ao visitarem o dentista, preferindo ignorar as consultas e arriscar a sua saúde bucal.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A consciência pode ser o resultado de física básica

Porque é que a minha consciência está aqui? Porque é que algumas coisas são conscientes e outras aparentemente não? Estas questões são todas aspetos do velho "problema mente-corpo". Em 1996, no livro "The Counscious Mind: In …

Carlos César é o "primeiro apoiante do Governo e do primeiro-ministro"

O líder parlamentar socialista rejeitou esta sexta-feira que a sua proposta para reduzir o IVA da tauromaquia represente uma desautorização do executivo, acentuando que é por convicção e posição institucional o primeiro apoiante do …

NASA acaba de divulgar novos dados sobre o misterioso Oumuamua

A NASA acaba de revelar novas informações sobre Oumuamua, o primeiro asteróide não oriundo do Sistema Solar já detetado. De acordo com uma nova publicação, o corpo interestelar é um "objeto relativamente pequeno e reflexivo.  Oumuamua, …

Espanha está a envenenar o Rio Tejo (é uma "indecência ecológica")

É um "cocktail de desastre" que está a sufocar o rio Tejo. Análises efectuadas à água do rio, desde a nascente em Espanha, até à foz em Portugal, revelam uma situação preocupante, e do outro …

Portuguesa que escondeu filha na mala do carro condenada a 5 anos de prisão

A mulher portuguesa que escondeu a filha na mala do carro, durante os seus primeiros 23 meses de vida, foi condenada a 5 anos de prisão, com 3 anos de pena suspensa, por ter causado …

Ex-primeiro-ministro da Macedónia fugiu do país num carro diplomático húngaro

O ex-primeiro-ministro macedónio Nikola Gruevski, condenado no seu país a dois anos de prisão por corrupção, passou pela Albânia em direção ao Montenegro no passado domingo num carro diplomático húngaro. A Hungria já garantiu não …

Governo avança com mais medidas para incentivar regresso de emigrantes

O Governo vai avançar com medidas “de caráter multidimensional” para apoiar o regresso de portugueses que emigraram e queiram regressar ao país, avançou esta quinta-feira o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro. À margem …

Sete em cada dez quedas de idosos acontecem em casa (mas é possível evitá-las)

A expressão “lar, doce lar” parece perder algum sentido quando o último relatório da Organização Mundial de Saúde sobre quedas comprova que estas são a principal causa de morte acidental dos idosos e acontecem, maioritariamente, …

Armas, carros, fatos. 90 milhões de euros para equipar polícias

Os polícias vão receber, em 2019, armas, carros, coletes balísticos e fatos de proteção, bem como obras em instalações, no valor de 90,9 milhões de euros. Esta sexta-feira, em Cascais, o ministro da Administração Interna entrega …

Zero oferece galinha ao Governo para reciclar resíduos orgânicos

A associação ambientalista Zero vai oferecer ao Governo a galinha Balbina, um animal reciclador, chamando a atenção para a necessidade de investir em soluções para que cada cidadão possa reciclar os resíduos orgânicos em casa. “A …