Operação Ementa Turística. Fisco “varre” restaurantes, cafés e padarias em todo o país

O Fisco está a realizar, nesta terça-feira, uma operação nacional de fiscalização em estabelecimentos comerciais localizados em centros históricos, nas baixas das cidades e em zonas balneares, no sentido de detectar eventuais irregularidades numa altura em que estes espaços aumentam as receitas com o turismo.

A Operação Ementa Turística, como foi apelidada pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), está a decorrer em várias cidades numa mega-operação de fiscalização que tem por principal alvo o controlo da facturação dos estabelecimentos, segundo o Jornal Económico.

A publicação atesta que centenas de inspectores tributários estão a visitar estabelecimentos comerciais, num autêntico “varrimento” em zonas especialmente movimentadas, com o intuito de fiscalizar os programas informáticos de facturação que estão ser utilizados.

O Fisco “pretende verificar se os contribuintes cumprem rigorosamente as obrigações de facturação, numa altura em que se verifica o aumento generalizado do turismo em Portugal em plena época de Verão”, sustentam as orientações internas da AT distribuídas aos inspectores, como cita o Económico.

Os agentes no terreno devem dar “especial atenção à correcta aplicação das taxas de IVA”, aponta a AT.

Há programas informáticos que, apesar de estarem dentro da Lei e certificados, permitem “apagar dados sem que o Fisco perceba“, possibilitando a evasão fiscal, com elevados prejuízos para o Estado, como reporta o Económico.

Os inspectores da AT vão procurar identificar este tipo de situações, bem com outras irregularidades, numa mega-operação que visa igualmente recolher informações sobre a dimensão e o modo de funcionamento dos diversos estabelecimentos, de modo a poder realizar futuras visitas de inspecção.

O Económico destaca que “só em Lisboa e Porto, estão seleccionados mais de 20 mil alvos de visita” dos inspectores.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente para os mais pequenos, são mais fáceis de serem apanhados dos que os grandes, esses sim, muitos dos verdadeiros responsáveis pelo estado ruinoso em que o país está! Até que ponto estas e outras acções de dita fiscalização não servirão para equilibrar contas publicas delapidadas por anos e anos de fartar vilanagem?

  2. As ações do fisco apenas contribuem para interromper a economia. Para melhoriar a nação, os fiscais deveriam ajudar a crescer os empresários (assim arrecadariam mais dinheiro). Os Fiscais deveriam: 1º informar; 2º formar; 3º fiscalizar; 4º punir.
    Fechar pequenas empresas acontece sempre que os fiscais atuam! (sejam do Min financas, da Camara, do Min Educ, do Min Saude, etc)
    Não há um politico que altere esta forma de agir?

    • Concordo que deveria haver uma atitude mais pedagógica em algumas situações. Mas atenção que a Autoridade Tributária também realiza estas ações. E felizmente são um sucesso. Conheço algumas destas operações pedagógicas na zona Norte do país e muitos pequenos empresários ficaram particularmente agradados e esclarecidos ainda que nalguns casos em matérias de tal forma complexas que implicaram que a resposta do técnico / inspetor fosse dada posteriormente e não no momento da visita.
      De resto, como se pode exigir a um pequeno empresário que domine a totalidade da legislação fiscal se internamente os próprios inspetores das finanças estão divididos por imposto?! A legislação fiscal é realmente complexa. Há situações que não lembram a ninguém. No entanto, também anda por aí muito artista a aproveitar-se. E esses devem ser penalizados. Há pequenas empresas que não contribuem nada. E no entanto, os seus donos andam em grandes carros, etc. Tudo por fora. Nesses casos a AT deveria ser impiedosa.

    • Sei que pode ser difícil de perceber, mas tal como o nome indica, os fiscais são para fiscalizar; não para formar ou informar!

  3. Uma coisa é a injustiça de fiscalizar com intuitos economicos e só aos pequenos. Embora eu conheça varias empresas ditas grandes que já levaram com milhoes de coimas, mas ficaram caladinhos e meteram a viola ao saco.
    Outra coisa é que só aplicam coimas a quem prevarica.
    Outra coisa ainda é que neste país quem prevarica fica a ganhar.
    E mais outra coisa é que quem prevarica sem que lhe sejam aplicadas coimas, está a fazer concorrencia desleal a quem cumpre.

    O mesmo se passa com os automoveis, toda a gente é contra a caça á multa mas eu vejo todos os dias viaturas paradas em cima dos passeios, das passadeiras, das rampas, segundas filas, etc. etc.

    Ou nao?

    • Concordo com a Maria. Penso no entanto que as coisas estão a mudar e que neste momento quem prevarica já não tem tanta certeza de sair impune. Acho mesmo que o Berardo vai ser um belo exemplo disso. Para lá caminha a passos largos.
      Eu concordo com a máxima: se todos pagarmos os nossos impostos, poderemos todos pagar menos. O problema é sempre o mesmo: o que estes bandalhos fazem com o nosso dinheiro. E isso assusta qualquer eleitor e contribuinte. É para redistribuí-lo pelos mais necessitados e para o bem do país e para o seu desenvolvimento ou é apenas para alimentar a máquina partidária? Infelizmente a resposta está na máquina partidária. E esse é que tem sido o nosso grande problema.
      O que estes bandalhos precisavam em Portugal é o que está a acontecer em Hong Kong. Que as pessoas fossem para a rua e exigissem de uma vez por todas uma classe política digna e respeitável.

RESPONDER

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …