O email faz mal à saúde e afecta a produtividade no trabalho

pennstatenews / Flickr

O email é uma excelente ferramenta de comunicação, usada por muitos na sua actividade profissional, mas que pode acarretar problemas de saúde por causa do stress e da pressão que motiva, com reflexos na vida pessoal e no rendimento no trabalho.

Estas conclusões fazem parte de um estudo elaborado pelo centro de pesquisa britânico Future Work Centre.

Não é apenas a quantidade de emails que causa stress e tensão, mas também a forma como se lida com eles, nomeadamente em termos de hábitos de leitura e gestão dos mesmos.

A necessidade de se estar sempre sob controlo da caixa postal electrónica é um factor de pressão que está associado a “mais exemplos do impacto negativo do trabalho na vida familiar e do impacto negativo da vida familiar na performance no trabalho”, constata-se no estudo divulgado no site do Future Work Centre.

A investigação liderada por Richard MacKinnon, que vai ser apresentada no dia 7 de Janeiro, na conferência anual da Sociedade Psicológica Britânica (BPS), questionou cerca de duas mil pessoas do Reino Unido, de várias áreas profissionais, quanto aos seus hábitos de uso do email.

A ideia era analisar se dados como a tecnologia, o comportamento, a demografia e a personalidade desempenham um papel importante na percepção das pessoas quanto à pressão que o email exerce nas suas vidas.

As conclusões retiradas indicam que há uma “forte relação” entre receber notificações automáticas (do tipo dos alertas emitidos pelo Facebook) no email e a “percepção da pressão do email”.

Esta pressão é sentida particularmente por quem mantém o email ligado durante todo o dia e mais pelos gestores do que por outros funcionários com menos responsabilidades.

O estudo apurou ainda que quem verifica o email logo de manhã ou ao fim da noite, acreditando estar a fazer uma boa gestão do processo, está sujeito a níveis mais elevados de stress e de pressão.

“A nossa pesquisa mostra que o email é uma espada de dois gumes. Embora possa ser uma ferramenta de comunicação valiosa, é claro que é uma fonte de stress e de frustração para muitos de nós. As pessoas que o reportam como sendo mais útil para elas também revelam os níveis mais elevados da pressão do email”, explica Richard MacKinnon citado pelo site Science Daily.

“Os hábitos que desenvolvemos, as reacções emocionais que temos às mensagens e a etiqueta organizacional não escrita em torno do email combinam-se numa fonte tóxica de stress que pode afectar negativamente a nossa produtividade e bem-estar“, acrescenta o investigador.

O estudo releva também a importância da personalidade na moderação entre a pressão do email e o equilíbrio trabalho-vida pessoal.

“As pessoas que avaliam de forma mais baixa a sua própria capacidade e sentido de controle sobre o seu ambiente descobrem que o trabalho interfere mais com a sua vida familiar e vice-versa”, constata-se na investigação.

A análise apresenta ainda dicas para ajudar os utilizadores do email, particularmente no caso dos maus hábitos, aconselhando, nomeadamente, a avaliar se é mesmo necessário verificar o correio electrónico tantas vezes e a planificar cada dia, dando prioridades a outras tarefas laborais antes de que as prioridades dos outros invadam a caixa postal.

SV, ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Para quem queira aprender a gerir os emails sem stress e poupar cerca de uma a duas horas diárias na sua gestão, aconselho o livro “O Monstro dos Emails” da editora Lídel.

  2. Iliteracia eventualmente de quem escreve.
    Disse e passo a citar “email é uma espada de dois gumes”
    Pois… Deve querer dizer uma faca de dois gumes.
    Todos sabemos que todas as espadas são afiadas dos dois lados. (dois gumes)
    Alguém bem conhecido disse em certa altura que era “uma faca de dois legumes”.
    É essencial que um jornalista saiba o que diz e transmita essa ideia correctamente a quem lê. Neste caso é visível que não se tratou de um lapso, mas antes de um profundo desconhecimento. Lamentável.

  3. Por acaso nem todas as espadas têm 2 gumes, katana, p.ex. , portanto a afirmação do Sr. Jornalista é tão correta como a sua. Sabichão…

RESPONDER

Descoberta a mais curta explosão de raios gama já observada

A nova descoberta destaca a necessidade de uma nova classificação de explosões de raios gama, não baseada apenas na sua duração. Uma equipa de cientistas descobriu uma rara emissão de raios gama, denominada GRB 200826A, relacionada …

O Projeto Galileu quer provar a existência de aliens através da tecnologia deixada para trás

Investigadores vão centrar o seu trabalho na procura de objetos físicos associados a equipamento tecnológico extraterrestre, em oposição às pesquisas anteriores que se focaram em sinais eletromagnéticos. Um grupo de investigadores de Universidade de Harvard está …

O tesouro dos Templários pode estar escondido debaixo de uma casa em Inglaterra

Um historiador inglês alega que um edifício histórico em Burton, em Inglaterra, é onde está escondido o lendário tesouro dos Templários. Existem várias lendas sobre um tesouro que alguns templários conseguiram esconder do rei francês Filipe …

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …